Elizabeth Souza Cruz

Elizabeth Souza Cruz

Surpresas de Viagem

A jornalista-poeta-escritora-trovadora-caçadora de cometas Elisabeth Sousa Cruz divide com os leitores, todas as terças, suas impressões a bordo do que ela carinhosamente chama de “Estação Caderno Light”, na coluna Surpresas de Viagem.

04/01/2021

Bem-vindo 2021!... Lá vamos nós embarcando no caderno especial da Retrospectiva 2020 publicado na edição especial de fim de ano de A VOZ DA SERRA. Mês a mês, o caderno exibiu uma perfeita sintonia entre os acontecimentos e o capricho da organização dos temas e, no arremate, as charges de Silvério. Como não amar e reverenciar tanta eficiência?! No mês de janeiro, por exemplo, a construção civil pretendia gerar 150 mil postos de trabalho em nossa cidade. Em fevereiro, a Estação Livre estreou a reforma do lado norte.

Leia mais
29/12/2020

O Caderno Z está de folga, mas, nem por isso ficamos com menos conteúdo nas Surpresas de Viagem. O jornal trouxe tanta bagagem que até me perco, sem saber por onde embarcar. E nada melhor do que encontrar Robério Canto em “Conto de Natal”, e pegar carona, num precinho bem em conta: “Três por mil! Três por mil! O mais barato do Brasil!”. Devo confessar o prazer de iniciar a viagem ao lado de pessoa tão ilustre, pois, como sempre digo: quando eu crescer quero escrever igual a Robério Canto!

Leia mais
22/12/2020

Sempre que vejo alguma referência ao Colégio Nova Friburgo, minha primeira reação é pensar em como foi edificada a sua obra naquelas alturas, com acesso difícil até para a entrega de material de construção. Depois penso no ônibus que reunia os jovens na calçada da Catedral. Eram os estudantes “avançados” que marcariam para sempre a “Fundação” em nossa cidade. O Caderno Z nos apresenta a bela fachada do prédio, onde hoje mora uma história cheia de lembranças, como nos mostra Janaina Botelho. Sobre a escolha dos docentes, eles precisavam passar por “um exame criterioso de admissão”.

Leia mais
12/12/2020

Como teria sido viver na Chácara do Chalet e ter pertencido a uma aristocracia que frequentava as festas, bailes, concertos e exposições de arte no casarão, o chalet do Barão de Nova Friburgo? Eu imagino o encantamento de se ter, entre os convidados, o imperador D. Pedro II e a imperatriz Thereza Christina. No passar do tempo, o glamour não se perdeu e o Caderno Z traz um tanto de conhecimentos do muito que se tem para saber. Como bem disse o ex presidente do Nova Friburgo Country Clube, Roosevelt Concy, “respire fundo, a história está no ar”.

Leia mais
08/12/2020

Em comemoração ao Dia Nacional do Samba (última quarta-feira, 2), o Caderno Z é a própria passarela, um verdadeiro desfile de joias da música brasileira. A história registra que “as primeiras rodas de samba surgiram misturando-se os elementos do batuque africano com a polca e o maxixe”. Interessante que essa história sempre nos traz nomes como João da Baiana (1887) e Donga (1890), dois sambistas que abriram caminho para que chegássemos a reunir uma constelação de nomes, como Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Zé Kety e tantos outros que o espaço da folha A4 nos impede de citar.

Leia mais
01/12/2020

Nas asas da natureza, o Caderno Z do último fim de semana nos trouxe um verdadeiro bálsamo para os olhos com a beleza das aves. O Parque Estadual de Três Picos, em outubro de 2019, desenvolveu o Programa Vem Passarinhar, quando foram registradas 239 espécies de aves. O programa foi idealizado para “inspirar e unir pessoas interessadas em proteger e desfrutar da observação de aves em unidades de conservação”.

Leia mais
24/11/2020

O Caderno Z do último fim de semana festejou a data de 20 de novembro, Dia da Consciência Negra e nos brindou com a presença de Maiara Felício, eleita vereadora, a candidata mais votada no recente pleito municipal. Em seus depoimentos na entrevista com Thiago Lima, Maiara relata que não se vê como “protagonista”, mas, sim, como “um canal para que a voz de todo mundo ecoe pela cidade”.

Leia mais
18/11/2020

“Seja homem, se cuide!” – Este foi o alerta do Caderno Z do último fim de semana e nada tem a ver com o retorno da palavra “maricas” que anda bombando na mídia. O tema diz respeito a um assunto muito sério: “Combater o câncer de próstata...”. A doença parece coisa da modernidade, mas sua presença é datada em torno de 35 mil anos. Com tanto tempo de existência, ainda há homens preconceituosos na relação com os cuidados de prevenção.

Leia mais
10/11/2020

O Caderno Z parece um termômetro emocional e, por isso mesmo, ele sempre traz a dose exata de conforto para os leitores. É inegável que a pandemia do coronavírus nos trouxe um sentimento de tristeza, acompanhado de crises de ansiedade e de insegurança. Não só ficou difícil ver os sorrisos estampados nos rostos pelo uso das máscaras, mas a nossa alma foi afetada e o sorriso interior se congelou bastante.

Leia mais
04/11/2020

O Caderno Z do último fim de semana acertou no tema para festejar o Halloween em 31 de outubro. A comemoração, prejudicada pela pandemia, não perdeu o seu valor e a leitura do caderno, a meu ver, é uma celebração sustentável e, certamente, caiu no gosto dos adeptos do Dia das Bruxas. Muito além das abóboras, das caveiras e dos agouros do gato preto, os festejos agora pedem uma boa maquiagem artística e Luna Zbinden, especialista no assunto, destaca que para uma “make perfeita” é preciso avaliar quais os tipos de produtos a serem usados, o tipo de pele.

Leia mais