Respeito

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 06 de dezembro de 2017

Para pensar:

“A história universal é a de um só homem.”

Jorge Luís Borges

Para refletir:

“A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento.”

Platão

Respeito

A coluna teve conhecimento a respeito do que parece ser a marca de um tiro no vidro traseiro do carro do vereador Professor Pierre instantes após o próprio parlamentar ter se apercebido da situação, no início da tarde de segunda-feira, 4.

A informação, contudo, não foi publicada na coluna de terça-feira, 5, por respeito ao embargo solicitado por quem ainda estava fazendo os devidos registros junto aos órgãos competentes.

Sem pressa

Até o fechamento desta coluna a perícia ainda não havia determinado a causa do impacto, nem tampouco as vozes credenciadas para tanto haviam se pronunciado a respeito de evidências/indícios de que a ação pudesse ter sido deliberada, direcionada, intencional ou qualquer coisa nessa linha.

A imprensa séria, portanto, deve ter cuidado para não colocar o carro na frente dos bois.

Recado?

Ainda assim, quem tem o mínimo de conhecimento a respeito do que se passa nos bastidores de nossa política sabe que a situação precisa ser investigada a fundo, e com o máximo de celeridade que o compromisso com a qualidade dos trabalhos possa permitir.

Porque pode não ter sido tiro, pode ter sido bala perdida, pode ter sido qualquer coisa.

Mas também pode ter sido uma ameaça.

Pedal errado

Em todo caso, se a intenção era essa, o tiro deve sair pela culatra.

Afinal, diante da menor suspeita de que tenha se tratado de um esforço para frear o andamento de denúncias, a Justiça certamente irá acelerar seus trabalhos.

Diversidade

Aliás, por mais compreensível que seja a desilusão da sociedade com a classe política, já passou da hora de assumirmos que qualquer esboço de mudança terá de passar pelo tratamento diferenciado e não generalizado a quem se propõe a seguir a vida pública.

É preciso reconhecer - nos dois sentidos do termo - a existência de políticos vocacionados, que ainda conservam o interesse público acima do privado.

Nossa Câmara felizmente ainda tem alguns representantes deste grupo, e Pierre está entre eles.

Ao (ir)rresponsável

No fim, é tudo tão simples...

Quer ser alvo de boas notícias? Torne-as realidade.

Quer ter o bastante para criar filhos e curtir um pouco a vida? Descubra seus dons, estude, aprenda, e não tenha medo de trabalhar.

Quer parecer bom aos olhos da população? Então seja bom de verdade.

Mereça!

Holofotes

Já faz tempo que a coluna não cita o nome do deputado federal Glauber Braga.

O parlamentar friburguense, no entanto, está no centro dos holofotes em Brasília, sobretudo graças ao seu contundente posicionamento contrário à MP 795, que concede renúncia fiscal da ordem de R$ 1 trilhão às petroleiras, no somatório do período até 2040.

O discurso do parlamentar friburguense foi recebido com indignação junto à base aliada ao Palácio do Planalto, mas ecoou de forma muito positiva em alguns setores da sociedade, incluindo o meio acadêmico e técnico.

Etheria é aqui (1)

A turma que cresceu nos anos 80 certamente irá se lembrar que nos desenhos da She-Ra havia um personagem que se escondia ao longo dos episódios para aparecer apenas no fim, e dizer onde esteve o tempo todo.

Seu nome era Geninho.

Etheria é aqui (2)

Pois bem, aqui em Nova Friburgo também temos nosso “Jeninho”, que passa a maior parte do tempo longe das vistas, e mesmo quando é esperado aparece apenas no fim, sem alterar em nada o enredo.

Resta saber se o Geninho de Etherea era (bem) pago para isso...

Decolando

Após obter sua primeira vitória no UFC, o friburguense Marlon Moraes deu grande mostra de prestígio junto à maior organização de MMA no mundo ao conseguir emendar nova luta menos de um mês após o triunfo sobre John Dodson.

Neste sábado, 9, Marlon - número sete no ranking dos peso galo - volta ao octógono para encarar Aljamain Sterling, na importante penúltima luta da noite.

Humilde, focado e dedicado, o lutador merece todo o sucesso que já obteve, e que ainda vai obter.

Desafio 2018

Para alegria do colunista os leitores voltaram a participar ativamente dos desafios.

E a expectativa é que esta via de interação possa crescer ainda mais em 2018, quando a coluna pretende abrir espaço para fotos de nossa história, incluindo bustos de pessoas que ajudaram a escrevê-la e merecem ser lembradas.

Assim, as famílias sintam-se convidadas a digitalizar e compartilhar imagens de entes queridos, junto a pequenas biografias, ou fotos de paisagens friburguenses em tempos idos.

Respostas

Quanto à foto de detalhe da residência de Galdino do Valle Filho, publicada na edição de terça-feira, 5, respostas certas enviadas pelos parceiros Stênio de Oliveira Soares, Manoel Pinto de Faria, Gilberto Éboli, Raquel Souza, Marcelo Machado e Sílvio Poeta, que sugeriu que o imóvel, no futuro, deveria abrigar um museu de nossa memória política, além de Girlan Guilland, cuja resposta a coluna reproduz abaixo.

Aspas

A foto mostra “detalhe de parte de uma das varandas do casarão do médico, ex-vereador, ex-prefeito e ex-deputado estadual e federal Galdino do Valle Filho, na avenida que tem o seu nome. Primeiro imóvel do tombamento amigável da prefeitura, em 2009, o casarão é de propriedade ainda da família daquele que se propala ser o criador do Dia da Criança (12 de outubro). No entanto, o então deputado Galdino institucionalizou a data, que na verdade lhe foi sugerida pelo amigo e médico Almir Madeira”.

Publicidade
Agora Faz
TAGS:

Giuseppe Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.