Profissionais de saúde da rede pública receberão atendimento psicológico

Foi pensando em "cuidar de quem cuida" que surgiu a ideia de oferecer uma escuta acolhedora e especializada, disse, em nota, a prefeitura de Friburgo
sábado, 23 de maio de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Foto: Henrique Pinheiro
Foto: Henrique Pinheiro

Com o avanço do coronavírus em Nova Friburgo – de acordo com o boletim divulgado na sexta-feira, 22, a cidade já tem 167 casos confirmados da doença (destes, 55 são profissionais da saúde) e outros 16 óbitos confirmados em decorrência da Covid-19 – os números mostram que, a exemplo do resto do mundo, as maiores vítimas do vírus são os profissionais da área de saúde, que trabalham na linha de frente no combate à doença.

Ciente disso, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Subsecretaria de Atenção Básica, que abrange também a Gerência de Saúde Mental, dará início ainda neste mês de maio, ao atendimento psicológico de profissionais da saúde da rede pública do município.

De acordo com a Prefeitura de Nova Friburgo, foi pensando em ‘cuidar de quem cuida’ que surgiu a ideia de oferecer uma escuta acolhedora e especializada, com o objetivo de promover a diminuição do estresse e da sobrecarga emocional que o momento de pandemia acarreta em todos os envolvidos diretamente no enfrentamento à Covid-19.

Com isso, os profissionais da saúde do SUS Nova Friburgo interessados em receber o atendimento psicológico pela Rede de Atenção Psicossocial do município poderão acessar o serviço através do e-mail psi.online.sus@gmail.com e aguardar o retorno da Gerência de Saúde Mental, que fornecerá o contato do psicólogo que fará o acompanhamento.

Toda a abordagem oferecida aos profissionais de saúde seguirá o que preconiza os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS); Médicos Sem Fronteiras; Organização Pan-Americana da Saúde (Opas); Ministério da Saúde; Fiocruz; Centro de Pesquisas e Estudos sobre Desastres (Cepedes) e Conselho Federal de Psicologia.

“O enfrentamento à Covid-19 é de muitos desafios para os profissionais de saúde e as pessoas que trabalham nas nossas unidades. Esses profissionais precisam conviver com a nova doença e, ao mesmo tempo, trazer conforto, atendimento e tratamento aos pacientes. Eles também necessitam de atenção e suporte para diminuir o estresse”, evidenciou o secretário municipal de Saúde, Marcelo Braune, que também é o vice-prefeito da cidade.

 

LEIA MAIS

Ao todo, 38,6% dos leitos de enfermaria no município estão ocupados (29 de 75), enquanto os leitos de UTI registram ocupação média de 54,8% (17 do total de 31)

Iniciativa cria centro de pesquisas voltado à indústria têxtil de Friburgo e prevê aprimoramento de respiradores

Comércio de rua pode abrir também neste sábado; bares e restaurantes podem lotar até 70% da capacidade e fechar às 22h

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra