São Pedro da Serra completa 35 anos neste sábado

Distrito turístico é muito relaxante para quem está em busca de paz, sossego, segurança e tranquilidade
sexta-feira, 01 de abril de 2022
por Thiago Lima (thiago@avozdaserra.com.br)
O casario colorido de São Pedro com o coreto (Fotos: Henrique Pinheiro)
O casario colorido de São Pedro com o coreto (Fotos: Henrique Pinheiro)

A charmosa vila, acolhedora para turistas e moradores que adoram curtir as delícias e atrativos da região, está em festa. Neste sábado, 2, o distrito de São Pedro da Serra completa 35 anos. Os turistas são atraídos pelas cachoeiras, o clima mais ameno e outras belezas naturais. O lugar é muito relaxante para as pessoas que estão em busca de paz, sossego, segurança, tranquilidade, o que em São Pedro tem de sobra. 

A meia estação também fomenta o turismo em toda a cidade. O outono é agradável, costuma ser um tempo mais seco e a gastronomia típica desta estação é destaque. O distrito descobriu que possui vocação turística, o que vem permitindo o desenvolvimento constante de uma estrutura de serviços específicos, valorizando a gastronomia, o artesanato local e os meios de hospedagem disponibilizados. A vila está a aproximadamente 850 metros acima do nível do mar, conta com várias pousadas para todos os gostos, restaurantes que oferecem uma grande variedade de opções de iguarias e várias opções de bares e música ao vivo à vontade.

Sobre São Pedro da Serra

São Pedro da Serra é o sétimo distrito do município de Nova Friburgo, contando, em média, com uma população de quatro mil habitantes, e grande população flutuante nos fins de semana e férias, devido às suas belezas naturais, estando a localidade situada em uma área de Mata Atlântica. Situa-se a 34 quilômetros do centro de Nova Friburgo. Seu distrito é composto pelas vilas de Benfica, Sibéria, Bocaina dos Blaudts, Bocaina dos Mafort, Tapera, Vargem Alta, Colonial 61, Ribeirão do Capitão e Cachoeira. É vizinho do distrito de Lumiar, e dos povoados de Benfica, Boa Esperança, Santo Antônio de Barra Alegre e da localidade de Vargem Alta.

A capelinha e a Praça do Coreto

No distrito de São Pedro está a primeira igreja católica erguida no município de Nova Friburgo, a capelinha de São Pedro tem mais de 150 anos. O prédio original era de madeira, mas seus alicerces são os mesmos. Há alguns anos, a capelinha passou por uma obra de restauração e, em suas fundações, foi encontrada uma pedra sabão, que não é típica da região nem costumeiramente usada em alicerces. A pedra foi colocada num jardim, ao lado da capela. Dentro da igrejinha, no seu campanário original, está também um dos maiores tesouros históricos de São Pedro da Serra, um sino de bronze doado pelo próprio imperador D. Pedro II. A vila, por sinal, não tem seu nome por causa do santo, e sim por causa do imperador.

Paixão de quem mora na vila, a Praça do Coreto é uma genuína pracinha de roça. A superfície completamente gramada, os banquinhos voltados para dentro, o chafariz ao centro, tudo convida à contemplação, ao relaxamento e ao convívio. Entrada e saída da vila, a praça é também um ponto de encontro natural e principal palco dos eventos culturais e esportivos.

O coretinho, por sua vez, ainda que aparentemente singelo e modesto, é um raríssimo exemplar do típico coreto rural brasileiro. Na maioria das vilas e cidades do interior, esse tipo de construção foi perdendo espaço e sendo afrancesado pelo excesso de ferros retorcidos, pilares rebuscados, telhados de metal e outros enfeites. 

Feira de São Pedro da Serra está de volta 

A feira de São Pedro da Serra, que é um movimento coletivo que reúne vários artesãos e produtores locais, está de volta. Aos sábados, no Espaço Armazém Andar de Cima, na Rua Rodrigues Alves, 728, no centro de São Pedro, das 10h às 15h com entrada gratuita e música ao vivo a partir das 12h. Ao todo são  25 expositores e neste sábado, 2, a partir das 10h, show do cantor Nelson Paes. Mais informações no instagram @feirasaopedrodaserranf. (Com informações do site Visite São Pedro e Wikipédia)

 

LEIA MAIS

Depois de dois anos com fechamento e restrições, setor comemora o retorno dos visitantes na alta temporada friburguense

Evento tem a proposta de capacitar profissionais de segmentos ligados direta ou indiretamente ao trade turístico

Objetivo é minimizar impactos causados por excesso de visitantes nesta época do ano

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Turismo