Defesa Civil adota providências para evitar prejuízos com as chuvas

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

sábado, 16 de junho de 2018

Edição 16 e 17 de junho de 1968
Pesquisado por Guilherme Alt

Manchete:

  • Defesa Civil adota providências para evitar prejuízos com chuvas - Várias medidas preventivas para evitar, em todo o território fluminense, prejuízos graves, normalmente provocadas pelas torrenciais chuvas de verão estão sendo adotadas pela Secretaria de Defesa Civil, através de providências junto às autoridades federais, estaduais e municipais, a fim de dragar diversos rios que, com as enchentes, provocam a destruição de toda a lavoura das regiões ribeirinhas.
  • O Banco do Estado do Rio que realiza em seu favor, uma das mais dispendiosas promoções publicitárias no país - O banco praticamente deixou de lado os jornais fluminenses que circulam na zona onde ele mais opera para gastar enormes somas com órgãos da Guanabara – inclusive rádios e televisões – com diminuta ressonância do Estado do Rio. Sabe-se que um felizardo publicitário obteve exclusividade na distribuição da propaganda do referido estabelecimento de crédito, recebendo, mensalmente, fabulosa soma. Como se trata do Banco Oficial, deputados da Assembleia Legislativa vão formular pedidos de esclarecimentos. Por essas e outras razões que está havendo tanta reação governamental relativamente ao cumprimento do dispositivo constitucional que determina a obrigatoriedade de fazer parte da diretoria do Banco do Estado do Rio de um representante da oposição.
  • Defesa Civil adota providências para evitar prejuízos com chuvas - Várias medidas preventivas para evitar, em todo o território fluminense, prejuízos graves, normalmente provocadas pelas torrenciais chuvas de verão estão sendo adotadas pela Secretaria de Defesa Civil, através de providências junto às autoridades federais, estaduais e municipais, a fim de dragar diversos rios que, com as enchentes, provocam a destruição de toda a lavoura das regiões ribeirinhas.
  • Serrano Futebol Clube - A organização esportiva que é um legítimo orgulho do progressista bairro de “Olaria do Cônego”, tributou na manhã do passado domingo, homenagens ao deputado Álvaro de Almeida. O mencionado parlamentar fluminense é sócio benemérito e uma das vigas mestras do corpo mantenedor do clube da Rua Vicente Sobrinho. O principal discurso da solenidade foi pronunciado pelo vereador Joel Batista Jonas, diretor serranista recentemente empossado, encarregado de expressar os agradecimentos do clube ao querido homem público.

Colunas:

  • João Saldanha: Mais segurança - “Encerrados os festejos comemorativos do sesquicentenário, oportunidade em que milhares de veículos trafegaram pelas nossas estradas, devemos dar graça de que nenhum acidente tenha ocorrido a despeito da quase que total falta de segurança das rodovias que ligam Nova Friburgo a Niterói ou ao vizinho Estado da Guanabara. Entendemos, porém, que se a Providência nos ajudou, não deve ficar esquecida ou encerrada a questão da segurança nas estradas. Para o futuro, trágicos acidentes poderão ocorrer com o excesso de velocidade, ruptura de freios ou o sono do motorista, serão apenas algumas das muitas desculpas que, antecipadamente, já sabemos, poderão vir a ser admitidas como hipóteses explicativas para acontecimentos funestos”.
  • Em “Nova Friburgo na Sociedade”, W. Robson assina “Sem ódio sem rancor”. “Engana-se o missivista. Acontece, porém, que sempre tive o dr. Amâncio Mário de Azevedo no mais alto conceito como um verdadeiro “gentleman”, caricativo médico e administrador bem intencionado, daí talvez a razão de vez por outra ser envolvido por maquiavélicos pseudos orientadores. As nossas críticas à sua administração não permitem a ninguém tirar conclusões negativas a esse respeito. Elas justamente nascem com a violência no desejo de alertar e orientar um amigo que traz nos ombros muitos quilos de responsabilidade.
    O dever de amizade impõe a franqueza e não o silêncio de uma covarde omissão: obriga a verdade honesta abominando a mentira bajulatória; leva a realidade dos fatos jamais aos améns em curvatura a 90 graus. E, não fosse essa primeira condição, permite-nos assim proceder o fato de sermos seu eleitor. Com o nosso voto a sufragar o seu nome, sentimo-nos um pouco e consequentemente com o direito de sempre valorizar a nossa escolha, através de nossa ação jornalística, apontando os erros, falhas e lapsos na difícil engrenagem administrativa de seu governo”.

Sociais:

  • AVS registra os aniversários de: Guy Dura da Costa, Maria June (15), Elias Nami, Pedro Rodrigues, Lucas Bohrer, Ludgero José da Silva (16), Nacyra Jabour, Marina Perestrelo, Roberto Luiz Lopes (17), Sandra Maria, Atys Luiz Ventura, Cláudio Parea (19), Gerog Henze, Luiz Hedy (21), Kátia Rocha, Homero Caputo, Yonara Pinheiro e Werther Almeida (22).

Anúncio:

  • Colocar uma peça não genuína no seu Mercedes é como colocar o seu  cunhado no lugar do Pelé

 

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:

Há 50 anos

Há 50 anos

Coluna que mostra o que foi notícia em A Voz da Serra 50 anos atrás.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.