Nadadora friburguense fica por centésimos da semifinal no Mundial de Budapeste

Jhennifer volta a competir nesta sexta na prova em que é especialista
terça-feira, 21 de junho de 2022
por Vinicius Gastin
Jhennifer segue escrevendo a sua história nas grandes competições de natação do mundo
Jhennifer segue escrevendo a sua história nas grandes competições de natação do mundo

Faltaram apenas cinco centésimos para chegar à semifinal. Mas Jhennifer Conceição Alves segue fazendo história, participando dos maiores eventos e se posicionando entre as melhores do mundo. A nadadora de Nova Friburgo teve o primeiro compromisso no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria, na madrugada do último domingo, 19, na prova dos 100m peito feminino. Jhenny ficou na posição 17, finalizando a prova em 1min07seg50.

A friburguense obteve, desta forma, o seu terceiro melhor tempo na carreira nos 100 metros nado peito. A melhor da distância foi da chinesa Tang Qianting, única na casa dos 1min05 com 1min05s99. A australiana Jenna Strauch ficou em segundo – com 1min06s16 e a norte-americana Annie Lazor em terceiro com 1min06s33.

 “Eu estava esperando entrar na casa do 1:06, mas não foi a primeira caída. Já sou experiente por ter nadado em outros mundiais, copas do mundo. Não sei o que aconteceu, mas a gente vai analisar. Pode ser uma seguradinha que eu dei inconscientemente, para poder guardar para a prova da tarde”, avaliou logo após sair da pisicina.

A friburguense volta a cair na água nesta sexta-feira, 24, na prova dos 50m peito, a sua especialidade. Satisfeita com o desempenho nos 100 metros, Jhenny fez ainda uma análise sobre o seu posicionamento de raia, um pouco mais lateral, distante do centro – onde se concentravam as favoritas à vitória.

“O posicionamento na raia me atrapalhou um pouco. Se eu estivesse mais para o meio, perto das favoritas, poderia ter visto e dado um gás a mais no final. A menina da raia sete estava com o tempo balizado menor que o meu e o objetivo já era chegar à frente dela. Mas a gente nunca imagina como a nadadora ao lado vai desempenhar. Procurei fazer o meu, sem focar nas raias ao lado, e fiquei contente com o meu tempo sim”, contou Jhenny.

O Mundial de Esportes Aquáticos absoluto da Federação Internacional de Natação (Fina) vai até 3 de julho em Budapeste, capital da Hungria. Na natação são 30 atletas brasileiros que começam sua jornada a partir das 4h para as eliminatórias (horário de Brasília). Nas águas abertas são cinco atletas representando o país.

 

LEIA MAIS

Atleta friburguense alcança marcas históricas no Mundial em Budapeste

O resultado é consequência do desempenho da nadadora no Troféu Brasil de Natação

Hungria será um dos próximos desafios da nadadora friburguense na temporada

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: natacao