Elizabeth Souza Cruz

Elizabeth Souza Cruz

Surpresas de Viagem

A jornalista-poeta-escritora-trovadora-caçadora de cometas Elisabeth Sousa Cruz divide com os leitores, todas as terças, suas impressões a bordo do que ela carinhosamente chama de “Estação Caderno Light”, na coluna Surpresas de Viagem.

14/08/2018

Quem pensa que o Dia dos Pais é coisa do século XX,  agora pode se esbaldar nas comemorações. O Caderno Z foi buscar a informação de que essas celebrações já aconteciam na Babilônia “há cerca de 4.000 anos”. No Brasil, a comemoração veio a partir de agosto de 1953, por ideia do publicitário Sylvio Bhering. Associar a homenagem com os heróis bombeiros foi uma grande sacada do “Z”, porque as duas missões envolvem doação.

Leia mais
07/08/2018

O Caderno Z não perde o calendário e nesta terça, 7 de agosto, festejamos o Dia Nacional do Documentário Brasileiro. Nos festejos há muitas razões para comemorar, pois “diretores friburguenses estão nas telas dos cinemas”. Colocar o “Dedo na Ferida” não é mais aquela coisa de tocar em melindres. Agora, sim, é o título de um documentário eleito o melhor no Festival do Rio 2017. Também pudera! Tem assinatura de Silvio Tendler. Contudo, os jovens cineastas da cidade estão desenvolvendo trabalhos edificantes e fazendo sucesso para além fronteiras.

Leia mais
31/07/2018

Quem não gosta de frio tem que inventar mil maneiras para se acostumar, porque a natureza não está nem aí para os nossos gostos. Bebidas e comidas quentes são um dos recursos para vencer o desafio do inverno. O Caderno Z parece adivinhar os nossos dramas e nos apresenta um festival de ideias calorosas para colorir as noites da estação fria. Na juventude eu achava lindo sentir frio nas mãos já que o coração andava aquecido de ilusões. Mas, e agora? O jeito é seguir o “Menu Z”: sopas, vinhos e chocolate!

Leia mais
24/07/2018

A sonoplastia da viagem fica por conta de Milton Nascimento, pois não há como falar de amizade sem que se lembre de Canção da América. “Amigo é coisa pra se guardar”, independente do fator “tempo & espaço”. Festejar o 20 de julho, Dia do Amigo, é mais do que curtir a data no calendário. “Um bom amigo pode estar no lugar mais longe do mundo”, pois estando “dentro do coração” estará sempre perto. Ainda mais na atual era das comunicações fáceis e instantâneas, não se perde mais as amizades de vista.

Leia mais
17/07/2018

Seja em 13 de julho ou nos outros 364 dias do ano, “todo dia é dia de rock”. O Caderno Z é o próprio “Nirvana” musical. Logo no “Editorial”, encontro Phill Collins abrindo o festival de estrelas. O caderno é um verdadeiro “Rock in Friburgo”. Aos dez anos de idade ganhei de papai o meu primeiro LP, de Elvis Presley, e foi como uma iniciação nesse ritmo eletrizante que jamais saiu do meu coração, de moda e muito menos será ultrapassado. Esta semana, conversando com Carlos Rapiso, o contador, que adora ler A VOZ DA SERRA, nós comentávamos a eficiência do “Z” em trabalhar com datas e temas.

Leia mais
10/07/2018

O Caderno Z fez a multiplicação dos pães e trouxe boas fatias da cultura da panificação para homenagear o Dia do Padeiro, celebrado no último domingo, 8. Ora! Devia ser feriado, pois, “na Bíblia, o pão representa tudo aquilo que é essencial para viver em sentido concreto e figurado”. As curiosidades são bem interessantes. “No Antigo Egito o pão servia para pagar salários...”. Hoje, no Brasil moderno, o salário não paga o pão.

Leia mais
03/07/2018

Embarcamos no Caderno Z de bem com a vida. Tudo azul! O tema nos convida às reflexões sobre a maestria de viver. Equilíbrio, concentração, força física, mental e espiritual, discernimento, coragem, alegria, paz, sabedoria. Parece sonho alcançar essas conquistas? Para quem pratica o yoga essas atitudes de equilíbrio acabam se tornando práticas naturais.

Leia mais
26/06/2018

“A festa já começou” – Assim o Caderno Z nos convida para os festejos juninos e logo de cara, a festa da Vila Mozer. Voltei no tempo da minha monografia da faculdade, quando conheci essa família numa das entrevistas do professor Maurício Siaines. De fato, é uma festa e tanto, que atinge este ano sua 23ª edição, no próximo dia 28 de julho. Só de familiares são “mais de 80 pessoas” e, ainda assim, o evento é aberto ao público. Em “Impressões”, os costumes juninos são influenciados no Brasil pelos festejos europeus, como a celebração dos dias santos.

Leia mais
18/06/2018

A viagem de hoje começa dentro de mim. O que aconteceu comigo? Eu já fui apaixonada por Copa do Mundo! Eu era do jeito que em dias de jogos do Brasil ficava vidrada na tela da TV e chorava, ria, pulava e sofria, conforme o resultado. Embarco agora na plataforma Z, No último sábado, 16, que antecedeu a estreia da seleção canarinho numa partida com a Suíça. Minha descendência Thinguely vem à tona. Será que é isso? Não, não creio. Será que Vinicius Gastin tocou na ferida? Aquele 7 a 1 da Alemanha ainda não foi superado?

Leia mais
12/06/2018

A estação de embarque me levou para os dias de junho da minha infância, quando as moças faziam simpatias de pingar vela derretida numa bacia com água e, de manhã, interpretavam o significado dos desenhos formados pelas boas mãos de Santo Antônio. Quando não obtinham as respostas esperadas, as moças deixavam o santo de cabeça para baixo. O “Z” nos traz uma entrevista com o padre Alex de Paiva que, perguntado sobre o assunto, explica que isso “não é uma prática católica e sim uma superstição”.

Leia mais