Elizabeth Souza Cruz

Elizabeth Souza Cruz

Surpresas de Viagem

A jornalista-poeta-escritora-trovadora-caçadora de cometas Elisabeth Sousa Cruz divide com os leitores, todas as terças, suas impressões a bordo do que ela carinhosamente chama de “Estação Caderno Light”, na coluna Surpresas de Viagem.

11/12/2018

“Os filhos, os pais e as redes sociais”. Com esse tema, o Caderno Z do último fim de semana nos convidou a participar das reflexões sobre os dilemas que afligem a educação na atual era das comunicações avançadas. No meu tempo, crianças de 12 anos eram crianças de verdade. A gente brincava, fazia dever de casa, tinha hora para dormir, tivesse ou não sono. E outra coisa: em conversa de adulto a gente não se metia.

Leia mais
04/12/2018

Começamos o último mês do ano. Dezembro concentra as mais emotivas festas do calendário anual. Ao contrário do que se poderia pensar, o Caderno Z não veio falando de compras natalinas, de cartas ao Papai Noel ou dos costumes do Amigo Oculto. Isso vem depois, porque o “Z” é um amigo presente, declarado e tem a missão de elucidar os temas, independente da carga emocional que eles possam ter. Por essa razão, não passaria em brancas nuvens a data de 1º de dezembro – Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Como bem disse Alan Andrade – “A luta é de todos”.

Leia mais
27/11/2018

O Caderno Z embarcou num tema pra lá de oportuno. Nesse tempo em que se ouve falar tanto em Ministério Público, nada melhor do que se aprofundar no assunto. A começar pelo entendimento de que o MP é uma “instituição pública, permanente, essencial à função jurisdicional do Estado”. Pela condição de “permanente”, ele não pode ser “extinto”. Para resumir, em suas atribuições, constam, entre outras, o dever de “fazer cumprir a lei e defender os interesses da população”. É de sua responsabilidade “a defesa da ordem jurídica e do regime democrático”.

Leia mais
20/11/2018

Ah! Como é bom sair em viagem e encontrar, entre as surpresas, essa senhora delicada que se chama “gentileza”. Seu dia é festejado, mundialmente, em 13 de novembro, mas vale fazer uso dela em todos os dias do ano. “Ser gentil é qualidade que humaniza o individuo”. São palavras simples – bom dia, boa tarde, com licença... Gestos simpáticos como ajudar alguém a atravessar uma rua; atender bem no balcão de uma loja ou na recepção de um setor público. Uma atitude de atenção que pode elevar o astral de alguém...

Leia mais
13/11/2018

O tema do Caderno Z me lembrou uma passagem de Khalil Gibran: “Vossos filhos não são vossos filhos; são os filhos e as filhas da ânsia pelo mundo...”. Os friburguenses que abriram as asas para além das nossas montanhas, certamente, se valeram do pensamento de Gibran. Em todos os depoimentos há ferramentas em comum: desafio, determinação e coragem. O aprendizado é grande, garante Lucas Canto: “Sou cercado por pessoas muito melhores do que eu e isso me faz querer aprender mais e ser melhor a cada dia”.

Leia mais
06/11/2018

O Caderno Z é o campeão em trabalhar com datas e começamos a reverenciar 3 de novembro  de 1930 pelo Dia da Instituição do Direito de Voto da Mulher. São várias passagens no calendário da história, como 24 de fevereiro de 1932, data em que o voto feminino fora assegurado. Mas somente em 1946, a obrigatoriedade passou a ser exigida para as mulheres. Uma trajetória de conquistas, em passos curtos, até chegarmos aos tempos modernos de 2018 que trouxeram bons resultados para algumas candidatas, embora ainda se espere mais para que a mulher possa atuar no campo político.

Leia mais
30/10/2018

Antigamente, soltar as bruxas era sinal de azar e muita coisa ruim. Hoje, não! Virou festa, alegria e muita criatividade. A data certa é 31 de outubro, o costume veio de outros países e quem pensa que isso é invenção moderna está redondamente enganado. “Com mais de 2500 anos, o povo celta acreditava que no último dia de outubro, os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos”. Para se defender, o povo protegia as casas com caveiras, ossos, abóboras e outros apetrechos.

Leia mais
23/10/2018

O Caderno Z solta a voz para relevar a data de 22 de Outubro - Dia Internacional de Atenção à Gagueira. E a oportunidade é excelente para elucidar alguns pontos sobre causas, diagnósticos e tratamentos. Uma boa dica – “Está comprovado que problemas emocionais não causam gagueira; podem ser considerados agravantes, mas não são cientificamente considerados como causadores do distúrbio”. Nosso colega do jornal, Alerrandre Barros fala do assunto e garante que é “constrangedor interromper um gago para ajudá-lo a falar”.

Leia mais
16/10/2018

É impossível festejar 15 de Outubro sem que eu mande aquele abraço afetuoso para minha primeira professora - Neusa Valladares. Esse carinho eu estendo aos meus queridos mestres, do primário à Universidade Candido Mendes. Sem me esquecer de Ledir Porto – a professora que fez falta no meu currículo! Essa profissão se dedica de   corpo e alma para que todas as outras se realizem. É, na verdade, a viga-mestra que sustenta a sociedade. E o “Z” nos traz a sabedoria de Brigitte Schlupp, no auge dos seus 100 anos, e de dona Therezinha de Jesus, 96 anos.

Leia mais
09/10/2018

Salve o Dia da Criança na esperança de um Brasil feliz para todos!

Quando os holofotes se voltam para as eleições, o Caderno Z deu uma lavada na alma, trazendo um tema alegre e calmante – O Dia das Crianças. Na atual era das tecnologias, chamar uma criança para olhar “O Sol lá fora” não é somente o sonho de Alan Andrade. É o sonho de todos. Para quem já brincou na rua, soltou pipa, jogou bolinha de gude, correu no pique bandeira, coisa alguma suplanta essa magia da infância antiga. Apresentar essas “coisas novas” aos pequenos de hoje é nosso dever.

Leia mais