Max Wolosker

Max Wolosker

Economia, saúde, política, turismo, cultura, futebol. Essa é a miscelânea da coluna semanal de Max Wolosker, médico e jornalista, sobre tudo e sobre todos, doa a quem doer.

19/10/2017

Roger marca um gol de placa

O atacante Roger, do Botafogo, foi operado no último dia 7 para a retirada de um tumor no rim direito. Tal achado, no final de setembro, resultou no afastamento do artilheiro da equipe, com 17 gols marcados na temporada, até que o diagnóstico de benignidade ou malignidade fosse confirmado.  No último dia 12,  Roger convocou uma entrevista coletiva, no hospital Samaritano, no Rio de Janeiro, e ao lado do médico que o operou, Raphael Rocha, comunicou que a biópsia tinha revelado se tratar de um tumor benigno.

Leia mais
11/10/2017

 

Seria Bolsonaro um novo Collor?

Nas redes sociais temos encontrado uma grande polarização em torno da suposta candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da República, apesar de não termos nada de concreto ainda. Vale lembrar que falta apena um ano para as eleições presidenciais. Não vou entrar nessa discussão de saber se o Bolsonaro é ou não um bom candidato, no entanto, as supostas demais candidaturas entre os quais Marina, João Dória, Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, Luís Inácio representam a mesmice de sempre, de um sistema para lá de viciado.

Leia mais
04/10/2017

Desabafo de um brasileiro descrente

Leia mais
27/09/2017

O Brasil em geral e o estado do Rio de Janeiro, em especial, são uma piada de mau gosto. Os últimos acontecimentos na favela da Rocinha mostram a falência do estado, autoridades de mentirinha, totalmente divorciadas da realidade dos fatos e uma cidade a mercê de bandidos fortemente armados, num confronto desigual com a polícia, seja ela militar ou civil. Aliás, o desarmamento que tornou o porte de arma crime inafiançável, pendeu a balança para o lado errado, pois os bandidos tiveram mais força ainda, com armamento pesado, de guerra mesmo, sem oposição das autoridades constituídas.

Leia mais
20/09/2017

Um relatório do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União concluiu que em 2016 o INSS teve perdas no valor de R$ 1,1 bilhão em pensões e benefícios pagos a pessoas já falecidas. De acordo, com esse relatório, elas podem ser ainda maiores, pois foram encontrados benefícios pagos a pessoas mortas desde 2005.

Leia mais
13/09/2017

Acho que é dever do jornalista informar os leitores sobre as ocorrências no dia a dia; quando esse jornalista também é médico, a informação sobre determinadas doenças que podem comprometer irremediavelmente a qualidade de vida do cidadão torna-se uma necessidade. Daí, hoje, abordar uma doença que põe em risco um dos sentidos mais importantes do ser humano, ou seja, a visão. Vou falar do glaucoma.

Leia mais
06/09/2017

No exato momento que o judiciário passa a ser motivo de críticas fortes e perde a credibilidade perante a opinião pública, é sinal que o país vai mal. Entre tantas aberrações patrocinadas pelos nossos juízes o caso do ejaculador paulistano, Diego Ferreira de Novais, chama a atenção pela falta de sensibilidade, raiando mesmo a incompetência, do juiz José Eugênio Souza Neto.

Leia mais
30/08/2017

A reforma da Previdência é o retrato de um país onde os interesses pessoais estão acima do que realmente é necessário fazer. Após um consenso, pelo menos é o que parece, de manter a idade mínima de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres, surgiu a disputa em torno do tempo mínimo de contribuição. Aliás, por si só ele é inexplicável, pois se a aposentadoria passa a ser por idade, só se entende tempo mínimo para aumentar a alíquota de quem se aposenta. Se tiver a idade limite e mais de 25 anos de contribuição, o percentual a ser pago aumentaria de acordo com uma escala.

Leia mais
23/08/2017

Um bando de fanáticos, a matar em nome de Alá fez mais um atentado na Europa, com 13 mortos e pelo menos 100 feridos. A cidade escolhida, dessa vez, foi Barcelona, na região da Catalunha. Horas após o atentado, na cidade de Cambrils, foram mortos cinco suspeitos de estarem planejando um ataque terrorista coordenado. Na noite anterior, uma explosão que destruiu uma casa, também na Catalunha, matou uma mulher. Aliás, essa morte é motivo de comemoração, pois segundo foi apurado pela polícia espanhola, tratava-se de uma célula terrorista que manipulava explosivos para futuros atentados.

Leia mais
16/08/2017

Cheguei à conclusão de que ser botafoguense é um privilégio para pessoas especiais, não é para qualquer um. Ser Flamengo, Corinthias ou outro time de massa é fácil, muitos o são, basta seguir o fluxo. A mídia, baseada no marketing esportivo, estará sempre apoiando o crescimento dessas entidades, pois o importante é a conta da divulgação, ao final de cada mês. Apoia-se no pressuposto de que num dia de jogo do Flamengo, televisionado pelo canal aberto, o público atingido será muito maior e a probabilidade da venda do produto exposto é muito maior.

Leia mais