Reuniões entre prefeitura e concessionárias serão gravadas e divulgadas

Primeiro encontro com a Faol já está disponível no YouTube
quinta-feira, 14 de janeiro de 2021
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
O encontro com a Faol (Divulgação PMNF)
O encontro com a Faol (Divulgação PMNF)

 

Uma das principais bandeiras defendidas pelo prefeito Johnny Maycon durante o período eleitoral e fator considerado um dos principais pilares da atual gestão municipal desde que assumiu o mandato no último dia 1º, a transparência deverá nortear as principais ações da nova gestão da Prefeitura de Nova Friburgo. Segundo o próprio governo municipal, isso “visa o combate à corrupção, a defesa dos recursos públicos e o acompanhamento dos atos governamentais pelos cidadãos”.

Ainda durante a transição de governo, Johnny fez uma reunião com representantes das concessionárias municipais e registrou tudo em vídeo, que foi disponibilizado na internet. No último dia 6, por exemplo, o prefeito e outros servidores municipais se reuniram com representantes da empresa de ônibus Faol, que atua desde setembro de 2018 sem contrato no município. O fato inédito deste encontro é que ele foi todo gravado e já está acessível para conhecimento público.

Segundo informou a prefeitura, durante essa reunião específica sobre o transporte público municipal, foram discutidas propostas para regularização e melhoria do serviço que está com vínculo jurídico precário desde a gestão anterior. Todo esse diálogo entre o poder concedente e concessionária, que durou quase quatro horas, foi registrado em vídeo, visando garantir transparência às ações do governo municipal. O registro da reunião pode ser acessado no canal do YouTube da prefeitura. 

“A partir de agora não haverá mais reuniões secretas entre membros da administração municipal e empresas prestadoras de serviços públicos. Todas as reuniões com as demais concessionárias, que fazem a coleta de lixo, distribuição de água e coleta de esgoto, também serão gravadas e divulgadas. Essa resolução do prefeito é baseada nos pilares da legalidade e transparência dos atos públicos. O governo ainda estuda a viabilidade técnica para transmitir licitações em tempo real na página oficial da prefeitura na internet”, diz trecho de um comunicado divulgado recentemente pelo governo municipal.

De acordo com o prefeito Johnny Maycon, “filmar as reuniões com representantes das concessionárias visa retirar todo e qualquer tipo de desconfiança e mostrar à população que esta gestão terá total transparência. Inclusive, estamos estudando a possibilidade de avançar com a publicação de uma base legal para assegurar que as próximas gestões cumpram o mesmo. A população tem todo direito de saber o que acontece numa reunião entre o representante do Executivo e as concessionárias. Acredito que dessa forma iremos mostrar aos cidadãos e órgãos de controle e fiscalização quais são as nossas intenções, de modo que o interesse da gestão pública atenda rigorosamente aos preceitos constitucionais”, declarou o prefeito.

Salários dos secretários

Na edição do último fim de semana de A VOZ DA SERRA, o prefeito Johnny Maycon publicou uma série de atos oficiais - os primeiros de sua gestão – no Diário Oficial impresso. Entre as publicações, uma série de nomeações, a maioria de servidores que compõem o primeiro e segundo escalão da atual gestão municipal. No entanto, um detalhe chamou a atenção do cidadão mais atento. O atual prefeito respeitou rigorosamente o que determina uma lei criada por ele mesmo quando ainda era vereador: informar os valores dos salários e gratificações concedidas a todos os servidores sejam eles comissionados ou não. 

Essa lei, no entanto, havia sido revogada pela Câmara de Vereadores recentemente, com a alegação de que seria inconstitucional, já que sua elaboração é uma competência do Executivo e não do Legislativo. Mesmo assim o atual prefeito informou os valores dos salários nos atos oficiais.

Relembre

Aprovada por unanimidade, em discussão única, pela Câmara, na sessão de 28 de julho do ano passado, a lei de autoria do então vereador Johnny Maycon determinava que “a administração municipal terá o prazo máximo de até cinco dias úteis para disponibilizar as informações, a partir da data de oficialização do trâmite de nomeação e/ou gratificação do servidor público”.

A lei chegou a ser sancionada e cumprida pelo então prefeito Renato Bravo, conforme noticiado por A VOZ DA SERRA em 11 de setembro passado. A publicação em questão deu publicidade a uma série de exonerações, nomeações e concessões de gratificações a servidores municipais informando o valor de cada uma. Até então, tanto cargos quanto gratificações eram publicados apenas com suas nomenclaturas, o que deixava a desejar em termos de transparência, segundo o então vereador e atual prefeito, Johnny Maycon, autor da proposta.

Legislação semelhante na Câmara

Na Câmara, está em vigor a lei complementar 127, de 10 de junho de 2019, que foi alterada pela lei complementar 195, que versa sobre a estrutura administrativa da Câmara, para adequar a casa legislativa ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para redução de servidores comissionados: “Todas as vezes em que há uma nomeação na Câmara de Vereadores, consta também o valor da remuneração e da gratificação. O cidadão tem o direito de saber como o dinheiro público está sendo aplicado”, afirmou Johnny Maycon em entrevista concedida ao jornal em 28 de julho passado. 

 

LEIA MAIS

Acordo deve resultar em um contrato emergencial de seis meses até que ocorra nova licitação no setor

Via expressa na Baixada é muito utilizada por transportadoras para o escoamento da produção industrial de Friburgo para o Rio e São Paulo

Presidente da Firjan apresentará o projeto Arco Seguro, idealizado para articular melhorias de conservação e segurança da rodovia

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Transporte