César Vasconcelos de Souza

Cesar Vasconcellos de Souza

Saúde Mental e Você

O psiquiatra César Vasconcellos assina a coluna Saúde Mental e Você, publicada às quintas, dedicada a apresentar esclarecimentos sobre determinadas questões da saúde psíquica e sua relação no convívio entre outro indivíduos.

31/05/2018

Uma pessoa abusiva verbalmente, “grossa”, mais comum em autoritários, pode ter muita dificuldade em admitir seus defeitos de caráter. Demonstra poder pessoal, mas se fizéssemos uma enquete para ver sua aceitabilidade, ela se sairia mal. Se você é autoritário e tem um funcionário “grosso” como você, porém produtivo para sua empresa, provavelmente o tolerará por causa do interesse econômico. E talvez você manterá a negação de seu jeito agressivo de ser, só vendo o do outro.

Leia mais
24/05/2018

Compartilhar é melhor do que competir. Entretanto, a sociedade tem funcionado com muita pressão competitiva. A competição é saudável quando você luta consigo para melhorar seu jeito de ser. Fora isto, a competição em geral é estresse, orgulho ou maldade.

Quanto mais feliz, mais equilibrada emocionalmente e mais espiritual uma pessoa vai se tornando, mais ela adquire uma mente ajudadora. Isto significa que ela apresenta uma mentalidade que se volta facilmente para oferecer soluções para as pessoas que vivem algum problema ou dificuldade e que solicitam ajuda.

Leia mais
17/05/2018

Gabriele Kuby, 62 anos, é uma socióloga, autora de livros como Gender Revolution e The Global Sexual Revolution, é pesquisadora e crê que a agenda LGBT tem suscitado um novo tipo de intolerância que classifica de homofóbico qualquer pessoa que discorde deste grupo. Ela é divorciada, tem três filhos e recebeu elogios do papa Bento XVI por ser uma guerreira que batalha contra ideologias destrutivas do ser humano.

Leia mais
10/05/2018

O título acima “Tudo bem?”  é uma pergunta que fazemos para as pessoas e elas nos fazem também diariamente. Em geral respondemos da mesma forma, dizendo: “Tudo bem!”, mesmo que algumas coisas estejam ruins em nossa vida no momento. Você conhece alguém que esteja com tudo bem na vida dela?

Leia mais
03/05/2018

Muitas doenças têm origem na mente. Dr. Herbert Benson, médico clínico de Harvard diz que 75% das doenças diagnosticadas nos ambulatórios são devido a estresse mental. Ele afirma: “(a emoção) carrega um mais crucial papel em nossa fisiologia do que a maioria de nós pode compreender.” (“Timeless Healing – The Power and Biology of Belief”, Dr. Herbert Benson, Harvard School of Medicine, Body-Mind Institute, 1996).

Leia mais
26/04/2018

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda que governos criem programas de prevenção sobre depressão porque onde eles existem são eficazes para reduzir esta enfermidade. Para cada um dólar investido em programas de orientação sobre depressão e transtornos de ansiedade, quatro dólares retornam em melhor saúde e habilidade para trabalhar. (http://www.who.int/en/news-room/detail/30-03-2017--depression-let-s-talk...).

Leia mais
19/04/2018

Os seres humanos sofrem de diferentes tipos de sintomas mentais, podendo ser angústia, tristeza, fobia (medo exagerado), depressão, compulsões, transtorno do pânico, obsessivo-compulsivo, dos impulsos etc. Estes e outros sofrimentos não existem por acaso. Não caem do céu do nada. São construídos ao longo dos anos como defesa mental.

Leia mais
12/04/2018

Pense bem: sua felicidade não é algo que alguém retém nas mãos dele ou dela. Seu bem-estar não é controlado por outra pessoa para ela o dar ou retirar de você quando o indivíduo assim quiser. Se tentarmos forçar alguém a nos dar o que acreditamos que ele ou ela detém, seremos despontados. Descobriremos que é uma ilusão. A outra pessoa não tem o controle, o monopólio disto. A bela ideia de que uma outra pessoa possui aquilo que nos dará a felicidade é uma ilusão.

Leia mais
05/04/2018

Muitos são dependentes de medicamentos psiquiátricos (tranquilizantes, antidepressivos, indutores do sono, estabilizadores do humor etc.) os quais têm seu lugar e momento no tratamento de doenças mentais. Mas eles não curam a causa do sofrimento. Estas pessoas podem melhorar e adquirir saúde mental se praticarem alguns passos em sua consciência e em suas atitudes para consigo mesmas e para com outros indivíduos. Vamos pensar um pouco sobre isto.

Leia mais
29/03/2018

Ficar triste é normal quando ocorrem situações importantes de perda em nossa vida. Esta perda pode ser a morte de uma pessoa querida, a demissão de um emprego num momento difícil para a família, o descobrimento de uma atitude infiel no casamento, o diagnóstico de uma doença grave etc. Há tristeza para a vida e tristeza para a morte. Vamos ver isto agora.

Leia mais