Paula Farsoun

Com a palavra...

Paula é uma jovem friburguense, advogada, escritora e apaixonada desde sempre pela arte de escrever e o mundo dos livros. Ama família, flores e café e tem um olhar otimista voltado para o ser humano e suas relações, prerrogativas e experiências.

06/12/2019

Bem que o céu cinza poderia se tornar azul de novo. A serração sumir, a neblina dissipar, o frio encolher e o astro rei voltar a tomar o seu lugar, e brilhar deixando para trás esse final de primavera com cara de inverno. As luzes do Natal até já podem ser vistas nas ruas e no comércio. .

Querendo ou não, há de se ter em mente que os dias cinzas vem, mas passarão. E podem não ter correlação com o tempo lá fora. O mundo não para se estamos tristes. Dia e noite continuam se revezando no espetáculo da vida. Somos nós que temos e perdemos a capacidade de apreciarmos o show.

Leia mais
29/11/2019

Três vezes gratidão, simbolizando uma sequência sem fim da palavra e do sentimento. Se há algo que realmente nos conecta com toda força do bem que transcende é a capacidade de sermos gratos. Por óbvio, se tudo vai muito bem, obrigada, é mais fácil emanar tal sentimento. Contudo, penso que o maior exercício é sentimo-nos agradecidos diante das adversidades, de modo que quando conseguimos nos conectar com sentimento nos momentos difíceis, nas aflições e incertezas, estamos verdadeiramente manifestando a nobreza que dele advém.

Leia mais
22/11/2019

Que enfadonha essa tentativa de dividir o posicionamento e as opiniões das pessoas em esquerda ou direita, certo ou errado, bem ou mal, sim ou não, como se não existissem inúmeras visões e interpretações sobre os mesmos fatos, como se a vida fosse polarizada. Não, não é.

Leia mais
15/11/2019

Há momentos na vida em que temos a sensação que a órbita dos planetas desalinha. Dormimos de um jeito e acordamos em outra realidade, como se fôssemos abduzidos para uma realidade paralela com mais desafios do que podemos supor. Acontece. Nessas horas, é impressionante como faz diferença a rede de apoio que de alguma maneira se forma na “hora H”.

Leia mais
08/11/2019

Certa vez escreveu o saudoso poeta e cantor Renato Russo, “Tudo o que você faz, um dia volta pra você. E se você fizer o mal, com o mal mais tarde você vai ter de viver”. E vice-versa. Todo o bem que você faz, em bem retorna para você. Para nós.

A bem da verdade, a vida nos ensina que a lei de causa e efeito é real, sem que para tanto precisemos crer em nenhuma profecia para que de fato possamos perceber que plantar e colher são causa e consequência interligadas de muitas situações, a exemplo do que acontece com a própria natureza, da qual fazemos parte.

Leia mais
01/11/2019

Muitos de nós têm dificuldades em assimilar a efemeridade da vida, a velocidade com que o tempo passa. Quando muito jovens, achávamos que seríamos, inclusive, eternos. A juventude tem esse frescor, nos ilude ao imaginarmos uma vida muito longa pela frente e sequer vislumbramos que o fim pode chegar. Vai chegar, aliás, um dia. Parece coisa que acontece com os outros, tão distante que não pode nos alcançar.

Leia mais
25/10/2019

Ele resolveu investir em si mesmo. Pensou sobre como começar. Resolveu, então, traçar o ponto de partida a começar por suas reflexões. Quis pensar na estratégia. Tentou entender-se. Inevitável. Autoconhecer-se antes de tudo. Como se diz, para quem sequer sabe aonde chegar, qualquer lugar pode ser o destino. Ele queria caminhos. Mergulhou, então, no universo quase desconhecido de saber mais sobre o que deveria saber. Atentou-se em buscar o que queria fazer. Esbarrou no desconhecimento sobre quem ele era. Enganou-se por subestimar a profundidade de seus anseios

Leia mais
18/10/2019

Muito se tem falado sobre o empoderamento feminino. Particularmente, bato palmas sempre que me deparo com o raciocínio bem construído de quem percebeu que nós, mulheres, temos e somos a força, o poder e a vida. Temos e somos a resistência e a resiliência. Rendo-me à salva de palmas. Mas solto fogos mentalmente quando percebo que o ser que habita esse corpo feminino é essa mulher para além de todo o discurso. Essa que vive a tentar equilibrar os muitos pratos da vida em suas duas mãos femininas.

Leia mais
11/10/2019

Há dias em que a força nos foge. Sentimo-nos, como diz o ditado popular, “Saco vazio que não para em pé”, mesmo tendo nos alimentado. É incrível como nos dias de exaustão os pensamentos escondidos aparecem. Lembramo-nos de cuidar da saúde, valorizamos mais do que nunca uma boa noite de sono, repensamos a qualidade de nossas atividades e pensamos em como damos conta.

Leia mais
04/10/2019

O poder de um bom exemplo é inestimável, sobretudo quando advém de um fluxo sincero de querer bem, de fazer o bem. Por muitas razões. Fomenta uma esperança de dias melhores. Relembra que ainda há o bem despretensioso entre nós. Que podemos nos salvar uns aos outros. Não sei se acontece com vocês, mas por vezes, quando me sinto parte dessa onda positiva, chego a me emocionar. Como se não fosse possível. Ou pela raridade que consigo perceber.

Leia mais