Mensagem Espírita

Mensagem Espírita

Assuntos diversos sobre a fé espírita

19/10/2017

Maioridade

“O menor é abençoado pelo maior.” – Paulo. (Hebreus, 7:7.)

Em todas as atividades da vida, há quem alcance a maioridade natural entre os seus parentes, companheiros ou contemporâneos.

Há quem se faz maior na experiência física, no conhecimento, na virtude ou na competência.

De modo geral, contudo, aquele que se vê guindado a qualquer nível de superioridade costuma valer-se da situação para esquecer seu débito para com o espírito comum.

Leia mais
04/10/2017

União fraternal

“Procurando guardar a unidade do espírito pelo vínculo da paz.” – Paulo. (Efésios, 4:3.)

Leia mais
27/09/2017

Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros.” – Jesus. (João, 13:35.)

Desde a vitória de Constantino, que descerrou ao mundo cristão as portas da hegemonia política, temos ensaiado diversas experiências para demonstrar na Terra a nossa condição de discípulos de Jesus. Organizamos concílios célebres, formulando atrevidas conclusões acerca da natureza de Deus e da alma, do universo e da vida.

Incentivamos guerras arrasadoras que implantaram a miséria e o terror naqueles que não podiam crer pelo diapasão da nossa fé.

Leia mais
20/09/2017

“Por seus frutos os conhecereis.” – Jesus. (Mateus, 7:16.)

Nem pelo tamanho;

nem pela configuração;

nem pelas ramagens;

nem pela imponência da copa;

nem pelos rebentos verdes;

nem pelas pontas ressequidas;

nem pelo aspecto brilhante;

nem pela apresentação desagradável;

nem pela vetustez do tronco;

nem pela fragilidade das folhas;

nem pela casca rústica ou delicada;

nem pelas flores perfumadas ou inodoras;

nem pelo aroma atraente;

nem pelas emanações repulsivas.

Leia mais
13/09/2017

“Apascenta as minhas ovelhas.” – Jesus (João, 21:17)

Significativo é o apelo do Divino Pastor ao coração amoroso de Simão Pedro para que lhe continuasse o apostolado.

Observando na Humanidade o seu imenso rebanho, Jesus não recomenda medidas drásticas em favor da disciplina compulsória.

Nem gritos, nem xingamentos.

Nem cadeia, nem forca.

Nem chicote, nem vara.

Nem castigo, nem imposição.

Nem abandono aos infelizes, nem flagelação aos transviados.

Leia mais
06/09/2017

“Certamente cedo venho.” – (Apocalipse, 22:20.)

Quase sempre, enquanto a criatura humana respira na carne jovem, a atitude que lhe caracteriza o coração para com a vida é a de uma criança que desconhece o valor do tempo.

Dias e noites são curtos para a internação em alegrias e aventuras fantasiosas.            

Engodos mil da ilusão efêmera lhe obscurecem o olhar e as horas se esvaem num turbilhão de anseios inúteis.

Leia mais
30/08/2017

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.” – Paulo. (Filipenses, 2:5.)

Todos fazem alguma coisa na vida humana, mas raros não voltam à carne para desfazer quanto fizeram.

Ainda mesmo a criatura ociosa, que passou o tempo entre a inutilidade e a preguiça, é constrangida a tornar à luta, a fim de desintegrar a rede de inércia que teceu ao redor de si mesma.

Somente constrói, sem necessidade de reparação ou corrigenda, aquele que se inspira no padrão de Jesus para criar o bem.

Leia mais
23/08/2017

Meu amigo, no vasto caminho da Terra, cada criatura procura o alimento espiritual que lhe corresponde à posição evolutiva.

A abelha suga a flor, o abutre reclama despojos, o homem busca emoções. Mas ainda mesmo no terreno das emoções, cada espírito exige tipos especiais.

Há sofredores inveterados que outra coisa não demandam além do sofrimento, pessimistas que se enclausuram em nuvens negras, atendendo a propósito deliberado, durante séculos. Suprem a mente de torturas contínuas e não pretendem construir senão a piedade alheia, sob a qual se comprazem.

Leia mais
16/08/2017

“Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem.”  Paulo (Romanos, 12 :21)  Repara que, em plena casa da Natureza, todos os elementos, em face do  mal, oferecem o melhor que possuem para o reajustamento da harmonia e para a vitória do bem.

Quando o temporal parece haver destruído toda a paisagem, congregam­-se as forças divinas da vida para a obra do refazimento.

O Sol envia luz sobre o lamaçal, curando as chagas do chão.

O vento acaricia o arvoredo e enxuga-­lhe os ramos.

O cântico das aves substitui a voz do trovão.

Leia mais
09/08/2017

“E, na verdade, toda correção, no presente, não parece ser de gozo, senão de tristeza, mas, depois,  produz  um  fruto  pacífico de justiça nos exercitados por ela.”  Paulo (Hebreus, 12:11) 

A terra, sob a pressão do arado, rasga-­se e dilacera-­se, no entanto, a breve tempo, de suas leiras retificadas brotam flores e frutos deliciosos.

A árvore, em regime de poda, perde vastas reservas de seiva, desnutrindo-se e afeando-­se, todavia, em semanas rápidas, cobre-­se de nova robustez, habilitando-­se à beleza e à fartura.

Leia mais