César Vasconcelos de Souza

Cesar Vasconcellos de Souza

Saúde Mental e Você

O psiquiatra César Vasconcellos assina a coluna Saúde Mental e Você, publicada às quintas, dedicada a apresentar esclarecimentos sobre determinadas questões da saúde psíquica e sua relação no convívio entre outro indivíduos.

29/03/2017

A revista de alto nível científico chamada “Nature” publicou, em 2006, um estudo que mostrou que a substância “resveratrol” encontrada no vinho tinto poderia prolongar os dias de vida de ratos. (Baur JA et al. Resveratrol improves health and survival of mice on a high-calorie diet, Nature 2006, 444 (7117) 337-42). Num estudo recente, cientistas da Polônia e dos Estados Unidos verificaram que o resveratrol poderia reduzir hormônios esteroides do organismo e isto poderia ajudar em várias doenças como a síndrome do ovário policístico (J Clin Endoclinol Metab 2016).

Leia mais
22/03/2017

Antigamente a mudança de geração ocorria a cada 25 anos. A aceleração da vida social mudou isto e estamos com uma geração nova a cada 10 anos, com pessoas com novo estilo consumista de produtos e serviços, novos modos de encarar a vida, novo sentido para a existência, modelos familiares diferentes, expectativas novas sobre o trabalho, etc.

Leia mais
17/03/2017

Muito do que influencia a maneira como vivemos e nos relacionamentos com as pessoas tem a ver com motivações e memórias inconscientes. Lembra a última vez em que você foi apresentado a alguém e sentiu uma espécie de rejeição? Você nunca havia visto aquele indivíduo, mas sentiu isto. Algo tocou em seu inconsciente ao ver a pessoa, ou ao ouvi-la falar, e veio aquela emoção. Isto é um fator gatilho.

Leia mais
09/03/2017

O maior amigo de nosso corpo é a mente. E o maior amigo de nossa mente é o nosso corpo. Eles são tão unidos através de mecanismos de proteção e interação, que quando um é afetado, o outro também é. E sempre um entra em ação para ajudar a aliviar a lesão, a disfunção ou o mal funcionamento do outro.

Foi assim que o Criador fez nosso organismo, com o fantástico mecanismo de integração corpo-mente, e com suas relações com a espiritualidade. Saúde tem a ver com o bom funcionamento do corpo, da mente e da espiritualidade do indivíduo.

Leia mais
02/03/2017

A solidão aumenta, a depressão avança, apesar do número de pessoas conectadas nas redes sociais crescer exponencialmente. Do que as pessoas estão em busca ao gastarem diariamente tanto tempo em redes sociais?

Leia mais
23/02/2017

Fazemos muitas coisas no dia a dia de nossa vida com o intento de ser amados. Tudo bem. É assim mesmo. Precisamos de afeto. Afeto pode vir de maneiras variadas, através de abraços, beijos, um toque no ombro, dar as mãos, compreensão, perdão, companhia, ajuda em situações difíceis, carinho com sexo, carinho sem sexo, elogios sinceros, etc.

Algumas pessoas são fissuradas quanto ao desejo de serem amadas. Ser fissurado é ser obsessivo. Isto é diferente de desejo normal de afeto. Querer ser amado ou amada de modo equilibrado nunca envolve obsessão, fissura, controle, manipulação.

Leia mais
16/02/2017

Em medalhas dos Alcoólicos Anônimos nos Estados Unidos há inscrita a frase: “to thine one self be true”, cuja tradução literal é “para que o seu eu seja verdadeiro”. É uma frase significativa para a doença do alcoolismo e, por extensão, para outras situações na vida.

O alcoolismo, e outras dependências químicas, se não tratadas, produzem gradativa deterioração do caráter do dependente. Uma das atitudes que destroem o bom caráter é a mentira.

Leia mais
09/02/2017

Psicose é o que popularmente chamamos de “loucura”. É diferente de neurose porque esta é um sofrimento menos perturbador da personalidade e que não desestrutura a pessoa, nem a tira da realidade. Neurose é um encolhimento do eu (self) para a pessoa conseguir viver mentalmente na realidade. Psicose é uma desestruturação do eu (self) que perturba gravemente o contato da pessoa com ela mesma e com os outros.

Leia mais
02/02/2017

É uma obra delicada tratar com mentes humanas. Uma tarefa extremamente importante é a dos pais quanto à criação dos filhos. Ao chegar um bebê numa família, pai e mãe têm uma mente “zero quilômetro” para atuarem sobre ela. Que responsabilidade e oportunidade!

As lições que as crianças aprendem na infância, as palavras e condutas dos adultos que cuidam dela exercem um impacto forte sobre sua mente e dificilmente são apagadas na vida adulta.

Leia mais
26/01/2017

As doenças que mais matavam as pessoas antes do século 20 eram as infecciosas. Do século 20 para cá as pessoas morrem mais por doenças “do estilo de vida”, enfermidades que se desenvolvem pela má qualidade de vida. Dentre elas estão as doenças cardiovasculares (enfarte, AVC), diabetes, câncer.

Leia mais