Robério Canto

Escrevivendo

No estilo “caminhando contra o vento”, o professor Robério Canto vai “vivendo e Escrevivendo” causos cotidianos, com uma generosa pitada de bom humor. Membro da Academia Friburguense de Letras, imortal desde criancinha.

18/07/2018

A ela só resta obedecer humildemente

Numa roda de senhores mais ou menos sérios, um deles resolve mostrar como exerce sua autoridade sobre a mulher e os filhos.

Leia mais
11/07/2018

Quando você não tiver ideias próprias para colocar, valha-se das alheias

Famoso ator inglês interpretava Ricardo III e, a certa altura da peça de Shakespeare e da História da Inglaterra, o rei está perdendo a batalha e começa a gritar para que alguém traga a montaria que lhe permita perseguir seu adversário: “Meu reino por um cavalo!” Da plateia, um engraçadinho perguntou: “Um burro serve?” O ator interrompeu a apresentação e respondeu, com fleuma britânica: “Serve. Pode subir”.

Leia mais
04/07/2018

Por que não mudaria o modo humano de ler, contar e entender as histórias e a própria história?

Leia mais
27/06/2018

Eu me lembro do rio Negro e já me dou por muito satisfeito

Leia mais
20/06/2018

E lá estava a prótese, todos os grampos brilhando, como se nada lhes houvera acontecido

Leia mais
13/06/2018

Gente que já estava entregando a alma ao Criador agora está fazendo planos para começar vida nova

Leia mais
06/06/2018

A inteligência humana ainda não descobriu a cura da chatice

Leia mais
30/05/2018

A Copa do Mundo voltou a ser assunto de magna importância para a Pátria Amada

Leia mais
23/05/2018

Sacrificar a bola ou as amizades eram opções terríveis

Leia mais
16/05/2018

De onde vem a paixão que esta cidade exerce sobre seus filhos de sangue ou de adoção?

Talvez todo cidadão devesse dizer sobre a cidade em que nasceu o que disse Rui Barbosa a respeito da Pátria: “...É o céu, o solo, o povo, a tradição, a consciência, o lar, o berço dos filhos e o túmulo dos antepassados”.

Leia mais