Secretário de Trânsito pede demissão revelando desavenças no governo

Prefeitura diz em nota que titular da Smomu, empossado desde o início da atual gestão, já seria exonerado por conta de insatisfações
quinta-feira, 23 de junho de 2022
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Fabrício Medeiros: demissão com críticas ao governo (Arquivo AVS)
Fabrício Medeiros: demissão com críticas ao governo (Arquivo AVS)

Nesta quarta-feira, 22, Fabrício Medeiros entregou carta ao prefeito Johnny Maycon pedindo sua exoneração  da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu) de Nova Friburgo, cargo que ocupava desde  o iníciio do atual governo, em 1º de janeiro de 2021. Além do trânsito, Fabrício também era responsável também pela Guarda Civil Municipal e pelo Departamento de Posturas. 

Na carta, obtida com exclusividade por A VOZ DA SERRA, Fabrício esclarece “que não compactua com o formato de gestão contrário do que lhe fora proposto, onde a politicagem impera sobre decisões técnicas”. Ele cita, também, constantes ameaças de desligamento por decisões que vinha tomando “com fundamentação e visão no bem coletivo, não com foco em evitar pequenos desconfortos pontuais com empresários hostis e intransigentes da cidade, eivados de vontades inexequíveis e pertinazes”.

Fabrício criticou também “a concordância do governo com leis expressamente inconstitucionais”, citando a lei de aplicativos que traz duplas punições, vagas de farmácias, vagas de hotéis, processo administrativo de remoção, processo administrativo sobre divulgação de dados.

“Muito me atemoriza aquela tão afirmada preocupação com a legalidade, veementemente afirmada pelo ex-vereador e agora chefe do Executivo, que  parece possuir uma exceção pelo menos: o tema trânsito, onde pessoas adoecem, tornam-se inválidas e morrem todos os dias”, escreveu Fabrício, dizendo preferir se demitir por ter uma carreira e um nome a zelar.

Em uma nota ríspida, fugindo ao habitual, a Prefeitura de Nova Friburgo afirmou publicamente que Fabrício “já seria exonerado por conta da insatisfação da gestão em relação ao trabalho realizado. Ele estava se demonstrando insubordinado, insistia em contestar e querer descumprir as leis municipais vigentes e não obedeceu aos prazos estabelecidos pela gestão em relação à elaboração do Plano de Mobilidade e Acessibilidade Urbana, e também não seguiu a recomendação do chefe do Executivo para que desenvolvesse ações de conscientização e Educação sobre o trânsito voltadas à população, tendo sempre uma postura extremamente punitiva”, diz a nota.

A VOZ DA SERRA aguarda maiores esclarecimentos de ambos os lados.

Fabrício tomou posse tendo o Plano de Mobilidade Urbana como a maior prioridade e a implantação do estacionamento rotativo como meta de sua gestão. Saiu sem tirar do papel nenhum dos dois. Pela nova Lei Orgânica Municipal, o rotativo depende do  Plano de Mobilidade Urbana. O atual governo chegou a cogitar alterar a LOM para viabilizar a implantação do rotativo sem a exigência do plano de mobilidade, mas desistiu de propor a mudança.

 

 

LEIA MAIS

Trânsito terá que contornar Estádio Eduardo Guinle até a Via Expressa. Interdição foi anunciada às vésperas do início da obra do estado

Com receita líquida de R$ 93,36 bi, orçamento deve ficar sem déficit para o próximo ano

Primeiro suplente pelo PSC de Cláudio Castro, ele passa a ocupar vaga aberta pelo deputado Márcio Pacheco, eleito novo conselheiro do TCE

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | Governo