Lutador friburguense conquista duas medalhas no Sul-Brasileiro de jiu-jítsu

Kleiton Teixeira foi campeão no evento sem kimono e ficou em segundo lugar na categoria com kimono
terça-feira, 04 de fevereiro de 2020
por Thiago Lima*
Lutador friburguense conquista duas medalhas no Sul-Brasileiro de jiu-jítsu

O lutador friburguense de jiu-jitsu Kleiton Teixeira, de 31 anos, participou no último fim de semana do campeonato Sul-Brasileiro de Jiu-Jitsu, no município catarinense de São José, na Grande Florianópolis, e teve um ótimo resultado. Ele trouxe na bagagem duas medalhas, uma de primeiro lugar na categoria sem kimono e outra de segundo lugar na categoria com kimono. 

Kleiton relatou seu cotidiano e as dificuldades que passa para participar dos campeonatos. “Eu vim de ônibus para esse campeonato, saindo quinta-feira à noite do Rio e indo para São Paulo, esperar o ônibus para Florianópolis que saía na sexta-feira à noite”, relatou o lutador. 

Sobre a disputa, Kleiton disse que a final da luta com kimono foi decidida em detalhes com questões de estratégia, mesmo assim, gostou do seu próprio rendimento e resultado. “Fui para dentro da luta o tempo todo e não fiquei amarrando o jogo. Agora é voltar, corrigir, treinar e voltar ainda mais forte para a próxima luta, no dia 16. Na semifinal consegui impor meu jogo, finalizando a luta com um estrangulamento de lapela”, complementou o lutador, feliz com seu desempenho. 

No próximo dia 16, o friburguense vai competir o aberto da FJJRio, a principal confederação de Jiu-Jitsu do Rio de Janeiro, que será realizado no Clube Municipal, na Tijuca, Zona Norte do Rio.  

* Estagiário sob a supervisão de Henrique Amorim

LEIA MAIS

“Se Deus quiser, vou retornar a Friburgo com o cinturão”, disse o lutador de UFC

Confraternização beneficente promovida por lutador friburguense também captou cerca de 400 brinquedos, que foram doados à Apae

Lutador está de volta à terra natal após a vitória contra José Aldo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 74 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: UFC