César Vasconcelos de Souza

Cesar Vasconcellos de Souza

Saúde Mental e Você

O psiquiatra César Vasconcellos assina a coluna Saúde Mental e Você, publicada às quintas, dedicada a apresentar esclarecimentos sobre determinadas questões da saúde psíquica e sua relação no convívio entre outro indivíduos.

Será que o uso de marijuana (maconha) pode alterar o cérebro e produzir sintomas típicos de uma psicose (loucura)? Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Montreal no Canadá estudou os efeitos da maconha em jovens procurando ver se seu uso favorecia o surgimento de experiências tipo psicóticas. (Josiane Bourque, Mohammad H. Afzali, Maeve O'Leary-Barrett, Patricia Conrod. Cannabis use and psychotic-like experiences trajectories during early adolescence: the coevolution and potential mediators. Journal of Child Psychology and Psychiatry, 2017).

Leia mais

Conhece a declaração: “Dor é inevitável e sofrimento é opcional”? Já leu ou ouviu isto? É mesmo verdade? Há sofrimentos evitáveis? E quanto às dores? Podemos evitar algumas delas pelo menos? Vamos pensar.

Leia mais

Há uma complexidade nas causas do sofrimento humano. Há tantas perguntas sem respostas, e também perguntas difíceis de serem feitas, não é? E há respostas difíceis de serem aceitas. Igrejas prometem a eliminação do sofrimento e pregam o enriquecimento material. Dá para eliminar o profundo sofrimento humano chamado de angústia existencial? Enriquecer materialmente elimina a angústia, o sofrimento e a morte?

Leia mais

Estudos (Aron 2005) têm descrito que há uma interação entre a sensibilidade ao processo sensorial e fatores negativos no ambiente infantil que conduzem para problemas afetivos como medo, ansiedade e depressão, o que, por sua vez, promovem a timidez.

Leia mais

Pia Melody, em seu excelente livro “Enfrentando a Codependência Afetiva”, diz que nós, seres humanos, somos perfeitamente imperfeitos. Maturana afirma que temos o direito de mudar de pensamento, o direito de errar e o direito de ir embora. Isto tem um gosto de liberdade dentro de nossa extrema limitação e fragilidade humanas. Não podemos, definitivamente, estar certos, ser fortes, não falhar, o tempo todo. Não admitir isto é estar num caminho de certa cegueira mental. Aquele que não sabe que não sabe, pensa que sabe.

Leia mais

O que é pornografia? Definições podem ser: tudo o que se relaciona à devassidão sexual; obscenidade, licenciosidade; indecência; caráter imoral de publicações, gravuras, pinturas, cenas, gestos, linguagem. Estudo ou descrição da prostituição. https://www.dicio.com.br/pornografia/

Leia mais

O suicídio na classe médica: quem cuida do cuidador?

Nós, médicos, lidamos com o sofrimento humano dia após dia, ano após ano. Sofrimento, sofrimento, sofrimento. Médico sofre também? Médico também tem doenças físicas, angústia, depressão, também se suicida? Infelizmente sim.

Leia mais

Em 1980, a taxa de suicídios na faixa etária de 15 a 29 anos era de 4,4 por 100 mil habitantes; chegou a 4,1 em 1990 e a 4,5 em 2000. Assim, entre 1980 a 2014, houve um crescimento de 27,2%.

Em 2014 ocorreram 2.898 suicídios de jovens de 15 a 29 anos no Brasil, um dado que costuma desaparecer diante da estatística dos homicídios na mesma faixa etária, cerca de 30 mil.

Leia mais

Karl Menninger, falecido em 1990, foi psiquiatra, autor de livros, fundador da Clínica Menninger e da Fundação Menninger, nos Estados Unidos, se formou em Medicina e depois lecionou na Harvard University. Sua clínica se tornou na época um dos maiores centros de treinamento em saúde mental do mundo. 

Leia mais

Dependência emocional é o oposto de autonomia psicológica. A dependência emocional doentia surge quando estamos presos ao outro de uma forma que nos atrapalha funcionar mais livre e eficazmente.

Dra. Carol Ahrens define dependência emocional: “um estado no qual uma pessoa sente-se totalmente dependente de outra pessoa, para que possa sentir-se segura ou possa ‘funcionar’ adequadamente”. Lori Rentzel também explica esta dependência: “quando acredito que a presença e atenção constantes de outra pessoa são necessárias para meu bem-estar e minha segurança pessoal”.

Leia mais