Confusão

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Para pensar:

“Quando as reais intenções do manipulador são percebidas, sua imagem sofre um desgaste perante a vítima.”

Eliphas Levi

Para refletir:

“Fala se tens palavras mais fortes do que o silêncio, ou então guarda silêncio.”

Eurípedes

Confusão

Sabe aquela sensação de olhar para nossa política e ver tantas mudanças em cargos de confiança, tantas conspirações de bastidores (frustradas ou não), tantas divergências entre discursos e atos, e ter a impressão de que já não está entendendo mais nada?

Pois é, ao que parece isso não acontece apenas com quem está do lado de fora não.

Mesmo no olho do furacão, os discursos podem divergir bastante a respeito dos mesmos temas.

Chiado

Vejamos o caso da Saúde, por exemplo.

Têm sido recorrentes os rumores a respeito de um possível retorno da equipe que gerenciava a pasta na fase final do governo Rogério Cabral.

A esse respeito, a coluna pode confirmar que alguns convites para cargos de direção chegaram mesmo a ser feitos, e a chance de que ocorram novas mudanças deve sim ser considerada.

Com relação ao comando da pasta, no entanto, parece haver certo chiado.

Cabo de guerra

Foi dito, à época da saída de Christiano Huguenin, que Tânia Trilha assumia a Saúde de maneira interina - e muita gente vem encarando o cenário desta forma.

Há, no entanto, quem entenda de maneira diferente, acreditando que a secretária representa um braço de continuidade da gestão anterior, sendo portanto o nome favorito na Casa Civil.

As coisas certamente não seriam tão complexas se não houvesse, nos bastidores, tantos agentes com poder de decisão, muitas vezes travando um silencioso cabo de guerra por mais espaço ou influência.

Nocivo

Certo mesmo, em meio a areias tão movediças, é que já começa a ficar claro nos bastidores o tamanho do prejuízo que a cidade vem acumulando com o descalabro dos contratos emergenciais.

Tem muita contra que não está fechando, e os números desenham um cenário que nem de longe justifica o respaldo que certas figuras têm, ou andaram tendo, junto ao Palácio Barão de Nova Friburgo.

Mais dia, menos dia, explicações terão de ser dadas.

Fala, leitor!

“Caro Massimo, nos últimos meses notamos algumas ocorrências na região de Lumiar, recentemente duas pessoas vieram á óbito por demora no socorro.

Estudos feitos comprovam que uma viatura saindo do 6º GBM em Friburgo, demora em torno de uma hora para chegar a Lumiar desde o primeiro contato.

Existem as localidades de São Pedro da Serra, Boa Esperança, Benfica, Santa Luzia, Galdinópolis… Acho que é mais do que justificável que se tenha um destacamento dos Bombeiros na localidade.”

Assina a mensagem o leitor Reginaldo Barbosa.

Opinião

O colunista aproveita o gancho da colaboração do leitor Reginaldo para manifestar seu entendimento de que sim, toda esta região que engloba os distritos de Lumiar e São Pedro necessita urgentemente de mais apoio estrutural por parte da municipalidade, e também do governo estadual.

É inaceitável que pessoas morram (ou sofram) por morar em regiões consideradas afastadas, dentro do mesmo município.

Aliás...

Dito isso, a coluna também não pode ignorar o absurdo caso do arrombamento no posto de Saúde de Amparo, de onde um computador completo foi furtado.

Claro que não se pode avaliar a sociedade inteira pelo comportamento de um alucinado, mas não deixa de ser desanimador constatar a ligação entre atos como esse e nossa cultura de optar pelos interesses individuais em detrimento dos coletivos.

O estrago deste tipo de atitude vai muito além do prejuízo financeiro.

Programar na Serra

Em agosto, pouco antes de tirar férias, a coluna antecipou em primeira mão alguns eventos voltados à área de programação, promovidos em nossa cidade a partir de parcerias envolvendo diversas entidades da sociedade civil e a Secretaria municipal de Ciência e Tecnologia.

Pois bem, a coluna pode confirmar a realização do Pré-Hacking Serra na próxima quinta-feira, 13, como forma de estimular a formação de uma caravana de estudantes e profissionais de TI para o Hacking Serra, a ocorrer em Petrópolis entre os próximos dias 28 e 30.

Explicando

O release divulgado pela Secom informa que “o Hacking Serra é um evento baseado em maratona de programação, conhecido como hackathon, buscando reunir hackers, programadores, desenvolvedores, profissionais/estudantes de diversos segmentos, profissionais de negócios/inovação, designers e inventores em geral, com a finalidade de possibilitar o desenvolvimento de soluções, protótipos, softwares e quaisquer outras inovações para as cidades da Região Serrana (Nova Friburgo, Petrópolis e Teresópolis), nas áreas de mobilidade urbana, segurança, educação e turismo.”

Aspas (1)

Segundo Fernanda Gripp, gerente regional do Sebrae, “desenvolver o empreendedorismo com foco na inovação é papel de nossa instituição, que tem apoiado todas as iniciativas voltadas a fomentar startups e jovens universitários para que desenvolvam projetos inovadores em busca de soluções para demandas do mercado e, tanto o Pré-Hacking Serra quanto o próprio Hacking Serra, são eventos fundamentais para o alcance de tais objetivos.”

Aspas (2)

Já para o secretário de Ciência e Tecnologia, professor Marcelo Verly, um evento como esse demonstra que o município está cada vez mais antenado no cenário das inovações tecnológicas e oferecendo oportunidades para que os jovens e interessados se envolvam cada vez mais na área: “Estamos trabalhando forte, em parceria com diversas instituições, em especial o Sebrae e a Firjan/Senai, no sentido de fortalecer Nova Friburgo como polo de tecnologia de informação. O Pré-Hacking Serra é mais uma iniciativa muito importante que avança nessa direção.”

Onde e quando

O encontro será realizado amanhã, 13, a partir das 18h30 no auditório do Senai (Rua Prefeito José Eugênio Muller, 220 - Centro).

Interessados deverão se inscrever no link http://bit.ly/prehacking-2018.

Respostas

Até o fechamento desta edição, a coluna havia recebido três respostas para a foto-desafio publicada em nossa edição de terça-feira, 10.

O timaço formado por Tânia Nicolau, Marcelo Machado e Rosemarie Künzel não perdeu tempo e identificou corretamente o “lago que fica situado nos jardins da Queijaria Suíça, em frente ao Encanto e Arte Artesanato.

Parabéns a todos!

Como de hábito, respostas recebidas após o fechamento serão incluídas na próxima edição.

Plenário em festa

Dias atrás a coluna registrou a iniciativa do presidente da Câmara Municipal, vereador Alexandre Cruz, de realizar uma sessão solene em homenagem aos 70 anos da Unidos da Saudade.

Hoje a coluna publica uma foto da reunião, que resume bem o clima do encontro.

Vida longa ao carnaval friburguense!

Foto da galeria
Publicidade
TAGS:

Massimo

Massimo

Coluna diária sobre os bastidores da política e acontecimentos diversos na cidade.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.