Por 3 a 0, membros da CPI do Transporte aprovam parecer de relator

Conclusão foi que houve indícios de irregularidades e favorecimento ilícito na tentativa de contratação da Itapemirim
sexta-feira, 04 de fevereiro de 2022
por Jornal A Voz da Serra
A Câmara de Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
A Câmara de Nova Friburgo (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Por três votos a zero, os membros da CPI do Transporte da Câmara Municipal de Nova Friburgo aprovaram o parecer do relator, na manhã desta sexta, 4. Com isso, a documentação reunida ao longo dos 150 dias de trabalho segue para as autoridades competentes como TCE-RJ, MP Estadual e até órgãos próprios da Câmara de Nova Friburgo para a tomada das medidas cabíveis.

Em seu parecer, o relator, vereador Maicon Queiroz (PSC), afirmou que, mesmo se desejando resolver algum problema de grande apreensão e cuidado pela administração, a condução do processo se deu de forma irregular, suplantando as regras e princípios administrativos, e que não pode se afirmar se esses excessos tiveram ou não qualquer interesse que não fosse público. “Nós vimos vários indícios de irregularidades e favorecimento ilícito para que a empresa pudesse fornecer o serviço em Nova Friburgo”, disse  o parlamentar.

Após a leitura do voto do relator, foi a vez dos demais membros presentes, que concordaram integralmente com o parlamentar.

Ao final, a presidente da comissão, a vereadora Priscilla Pitta (Cidadania), em sátira aos que disseram que a CPI acabaria em pizza, convidou todos os presentes para comer uma pizza custeada pela própria comissão.

A CPI foi criada para investigar e apurar se houve irregularidades na tentativa da Prefeitura de Nova Friburgo de contratar o Grupo Itapemirim para assumir, por um ano, a concessão do transporte de passageiros por ônibus em Nova Friburgo.  A empresa acabou desistindo e a Faol assinou um novo contrato, emergencial.

 

LEIA MAIS

Prefeitura diz em nota que titular da Smomu, empossado desde o início da atual gestão, já seria exonerado por conta de insatisfações

Primeiro suplente pelo PSC de Cláudio Castro, ele vai ocupar vaga aberta pelo deputado Márcio Pacheco, eleito novo conselheiro do TCE

Entre as localidades contempladas estão o condomínio Terra Nova, Córrego Dantas, São Geraldo e o Centro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra