Elizabeth Souza Cruz

Elizabeth Souza Cruz

Surpresas de Viagem

A jornalista-poeta-escritora-trovadora-caçadora de cometas Elisabeth Sousa Cruz divide com os leitores, todas as terças, suas impressões a bordo do que ela carinhosamente chama de “Estação Caderno Light”, na coluna Surpresas de Viagem.

25/05/2021

A viagem de hoje está mais doce do que nunca! E a razão de tanta doçura é o convite, que o caderno Z do último fim de semana nos fez, para entramos no “mundo das abelhas”, que existe “há cerca de 125 milhões de anos”. Tão antigas e atuais, essas doces criaturas produzem o néctar da vida. Eliane Orsine, do Sítio Meliponário Doce Manhã, que se voltou para a produção de “geoprópolis” – uma mistura de argila e seiva produzidas pelas abelhas, destaca: “Esse produto é um santo remédio, com vários benefícios para a saúde, principalmente, para o sistema respiratório”.

Leia mais
18/05/2021

Eis que a nossa “Princesa dos Órgãos, gentil, completou 203 anos no último domingo, 16, e ainda tão jovem e cheia de responsabilidades. O Caderno Z é um colar de pérolas adornado pelas joias da natureza. Regina Lo Bianco ilustra a capa, “nesta plaga onde o amor e a poesia, são como as flores nativas também”. É evidente que sentimos falta de um 16 de maio na Avenida Alberto Braune em meio aos festejos: desfiles, bandas, bandeiras, escolas, agremiações, colônias e muita alegria naquelas manhãs azuladas de um ventinho soprando nas orelhas.

Leia mais
11/05/2021

 Além de tantas datas importantes no mês de maio, o dia 12 tem um significado ainda mais representativo por ser o Dia Internacional da Enfermagem, em celebração ao nascimento da renomada enfermeira britânica, Florence Nightingale. O Caderno Z trouxe o tema, reverenciando os profissionais que se doam em tempo integral e, na maioria das vezes, estão anônimos e mais ainda, agora, encobertos por máscaras e por seus apetrechos de proteção facial. Em “Por dentro de uma UTI”, a enfermeira Marina relata o seu cotidiano e é de doer a alma da gente, pois, do começo ao fim, sua narrativa é chocante.

Leia mais
04/05/2021

“A maternidade marca um antes e um depois na vida de uma mulher”. A frase de Ana Borges que abriu o Caderno Z do último fim de semana contém uma grande verdade. Eu que o diga, pois, antes de ter minhas filhas, eu achava que não teria a menor queda para ser boa mãe e acabei por me surpreender. Isso porque, como disse Ana, “de todos os tipos de amor, talvez o da mãe seja o mais poderoso...”. Esse poder é o que torna “o amor de mãe incondicional...”.

Leia mais
27/04/2021

Festejar o Dia da Terra, celebrado em 22 de abril, é abrir espaço para reflexões. O Caderno Z nos auxiliou a descobrir os meios para melhor ajudarmos na preservação do planeta azul. A data, criada em 1970, nos Estados Unidos, tem reunido milhões de pessoas no mundo inteiro. São mentes que se dedicam a idealizar as estratégias  em prol do aprimoramento humano, na relação com o meio ambiente.

Leia mais
20/04/2021

Do café da manhã ao nosso cotidiano, A VOZ DA SERRA é um primor!

Leia mais
13/04/2021

O Caderno Z não deixaria o centenário da escritora Maria Clara Machado  passar em branco e se transformou num verdadeiro palco, reacendendo em nós o que é de fato fazer teatro. Maria Clara, com sua clara visão dramaturga, não pensou somente em seu desenvolvimento artístico, nem apenas na sua criação teatral. Ela presenteou o Brasil com uma escola de teatro, o Tablado que, desde 1951, no Rio de Janeiro, vem atuando na formação de atores e na prática teatral.

Leia mais
06/04/2021

Com as restrições mais rígidas definidas na última semana, o Caderno Z nos deixou com uma pontinha de saudade. Assim, sem a costumeira plataforma de embarque, vamos pegar carona no transporte público da cidade, antes que fiquemos todos a pé com o impasse entre a prefeitura e a direção da Nova Faol. Vamos cruzar os dedos para o entendimento entre as partes, seja o melhor para a comunidade friburguense.

Leia mais
30/03/2021

Depois de inaugurar um outono quente, fechando o terceiro mês de poucas águas de março, o Caderno Z foi além-mares buscar os conhecimentos sobre a Páscoa Cristã e a Páscoa Judaica. Para os cristãos, a Páscoa celebra a ressureição de Jesus, na “passagem da morte para a vida”. Já para os judeus é a comemoração da passagem do povo israelita da escravidão do Egito para a liberdade, tendo em Moisés o seu libertador na travessia do Mar Vermelho para a Terra Prometida. As crenças se diversificam entre as duas celebrações, mas, ambas são vividas intensamente por seus celebrantes.

Leia mais
23/03/2021

  “O outono chegou em sua plenitude”... E o tema do Caderno Z não poderia ser

Leia mais