Retomada do turismo: viaje com segurança para destinos curtos

Confira algumas opções para aproveitar o inverno em Friburgo e programe-se para desfrutar a estação mais charmosa do ano
quarta-feira, 29 de julho de 2020
por Thiago Lima (thiago@avozdaserra.com.br)
O teleférico da Praça do Suspiro (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)
O teleférico da Praça do Suspiro (Arquivo AVS/ Henrique Pinheiro)

Com a flexibilização adotada em vários municípios fluminenses, a retomada das viagens já está ocorrendo gradualmente, e os turistas têm optado, neste primeiro momento por destinos mais curtos, de carro e perto de casa. Os turistas que desejarem fazer uma viagem rápida para relaxar no próximo fim de semana, Nova Friburgo, que fica a pouco menos de três horas da capital, é uma boa opção. O município encontra-se em bandeira laranja e nessa época do ano, além de seu charme e belezas naturais, o gostoso clima ameno contribui para curtir a estadia com uma boa taça de vinho e bons restaurantes. Segundo o Climatempo, a previsão para este fim de semana (dias 1º e 2 de agosto) é com mínima de 9 graus e máxima de 20 graus.

Os viajantes poderão desfrutar, por exemplo, do nosso concorrido polo gastronômico; as deliciosas cervejas artesanais produzidas por aqui; visitar a tradicional  Praça do Suspiro, comprar deliciosos doces e compotas, tirar fotos da charmosa capela de Santo Antônio, dar um passeio no teleférico e ter uma bela visão panorâmica da cidade; fazer comprinhas de peças íntimas em Olaria ou na Ponte da Saudade; conhecer as belezas naturais da cidade, como o Cão Sentado, ou até mesmo fazer trilhas na pedra do Imperador, Chapéu da Bruxa, entre outras. Todas essas opções estão liberadas por decreto municipal, desde que sejam mantidas as medidas restritivas, evitando-se aglomerações   

Outro atrativo do circuito turístico local é a Queijaria e Chocolataria Suíça, na  RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), altura de Conquista. O espaço é o endereço certo para desfrutar de belas paisagens, saborear deliciosos chocolates artesanais e queijos produzidos com leite de vaca e cabra. O visitante, se quiser, também pode aproveitar e dar uma esticadinha em Lumiar, que fica apenas uns 30 minutos de carro do centro de Friburgo. Com suas incríveis cachoeiras, a Praça Carlos Marchon com restaurantes, bares e moradores locais vendendo artesanatos é outra boa pedida. Há opções de hospedagem com conforto e um ótimo custo-benefício.  

Viagens planejadas

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) disponibilizou no site Turismo Consciente, uma seção com dicas de viagem. A ideia é facilitar o planejamento dos passeios ao interior fluminense neste início da retomada gradual das atividades do segmento uma vez que, por conta da pandemia da Covid-19, há diferentes protocolos e decretos referentes à flexibilização, publicados por cada município.

Na aba, o público tem acesso aos status dos meios de hospedagens, bares e restaurantes, praias, parques, experiências turísticas, comércio em geral e sobre barreiras sanitárias para acesso às cidades ou a necessidade de comprovação de reserva. 

O portal onde está alocada a seção de informes dos decretos municipais, www.turismoconscienterj.com.br, permite ao público verificar nas cidades quais prestadores de serviços turísticos se comprometeram a cumprir os Dez Mandamentos do Turismo Consciente que minimiza o contágio da Covid-19. Por conta dessa autodeclaração, esses profissionais e estabelecimentos receberam o Selo Rio de Janeiro Turismo Consciente.

 

 

LEIA MAIS

Restrições ficam ainda mais brandas, possibilitando o funcionamento de diversos setores em horário estendido

Prefeitura não divulga dados que embasaram a aferição da bandeira da próxima semana

Proximidade da capital torna Friburgo um dos destinos mais prováveis para visitação

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra