Segundo dia de provas do Enem é neste domingo

Em Nova Friburgo, o total de inscritos chega a 5.026
sexta-feira, 22 de janeiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Segundo dia de provas do Enem é neste domingo

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referentes ao ano passado começaram a ser aplicadas no último domingo, 17, e continuam neste domingo, 24, quando serão aplicadas as provas de matemática, química, física e biologia, a partir das 13h. Os candidatos têm que estar nas salas de prova meia hora antes. No primeiro dia de aplicação, o exame teve uma abstenção recorde de 51,5% em todo o Brasil. Do total de 5.523.029 inscritos para a versão impressa do Enem, 2.842.332 faltaram às provas. Nesta edição, o Enem conta com uma versão impressa e uma digital, que será realizada de forma piloto para 96 mil candidatos, nos próximos dias 31 e 7 de fevereiro.

No Estado do Rio de Janeiro, o total é de 380.691 inscritos. Só em Nova Friburgo são 5.026 estudantes que tentam o acesso à uma universidade este ano através do Enem. As medidas de segurança, adotadas em relação à pandemia do coronavírus, serão as mesmas tanto no Enem impresso quanto no digital. Haverá, por exemplo, um número reduzido de estudantes por sala, para garantir o distanciamento entre os participantes. Durante todo o tempo de realização da prova, os candidatos estarão obrigados a usar máscaras de proteção da forma correta, tapando o nariz e a boca, sob pena de serem eliminados do exame. Além disso, o álcool em gel estará disponível em todos os locais de aplicação.

Os candidatos que tiverem sintomas de Covid-19 e de outras doenças infectocontagiosas não devem comparecer aos locais de prova. Devem comunicar a necessidade de ausência ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) pela internet na Página do Participante. Esses candidatos terão direito à reaplicação das provas nos dias 23 e 24 de fevereiro. 

Acessibilidade

Leitor de tela, redação em braile e correção especial das provas de participantes autistas e surdocegos são algumas das novidades do Enem 2020 em termos de acessibilidade. As medidas somam-se a outras que vêm sendo adotadas pelo exame ao longo do anos, como videoprova em Língua brasileira de Sinais (Libras) e provas com textos e imagens ampliados. 

Ao todo, segundo o Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), cerca de 47 mil participantes com alguma deficiência ou transtorno fizeram a inscrição no Enem 2020 e solicitaram atendimento especializado. Antes do leitor de tela, a opção para esses estudantes era contar com o auxílio para leitura, opção que continua disponível para os candidatos que assim solicitaram. A leitura é feita por profissionais capacitados para ler textos e para descrever imagens. Outro recurso novo é a redação escrita e corrigida no Sistema Braile. A alternativa, que também permanece disponível, é que o participante dite a redação em voz alta para que seja transcrita em papel por um profissional capacitado.

Outra mudança nesta edição é que participantes autistas e surdocegos terão banca especial para correção de suas provas. De acordo com o Inep, o exame recebeu a inscrição de 1.676 candidatos que solicitaram atendimento especializado por autismo e de 134, por surdocegueira. 

Novidades em termos de acessibilidade

• Atendimentos específicos agora fazem parte do atendimento especializado;

• Participantes com cegueira, surdocegueira, baixa visão ou visão monocular poderão solicitar recurso para uso de leitor de tela;

• Três guias-intérpretes farão atendimento ao participante surdocego;

• Tempo adicional de 60 minutos para participantes lactantes que solicitarem atendimento especializado no sistema de inscrição, desde que comprovem a necessidade, conforme previsto em edital, e levem o lactente e o acompanhante no dia da aplicação;

• Participantes com doenças infectocontagiosas deverão entrar em contato com o Inep para comprovação de sua condição e não deverão comparecer ao local de provas. Poderão realizar a prova na reaplicação;

• Participantes autistas e surdocegos terão banca especial para correção de suas provas. 

• O participante que escrever sua redação em braile terá suas provas corrigidas no Sistema Braile.

• O participante transexual/travesti que não solicitou ou teve sua solicitação pelo nome social indeferida poderá escolher o banheiro que deseja utilizar no dia da aplicação.

 

LEIA MAIS

No Applique-se, professores e alunos poderão acessar materiais didáticos e aulas em vídeo navegando gratuitamente

Inscrições podem ser feitas de 6 a 9 de abril pelo site do programa

Uma comissão de avaliação fiscaliza as escolas municipais

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Educação