Tereza Malcher

Tereza Cristina Malcher Campitelli

Momentos Literários

Tereza Malcher é mestre em educação pela PUC-Rio, escritora de livros infantojuvenis, presidente da Academia Friburguense de Letras e ganhadora, em 2014, do Prêmio OFF Flip de Literatura.

09/12/2019

Hoje acordei pensando na relação entre árvores e livros por causa do convite que recebi da montagem e desmontagem da oitava edição da Árvore que dá Livros, que será realizado no Espaço Café da Usina Cultural Energisa, em 15 de dezembro. 

Deixei minhas reflexões e sensações flutuarem sobre as possíveis relações entre o que a natureza gesta e o homem cria. Árvores e livros surgem através de nascimentos que precisam de fecundação e tempo de preparo. 

Leia mais
02/12/2019

A tragédia ou o canto ao bode

 

Na Grécia antiga, o divino iluminou as manifestações populares que expressavam a admiração pelo heroísmo e pelas divindades, narravam a origem do homem, os significados da vida, as aventuras, os infortúnios e os modos de viver. As práticas ritualistas possuíam caráter explicativo como meio de abordar os fenômenos naturais e mostrar os limites da ação humana, do amor ao ódio extremo.  

Leia mais
25/11/2019

Meus olhos se perderam pelo teatro de Pompéia, construído no século II a.C., e soterrado pelas cinzas do Vesúvio no século l d.C. Fiquei imaginando como seria o público, os habitantes de Pompéia e das cidades próximas. Sentada no palco, pensei nos espectadores que moravam distantes que, para assistir a um espetáculo no teatro, situado no alto do morro, precisavam percorrer um longo caminho, que podia ser trilhado a pé, no lombo de animais ou carroças, muito diferente da nossa ida ao teatro, que nele chegamos de modo confortável, perfumados, com roupa arrumada e cabelo ajeitado.

Leia mais
18/11/2019

Em outubro fiz uma viagem à Itália, quando visitei algumas cidades ao centro-sul do país, a maioria litorânea. É um território banhado pelo mar Mediterrâneo, que ganha nomes diversos ao longo da costa, como Tirreno, Jônico, Adriático. É um mar de águas calmas e aquecidas por serem abrigadas e receberem o calor do deserto de Saara.

Leia mais
11/11/2019

Eis uma interessante e misteriosa pergunta: onde está a literatura na cozinha? Será nos livros de receitas? Será nas aventuras culinárias que os livros de receitas estimulam? Ou será nos segredos que as paredes da cozinha guardam? Ah... é um mistério para os leigos, mas não uma questão para os mestres das letras. Na verdade, ouso até falar um pouco por eles, e que me perdoem se vou dizer asneiras. A literatura é a arte que se faz com palavras pesquisadas e cuidadas, e os alimentos são elaborados e feitos com ingredientes certos.

Leia mais
04/11/2019

Hoje os meus personagens resolveram me visitar e chegaram sem avisar. Acordei rodeada por eles; falantes, brilhantes e amorosos. Já os mencionei ao longo das colunas, mas falar especialmente deles, nunca aconteceu. Deveria ter acontecido, entretanto houve um certo acanhamento. Talvez, tenha sentido alguma timidez em mostrá-los ou um certo medo de conhecê-los melhor, uma vez que ao me dedicar a eles, fora do contexto da história, possa desvelá-los com maior nitidez e descobrir que trazem um pouco da pessoa que sou, da qual não lá goste muito de ser.

Leia mais
07/10/2019

Quando Shakespeare nasceu? Em nosso tempo ou há mais de quatro séculos atrás, em 1564. Pela sua atualidade, originalidade e capacidade intelectual brilhante podemos até dizer que ele está além do nosso tempo. 

Leia mais
01/10/2019

A literatura tem uma modernidade exuberante porque é a vida contada, recriada e comentada. Rapidamente, consegue nos colocar contra a parede e lançar por terra alguns conceitos que conservamos como verdadeiros.

Leia mais