Definido o novo calendário dos mutirões de limpeza nos postes

Ação visa a evitar o perigo a que a população vem sendo submetida após recentes incêndios
sábado, 25 de junho de 2022
por Jornal A Voz da Serra
O incêndio no poste da Rua José Eugênio Muller, no início desta semana (Arquivo AVS)
O incêndio no poste da Rua José Eugênio Muller, no início desta semana (Arquivo AVS)

Na primeira quinzena deste mês, o presidente da Câmara Municipal de Nova Friburgo, vereador Wellington Moreira reuniu-se com representantes da concessionária de energia elétrica Energisa e de empresas de telecomunicações que operam no município para definir a aceleração dos mutirões para retirada dos fios de energia, telefonia e internet que estão inoperantes nos postes. A ação visa evitar o perigo que a população vem sendo submetida após recentes incêndios em pelo menos quatros postes espalhados pela cidade. 

O vereador Wellington Moreira, autor da chamada Lei dos Postes (4.699), lutou por um cronograma quinzenal depois dos incêndios em postes e as empresas apresentaram novas datas para os mutirões de limpeza do excesso de fios. Conforme acordado em reunião, a concessionária Energisa e as empresas de telecomunicação que ancoram cabos e fios nos postes de Nova Friburgo, apresentaram um novo cronograma quinzenal para a limpeza.

    Até o momento, as ruas do centro da cidade onde serão realizados os mutirões são a Sete de Setembro (lado direito e esquerdo); Praça Getúlio Vargas; Avenida Alberto Braune (lado direito e esquerdo); Moisés Amélio (lado direito e esquerdo) e Mac Niven. O cronograma está com as seguintes datas: 3 de julho, 17 de julho, 31 de julho, 21 de agosto, 4 de setembro, 18 de setembro, 2 de outubro, 16 de outubro, 30 de outubro, 6 de novembro, 27 de novembro e 11 de dezembro. 

Em agosto será realizado apenas um mutirão devido ao Dia dos Pais no segundo domingo daquele mês (dia 14), mas para compensar, serão três em outubro. Em dezembro, também haverá apenas um, devido aos feriados de Natal e Ano Novo.

 

LEIA MAIS

Bloqueio atmosférico vem impedindo a chegada de massas de ar polar, que ficam restritas ao Sul do Brasil

Não há previsão de chuva tão cedo: assim como o ar, a vegetação está extremamente seca

Do total, sobreviventes de incêndio participaram por fotos e 4 já têm interessados, mas faltam outros 19

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: fogo