Nova Friburgo, 200 anos!

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

quarta-feira, 16 de maio de 2018
Foto de capa

Nova Friburgo celebra seu bicentenário! E. como não poderia deixar de ser, a sua voz ecoa aos quatro cantos, através de A VOZ DA SERRA, que, desde 1945, registra em suas páginas o cotidiano da cidade, através de fatos, fotos, reportagens e olhares de seus colunistas colaboradores.

Numa viagem ao passado, poderíamos pinçar diversos registros no decorrer desses 73 anos de histórias, mostrando o quão importante é a palavra como manifesto. O quanto podemos colaborar construindo hoje o relicário das nossas memórias.

As colunas sociais, mais do que espaços de palavras superlativas e adjetivos generosos, é também um baú de documentos que traduzem a vida em sociedade, as manias e maneiras que vão se aculturando e produzindo novos olhares sobre a cidade que construímos com os nossos feitos, positivos ou não. A escolha se dá através do amor que dedicamos à terra que nos acolhe e nos abriga. Nós somos a Nova Friburgo que queremos. Afinal, a cidade é o retrato do povo que nela habita.

E se não concordamos com a assertiva acima, talvez seja a hora de arregaçar as mangas e fazer a nossa parte, com ações efetivas, deixando para trás a torre em que, encastelados, nos proporciona a cômoda sensação de que de nada adianta nada.

Também sinto saudades dos velhos tempos... do cheiro da minha infância que lembra o amendoim da Galeria São José, a deliciosa sensação de varar a neblina na praça – em manhãs gélidas a caminho da escola, do apito do trem cortando a cidade, dos casarões que enchiam meus olhos e eram seqüenciais mas permitiam enxergar as montanhas. Sinto muito por gente que não sentiu nada e deixou que a cidade fosse desconstruída como quem abandona o jogo de tabuleiro para dar atenção aos seus interesses pessoais. 

Mais ainda é tempo! Ainda há tempo! A cidade que aí está é a que deixamos estar. Podemos consertar, reparar danos, não incorrer nos erros passados, deixar de mitificar pessoas e olhar pelo coletivo. Deixar de reclamar do que é conseqüência muitas vezes da nossa soberba. Porque somos assim mesmo... se está bom para nós, que importa os outros?

Nova Friburgo faz aniversário. Nova Friburgo celebra seus 200 anos. E quem mais importa nesse momento é ela. Com suas montanhas recobertas de verdes de todos os matizes, do céu de azul mais lindo e indecifrável tapete de estrelas, de águas que cristalinas tecem bordados em nossos olhos, de gente que mesmo invisível é corpo presente nas ruas, nas praças, nas casas, nas paisagens. A minha. A sua Nova Friburgo! Reparem quanta gente passou e ela continua linda! Parabéns, cidade que amo!      

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

  • Foto da galeria

Publicidade
TAGS:

David Massena

David Massena

David estreou nas colunas sociais ainda na década de 70. É jornalista, cerimonialista, bacharel em Direito, escritor e roteirista. Já foi ator, bailarino, e tantas coisas mais, que se tornou um atento observador e, às vezes, crítico das coisas do mundo.

A Direção do Jornal A Voz da Serra não é solidária, não se responsabiliza e nem endossa os conceitos e opiniões emitidas por seus colunistas em seções ou artigos assinados.