Discurso de formatura

Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Hoje é dia

  • da bondade
  • do mecânico

O dia

Em 20 de dezembro de 1922, formava-se a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), que reunia 15 países antes pertencentes ao Império Russo comunista. A União Soviética se extinguiu 69 anos depois de formada.

Observando...

Cinco notícias que, talvez, você não viu

  • MEC tira autonomia de universidades para escolher onde gastar
  • Em convenção, PMDB aprova mudança de nome para MDB
  • Mercado distribui cartilha contra união gay e gera revolta em SP
  • Conmebol abre processo contra o Grêmio por dossiê de arbitragem
  • Justiça condena Neymar a indenizar médico do filho por não pagar parto

Palavreando

Quem ama é um sorridente entre os homens, uma criança entre os leões. Passa a ter, de repente, o mapa de um universo de muitas galáxias nas linhas das mãos.

Discurso de formatura

Eu sei, eu sei que você já vai dizer que formatura só é boa para quem está se formando. Discursos e mais discursos, intermináveis... Por mais brilhantes que sejam sempre serão discursos! Discurso de aluno? Esperança, agradecimentos e o prato principal: as intimidades dos amigos em sala de aula. O carinho pelo passado que termina e os olhos atentos ao futuro. E quando tem professor de literatura como paraninfo? Aquele texto imenso, cheio de citações de poemas. Ou aquele professor de história que conta toda a trajetória da humanidade até chegar aos dias de hoje para finalizar que o mundo ao longo dos tempos está repleto de exemplos de quem nada tinha a não ser ideias e sonhos e tudo conquistou. Últimas lições. Lições que se deve levar.

Formatura é acima de tudo um rito de passagem. Está acima dos discursos e das gafes e da impaciência da plateia. É um momento de desfecho e todo, especialmente quando vitorioso, deve ser celebrado com orgulho por quem o conquista e por todos aqueles que presenciaram e confirmam a culminância de tal esforço.

Eu adoro formaturas, porque não há lugar melhor para ver o ser humano tão desprovido de vestimentas que escondam sua alma. Não há óculos que possam ocultar o brilho no olhar que é reflexo da percepção de que aquele momento representa o passo final de uma jornada, às vezes, angustiante, e, sempre dolorosa e prazerosa. Brilho inundado de lágrimas por, acima de tudo, sentir intensamente no peito aquele intervalo entre saborear a vitória da batalha e olhar para frente.

É o coração de estudante evoluindo. É a despedida de um grupo de amigos, mas a certeza que os bons e verdadeiros ficarão para sempre. É a previsão acertada de que a saudade vai vir, mas também a confirmação de que só tem saudade quem viveu algo grandioso. É o momento de agradecer. E dizer obrigado é tão bonito. Não há homenagem mais perfeita que a resumida em um “muito obrigado por fazer parte da minha trajetória, da minha vida”. É o instante de descoberta em que se encontra consigo mesmo para revelar a si mesmo que tudo se pode ser.

Todos nós estamos num curso: o curso da vida. E a formatura da vida é uma corrida inusitada em que cada um escolhe onde é a linha de chegada e há quantas quer chegar. Não é preciso chegar à frente de ninguém, só é preciso saber aonde se quer chegar e chegar.

Quando o curso da vida vai se desprendendo do seu destino e se sente que é hora da formatura, você também fará discurso. E vai ter uma plateia grande ou pequena, aguardando por ele. E tenha certeza: você fará discurso, mesmo que silenciosamente nos segredos de seu quarto. E você falará exatamente como o professor de literatura com sua coleção de poemas ou o de história com toda a trajetória e o desenrolar do mundo ou como o aluno que brinca com as atitudes dos amigos na sagrada sala das intimidades.

Nesse discurso você falará de alegrias e tristezas, de arrependimentos e expectativas frustradas, de fotos que conservou e cartas que guardou, de gente que amou e despercebeu. Agradecerá pelos momentos que teve e a todos aqueles que lhe estenderam a mão. E terminará repleto de esperança de subir ao céu como um Sputnik e com as estrelas de vizinhas observará atento ao curso da vida que apesar de inúmeras formaturas já realizadas terá mais um trilhão de discursos para ouvir. E em todos eles, exatamente como no seu e de todos os anteriores, o enredo será parecido, porém sempre diferente. Será dito que o futuro começa agora e que o futuro é esse estranho que chega depois.  

Foto da galeria
O cantor e compositor friburguense, Vitor Ferraz, lança hoje, 20, nas redes sociais, seu novo single, “Escondido é melhor”. Sua música lançada ano passado, “Outra vez”, já ultrapassou a marca de meio milhão de visualizações. O cantor sertanejo é um dos mais requisitados da região e tem tido agenda cheia. As composições próprias lhe conferem possibilidade de projeção nacional. A música nova estará em breve nas plataformas de streaming, como já estão as duas anteriores.
Publicidade
Agora Faz
TAGS:
Wanderson Nogueira

Wanderson Nogueira

Observatório

Jornalista, cronista, comentarista esportivo, já foi vereador e agora é deputado. Ufa! Com um currículo louvável, o vascaíno Wanderson Nogueira atua com garra no time de A VOZ DA SERRA em Observatório, sua coluna diária.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.