Max Wolosker

Max Wolosker

Economia, saúde, política, turismo, cultura, futebol. Essa é a miscelânea da coluna semanal de Max Wolosker, médico e jornalista, sobre tudo e sobre todos, doa a quem doer.

25/03/2020

Quando sentei no meu escritório para escrever o meu artigo da semana, pensei em não tocar no assunto do planeta, na atualidade, a pandemia da gripe chinesa. Sim, pois o vírus veio de lá e, apesar de terem batido duro no Eduardo Bolsonaro, o prefeito da cidade de Huan, onde foi o início dessa praga internacional, confessou que ele demorou, no mínimo, 15 dias para divulgar o aparecimento do primeiro caso do Covid-19. Quinze preciosos dias que poderiam ter mudado a história da propagação da virose. 

Leia mais
18/03/2020

Chegou o momento de encararmos, no Brasil, o Covid-19, pois estamos numa verdadeira pandemia, em muito, semelhante à gripe espanhola que assolou o mundo de janeiro de 1918 a dezembro de 1920. Essa foi causada pelo vírus Influenza que se espalhou por quase toda parte do mundo. Era de uma virulência incomum e frequentemente mortal de uma estirpe do vírus Influenza A do subtipo H1N1.

Leia mais
11/03/2020

Ridículo o espetáculo grotesco e de mau gosto patrocinado pela “Vênus de Lata” no seu carro chefe de domingo, o Fantástico. Rafael Tadeu de Oliveira Santos, o Suzy, foi preso e condenado a 36 anos de cadeia, após estuprar e matar um menino de nove anos, Fábio dos Santos Lemos, morador da zona leste da capital paulista. O mais grave é que Suzy era amigo da família do menino.

Leia mais
05/03/2020

A semana que passou foi de tristeza para a torcida do Botafogo, pega de surpresa com a morte de Valdir Espinosa, no último dia 27. Ele foi o grande comandante do título de campeão carioca de 1989, colocando fim a um jejum de 21 anos, com o grito de “É campeão” entalado na garganta do torcedor botafoguense. E, no último domingo, 1º, antes do jogo Botafogo e Boa Vista, no estádio Nilton Santos, vimos uma cena emocionante: o minuto de silêncio, em sua homenagem, foi total, capaz de se ouvir um mosquito voando.

Leia mais
27/02/2020

Apesar de ser uma terra abençoada por Deus, na terça-feira, 25, o Brasil registrou seu primeiro caso de infecção por corona vírus. Trata-se de um brasileiro que estava na Itália, a trabalho e já desceu do avião com os sintomas característicos da doença, a saber, febre, irritação na garganta e tosse, coriza, dificuldades para respirar, aliás, em tudo semelhante a uma gripe comum. Mas, o diferencial é a frequência das infecções do trato respiratório baixo, com o aparecimento das pneumonias, casos mais graves e que podem levar à morte.

Leia mais
19/02/2020

Conforme escrevi na minha coluna anterior meus 70 anos foram comemorados em Fernando de Noronha. Na realidade fui conferir o fato de ser esse arquipélago brasileiro rotulado de paraíso, seria isso verdadeiro? Afinal, como já estou mais para lá do que para cá é sempre bom ter contato com a terra prometida e saber como ela é.

Leia mais
05/02/2020

Marquei uma viagem para a ilha de Fernando de Noronha, onde ficarei por uma semana, de hoje, 5, ao próximo dia 12. Essa viagem tem um significado muito especial para mim, pois foi marcada para comemorar a chegada de mais uma primavera, ou seria outono, já que na sexta-feira, 7, completarei 70 anos. Ao invés de fazer uma festa, optei por uma viagem e a opção por Noronha foi pelo fato de muitos dizerem que se o paraíso existe, e ele seria esta ilha. Como já estou próximo dele, seria uma boa ocasião de conferir e testar sua existência.

Leia mais
29/01/2020

Eleitor friburguense hoje eu me dirijo a você. Como todos sabemos 2020 é um ano eleitoral e em outubro estaremos escolhendo os futuros vereadores, assim como o cidadão que será o responsável pelos destinos do município, nos próximos quatro anos. Aliás, Nova Friburgo abandonada, esburacada, mal iluminada, com escândalos, principalmente, na saúde pipocando por todos os lados, merece um destino melhor que o atual.

Leia mais
22/01/2020

Antes de tudo é importante diferenciar o que seja uma escola militar (colégio militar), das escolas militarizadas, tão em voga e tão combatidas ultimamente. Assim, podemos conceituar as primeiras como instituições geridas por militares seja na direção, como na formação do corpo docente onde há uma mescla entre professores saídos dos quadros da caserna e de civis sem formação militar, mas enquadrados nos princípios que gerem a formação de um militar.

Leia mais
15/01/2020

As últimas semanas foram marcadas por uma grande polêmica provocada pelo site Porta dos Fundos, uma mistura de produtora de mau gosto e geradora de celeumas desnecessárias e inconsequentes, principalmente, quando usam o escudo da censura, para se proteger. Mas, o que é pior, quando são amparados por “autoridades” sem nenhum preparo para exercerem funções da mais alta relevância de um país.

Leia mais