Dom Edney Gouvêa Mattoso

A Voz do Pastor

Buscando trazer uma palavra de paz e evangelização para a população de Nova Friburgo, o bispo diocesano da cidade, Dom Edney Gouvêa Mattoso, assina a coluna A Voz do Pastor, todas as terças, no A VOZ DA SERRA.

23/01/2018

Caros amigos, transcorridos os primeiros dias do ano, que traz consigo a esperança de progresso e felicidade, não podemos nos esquecer da urgência de nossa missão. O tempo nesta terra é um presente maravilhoso do Criador que nos dá, por amor, uma vida plena. De fato, o mundo precisa de homens e mulheres que desejem viver com Deus, irradiá-lo, não pelo gosto da fama, mas pela superabundância de vida interior.

Leia mais
16/01/2018

Caros amigos, a boa convivência é parte essencial de nossa vocação cristã. Sua fonte é a perfeita comunhão das Pessoas da Santíssima Trindade e sua finalidade é a reconciliação de todos os corações em Cristo, base daquela civilização do amor que todos queremos.

Assim, a união com Deus é causa de concórdia entre as pessoas, e sua negação provoca a divisão e a intolerância entre os semelhantes. Somos concordes que queremos viver em harmonia com todos. Entretanto, não é raro perceber que também cultivamos sentimentos e ações que não combinam com este ideal.

Leia mais
09/01/2018

Caros amigos, tratamos em nossa última reflexão sobre a responsabilidade que cada um deve assumir para que um mundo de paz e fraternidade seja realidade. Esta reflexão se faz cada dia mais necessária e urgente. A paz não é simplesmente a ausência de guerra ou o equilíbrio estável de forças opostas, ela é um valor que desconhece fronteiras: sua missão é chegar a todos os povos. A paz é condição para a plenitude da vida. 

Leia mais
03/01/2018

Caros amigos, mais um ano se inicia e, com ele, se renovam nossas esperanças por um mundo de paz e fraternidade, onde toda a família humana possa gozar da dignidade de filhos e filhas de Deus, que se deve reconhecer em todos. A busca pela paz é um caminho que deve ser percorrido e construído ao mesmo tempo e por todos. Somos uma só comunidade que começou e terminará no amor misericordioso de nosso bom Deus. Por isso, devem-se instaurar relações de solidariedade e colaboração no seio da sociedade.

Leia mais
27/12/2017

Caros amigos, todos acreditamos que algo no mundo precisa urgentemente ser mudado. Em todos os períodos históricos o homem sentiu interiormente esse apelo e teve a oportunidade de fazer a diferença por suas decisões. Também Nosso Senhor manifestou, através de palavras e atos, seu anseio por transformação, a começar pelo interior do homem “até os confins da terra” (Cfr. At 1, 8). Nos caminhos da história percebemos que o ser humano facilmente perde o rumo.

Leia mais
19/12/2017

Caros amigos, aproxima-se o Natal. Na cidade, é notória a mobilização das pessoas: o clima natalino invade ruas e praças, as casas são enfeitadas de luzes e todos aguardam ansiosos a troca de presentes e o sonoro “Feliz Natal!”. 5Essas comemorações são legítimas quando expressam a alegria de nossos corações por nosso Pai ter-nos dado a salvação enviando-nos seu filho único.

Leia mais
12/12/2017

Caros amigos, hoje, 12, celebramos Nossa Senhora de Guadalupe, que apareceu ao índio São Juan Diego, em 1531, no México. Nesta ocasião, quero fazer memória de nosso predecessor, recentemente adormecido no Senhor, Dom Rafael Llano Cifuentes, terceiro bispo da Diocese de Nova Friburgo, que tinha grande devoção pela Virgem de Guadalupe, belamente simbolizada em seu brasão episcopal pelo manto azul com doze estrelas douradas.

Leia mais
05/12/2017

Caros amigos, na próxima sexta-feira, 8, a Igreja celebra a Imaculada Conceição, pois “a beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante da sua Conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original” (Ineffabilis Deus, 41). Ou seja, pelos méritos de seu filho, Maria rompeu os laços do pecado e tornou-se, para todos os viventes, sinal luminoso de esperança e vitória sobre satanás e todo mal.

Leia mais
28/11/2017

Caros amigos, na semana anterior meditamos sobre a vida eterna e percebemos que crer na ressurreição da carne coloca-nos em uma posição de grande responsabilidade ante o mundo em que vivemos. Continuando a reflexão, afirmamos que a crença na vida eterna não nega em hipótese alguma o valor da vida presente, nem se traduz em inatividade perante as injustiças.

Leia mais
21/11/2017

Caros amigos, não faz muito tempo que dedicamos uma reflexão sobre a morte e seu valor para a fé. Neste artigo, voltamos ao tema para entender melhor a relação entre crer na ressurreição de Cristo e nossa vida, que caminha na esperança da vida eterna.

Cremos na vitória de Cristo sobre a morte e que ela foi alcançada para todos nós. Na cruz, Jesus transformou a finitude do ser humano em vida, abrindo-nos as portas da eternidade. Assim, a fé na ressurreição direciona nossa esperança: “Se morremos com Cristo, com ele viveremos” (cfr. 2Tm 2,11).

Leia mais