RJ-116 recebeu 6% a menos de veículos que o esperado no período de “carnaval”

Expectativa era de que 150 mil veículos passassem a rodovia no período, no entanto, apenas 141 mil foram contabilizados pela concessionária
quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
A RJ-116 na serra (Arquivo AVS)
A RJ-116 na serra (Arquivo AVS)

Um total de 141 mil veículos passaram pela rodovia RJ-116 (Itaboraí – Nova Friburgo – Macuco) durante o período de sexta-feira, 14, véspera do feriado de carnaval, até ao meio dia da última quarta-feira, 17. O número ficou 6% abaixo do previsto pela concessionária Rota 116, que administra a rodovia, que era de 150 mil veículos.

Ainda de acordo com a concessionária, neste mesmo período ocorreram 18 acidentes, sendo que seis deles com vítimas. No total, durante esse feriado foram registrados 11 vítimas de acidentes ao longo de toda a RJ-116. O mais grave ocorreu na terça-feira, 16, no Km 7, em Sambaetiba, no qual um veículo saiu da pista e bateu contra um muro. Quatro pessoas foram removidas de ambulância para o hospital. Não há informações sobre o estado de saúde delas.

Melhorias na RJ-116

Ainda de acordo com comunicado divulgado pela concessionária Rota 116, nesta quinta-feira, 18, equipes da concessionária Rota 116 atuam na Serra dos Três Picos, na altura do Km 54 e 60, fazendo obras de contenção de encosta e de manutenção nas redes de drenagem e dos trechos de contenção. Já entra o Km 90 e 95, entre Nova Friburgo e Bom Jardim, há operários fazendo a poda preventiva de galhos de árvores e retirada de vegetação do acostamento.

Por fim, a concessionária informa ainda que a expectativa é de que até março seja concluída a recuperação de um muro de contenção na altura do Km 41, no perímetro urbano de Cachoeiras de Macacu. Além disso, continuam as obras de remodelação do Trevo de acesso ao município de Cordeiro, na altura do Km 123, com obras de implantação de rede de drenagem.

 

LEIA MAIS

Entre as alterações mais importantes para os condutores estão o aumento do prazo de validade da carteira nacional habilitação que passou de cinco para dez anos

Sistema funcionará de segunda a sexta-feira durante dez dias

Suspensão da carteira de habilitação por pontos, por exemplo, agora só ocorrerá em caso de infrações gravíssimas

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | Turismo