Janaína Botelho

Janaína Botelho

História e Memória

A professora e autora Janaína Botelho assina História e Memória de Nova Friburgo, todas as quintas, onde divide com os leitores de AVS os resultados de sua intensa pesquisa sobre os costumes e comportamentos da cidade e região desde o século XVIII.

23/01/2020

Filme e trilha Cult

A comunidade de hippies Quiabo’s ficou aproximadamente três anos em Nova Friburgo. Drogas como LSD e maconha eram utilizadas pelos hippies, em geral, para ampliar o nível de consciência e proporcionar uma experiência mística. Carlos Doady nos informa que alguém lhe perguntou sobre a utilização de drogas na comunidade Quiabo’s. Ele teria respondido “Raramente!”. “Raramente usavam?”, indagou a pessoa. “Raramente faltava!”, ele respondeu.

Leia mais
16/01/2020

Caminhando, no Quiabo’s vou chegar

Uma comunidade hippie se instalou em um sítio em Vargem Alta, em Nova Friburgo, no final da década de 1960, do século 20. Isso deu o que falar na cidade. Em dois artigos vamos narrar o que representou esse acontecimento e sobre os seus principais atores. Assim como os outros grupos da contracultura, o movimento hippie teve seus primeiros registros nos Estados Unidos entre os anos 50 e 60, do século passado.

Leia mais
09/01/2020

No início do século 19, foi desmembrada uma parte de Cantagalo para abrigar um distrito colonial povoado por imigrantes provenientes de diversos cantões da Suíça. Surgiu em 3 de janeiro de 1820, a Vila de Nova Friburgo. Monsenhor Pedro Machado de Miranda Malheiros, inspetor da colônia, foi autorizado a adquirir fazendas em Cantagalo e próximas à Serra da Boa Vista para formar a nova vila que abrigaria o distrito colonial.

Leia mais
03/01/2020

Fim de ano e logo vem à mente uma retrospectiva sobre os acontecimentos do ano que termina. Em Nova Friburgo, no campo da história, as famílias descendentes de imigrantes suíços celebraram o bicentenário da chegada dos primeiros navios ao Brasil. Do porto do Rio de Janeiro, impedidos desembarcar, seguiram em barcos até Itambi. Os suíços fizeram um longo trajeto por terra, que incluía a subida da Serra da Boa Vista, até finalmente alcançarem Cantagalo, cujo desmembramento de suas terras deu origem à Vila de Nova Friburgo.

Leia mais
27/12/2019

Os jogos de azar praticados em um cassino em Nova Friburgo têm início na década de 30, do século 20. Na ocasião, o Cassino Friburgo funcionava no Clube de Xadrez, na Praça Getúlio Vargas, nas instalações do Hotel Salusse. Esse hotel tem origem com o francês Guillaume Marius Salusse, que ao se mudar para a Vila de Nova Friburgo casa-se com a imigrante suíça Marianne Joseph, que ficaria conhecida como Madame Salusse. Em 1839, Guillaume Salusse pede licença à Câmara Municipal para abrir uma hospedaria que se tornaria um dos mais importantes hotéis de Nova Friburgo, o Hotel Salusse.

Leia mais
19/12/2019

Localizada em Cantagalo, no distrito de Euclidelândia, a Fazenda Sossego é uma típica propriedade rural produtora de café do século 19, na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. A casa-sede foi construída na década de 1830, tendo tido acréscimos ao longo do tempo. No ano de 1852, o capitão Antônio Teixeira de Carvalho casou-se com Rosa Vieira de Jesus, herdeira da Fazenda Sossego. Rosa de Jesus faleceu três anos depois de seu casamento e o capitão casou-se com Virgínia Amélia Durão, descendente do comendador tenente-coronel João Pereira Durão, proprietário da Fazenda do Bonfim.

Leia mais
12/12/2019

A partir do século 19, sabe-se mais sobre as cadeias públicas. Geralmente eram situadas em um cômodo no prédio da Câmara Municipal. A alimentação dos presos deveria ser provida pelos seus parentes não sendo uma obrigação do governo. Como muitos detentos não tinham familiares para alimentá-los, a Irmandade do Santíssimo Sacramento fornecia uma refeição diária a esses desamparados. Vale destacar que as cadeias eram muito mais um depósito de escravos fugitivos, que ali permaneciam até que serem resgatados por seus proprietários, do que por criminosos.

Leia mais
05/12/2019

Nesta semana, remexendo nos meus guardados, me deparei com um interessante caderno denominado “A Terra Fluminense”. Trata-se de um levantamento estatístico realizado em Nova Friburgo entre os anos 1920 e 1922. Segundo o caderno, a população do município nesse período era de 26.032 habitantes e a maior parte da população vivia na área rural. Vale destacar que na ocasião Nova Friburgo tinha apenas dois distritos e não oito como atualmente.

Leia mais
28/11/2019

O fracasso das chuvas. É assim que os pequenos produtores rurais se referem ao período de seca e estiagem no município de São Sebastião do Alto. Quando ainda era os Sertões do Macacu foi desbravada aproximadamente na década de 70 do século 18, com a chegada de faiscadores atraídos pelo ouro de aluvião. Suas terras são banhadas por dois grandes rios, o Grande e Negro, cujo encontro das águas na localidade de Guarani dá origem ao Rio Dois Rios. Com o esgotamento do ouro, os garimpeiros passaram a dedicar-se à lavoura branca e posteriormente ao cultivo do café.

Leia mais
21/11/2019

Cantagalo, região da província fluminense para onde imigrou João Antônio de Moraes, futuro primeiro Barão das Duas Barras. Nascido em 1810, João Moraes era originário da província de Minas Gerais. Casou-se com a cunhada Basília Rosa da Silva, viúva de seu irmão Antônio Rodrigues de Moraes. Encarrega-se da administração dos negócios da família, dos cinco sobrinhos e dos quatro filhos que teve com Basília.

Leia mais