Janaína Botelho

Janaína Botelho

História e Memória

A professora e autora Janaína Botelho assina História e Memória de Nova Friburgo, todas as quintas, onde divide com os leitores de AVS os resultados de sua intensa pesquisa sobre os costumes e comportamentos da cidade e região desde o século XVIII.

13/06/2019

Visitei o Mosteiro da Santa Cruz, no distrito de Riograndina, e entrevistei o irmão Plácido, um francês com pouco mais de 50 anos. Esse monastério tivera em sua fundação laços com a Abadia de Sainte-Madeleine du Barroux, na França, mas perdeu a ligação com essa abadia em virtude de dissenções, conforme expliquei na coluna da semana passada.

Leia mais
06/06/2019

Entrevistei o monge Plácido, do Mosteiro da Santa Cruz. Foi uma das entrevistas mais instigantes que já fiz em minha vida. De nacionalidade francesa, natural da belíssima região de Champanhe, na França, o monge não se sente confortável em revelar o seu nome de batismo e prefere ser chamado de irmão Plácido. Foi um dos fundadores, em Nova Friburgo, do Mosteiro da Santa Cruz, em uma propriedade doada por um brasileiro, localizado no quilômetro 2 da estrada Luiz Carlos Toledo, no Alto do Michéis, distrito de Riograndina.

Leia mais
30/05/2019

No artigo anterior escrevi sobre a Fazenda Santa Inês, localizada em Paraíso do Tobias, segundo distrito do município de Miracema. Foi uma propriedade rural do século 19, que passou pelos ciclos econômicos do açúcar, do café e do algodão, além da rizicultura paralelamente ao cultivo desse último. Da Fazenda Santa Inês resta apenas a parte central do engenho e a chaminé, construídos por volta de 1870, e que abrigavam um monjolo, máquinas de beneficiamento de café, arroz, milho, açúcar e produção de álcool.

Leia mais
23/05/2019

Visitei a Fazenda Santa Inês, em Paraíso do Tobias, segundo distrito do município de Miracema, no Noroeste fluminense. Trata-se de uma propriedade rural que passou por múltiplos ciclos econômicos como do açúcar, do café e do algodão, além da rizicultura paralelamente ao cultivo desse último. Atualmente sua atividade econômica está voltada para a pecuária de leite e de corte.

Leia mais
16/05/2019

A data da comemoração do aniversário de Nova Friburgo é motivo de polêmica. Seria na data do decreto estabelecendo uma colônia de suíços, em 16 de maio de 1818, ou da instalação da Câmara Municipal, em 3 de janeiro de 1820? Em 1967, essa discussão foi levantada por ocasião do 150° aniversário da cidade. Envolveram-se na contenda a Academia Friburguense de Letras, o prefeito, a imprensa e a sociedade em geral.

Leia mais
09/05/2019

No artigo desta semana recorri ao Caderno de Cultura, na série Memória Oral, coordenado pela professora Maria Suzel Coutinho Soares da Cunha. O entrevistado é José Pereira da Costa Filho, o Costinha, militante do Partido Comunista. A entrevista foi dada em 26 de outubro de 1983. Costinha trabalhou até os 14 anos de idade no Parque São Clemente. A seguir em uma olaria e por fim na Fábrica de Rendas Arp.

Leia mais
03/05/2019

Nova Friburgo recebeu em 1824, imigrantes germanos para substituir os suíços que abandonaram as terras recebidas pelo Rei Dom João VI, em razão de sua má qualidade.

Leia mais
25/04/2019

Subir as montanhas e passear pelos arredores de Nova Friburgo. Uma prática em que existe o registro desde 1886, quando os alunos internos do Colégio Anchieta faziam os denominados passeios higiênicos. No entanto, a prática do montanhismo se inicia com a vinda de imigrantes alemães para instalar indústrias têxteis em Nova Friburgo, na segunda década do século 20. Entre esses empresários alemães foi notadamente Otto Siemens, proprietário da Fábrica de Filó, que tinha o hábito do montanhismo e incentivou essa prática esportiva no município.

Leia mais
18/04/2019

No passado, o distrito de Amparo fora anexado ao município vizinho de Bom Jardim. No entanto, no ano de 1911, por pressão da população local, conseguiu-se reverter a situação e tornar a pertencer a Nova Friburgo. No início do século 20, Amparo produzia café, milho, feijão, cana de açúcar, mandioca e diversos tipos de legumes. Paulatinamente foram sendo introduzidas a fruticultura e a floricultura. Porém, na década de 1960, ocorreu um significativo êxodo rural e Campo do Coelho passou a ser o mais importante distrito agrícola de Nova Friburgo.

Leia mais
11/04/2019

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, ajuizou uma ação civil pública de proteção e recuperação do patrimônio histórico-cultural contra a Associação Friburguense de Amigos e Pais do Educando (Afape) e o município de Nova Friburgo. Um inquérito civil foi instaurado para apurar as condutas dos réus passíveis de responsabilização por danos ao palacete histórico da Vila Amélia, tombado provisoriamente.

Leia mais