Projeto regulamenta vacinação domiciliar para idosos e pessoas com dificuldade de locomoção

Além do endereço residencial, aplicação da dose poderá ocorrer em instituições públicas e ONGs
segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Projeto regulamenta vacinação domiciliar para idosos e pessoas com dificuldade de locomoção

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, em primeira discussão, na última quarta-feira, 10, o projeto de lei 931/19, do deputado Giovani Ratinho (PROS), que assegura a vacinação domiciliar para idosos, pessoas com dificuldade deficiência motora, multideficiência profunda, síndrome de Down, autismo ou transtorno de desenvolvimento grave que afeta a comunicação ou interação e doenças incapacitantes ou degenerativas. O texto retorna ao plenário para mais uma votação.

De acordo com o projeto, além do endereço residencial, essas pessoas poderão ser vacinadas em instituições públicas ou organizações não governamentais. A medida só será válida durante períodos de campanhas de vacinação e precisará ser regulamentada pelo Executivo.

 “A vacinação é um método preventivo eficaz para se evitarem diversas doenças. Porém, as difíceis situações enfrentadas pelas pessoas idosas e deficientes físicos têm dificultado ou impedido o acesso a esse serviço prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que segue o cronograma estabelecido pelo Ministério da Saúde”, afirmou Ratinho.

 

LEIA MAIS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Será aplicada a primeira dose em adolescentes a partir de 12 anos e em adultos a partir dos 18

Desde o início da campanha, 84% das doses recebidas pela prefeitura foram utilizadas em Friburgo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra