Homem espanca mulher em Olaria: dentes quebrados e pontos na cabeça

Segundo disse irmã da vítima ao G1, agressor não aceitava o fim do relacionamento
segunda-feira, 24 de janeiro de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Reprodução G1
Reprodução G1

Uma mulher de 42 anos teve os dentes quebrados e precisou levar pontos na cabeça após ser espancada pelo ex-companheiro na noite de sábado, 22, em Olaria. 

Segundo o portal de notícias G1, câmeras de segurança registraram o momento em que a vítima saiu com o carro, que estava estacionado, e o agressor parando um outro veículo mais à frente. Em seguida, o agressor desceu do carro e começou a golpear o parabrisa do carro da mulher. A vítima deu a marcha à ré, mas o agressor conseguiu tirá-la de dentro do carro. Ela caiu no chão, se levantou e tentou correr. O homem correu atrás dela e, quando a alcançou, iniciou as agressões. O homem levou a vítima para trás de um caminhão e as câmeras não registraram o que se sucedeu.  Depois, o homem apareceu correndo, fugindo do local.

Segundo a irmã da vítima, o objeto usado pelo agressor para bater no vidro do carro e agredir a mulher foi uma arma de fogo. De acordo com ela, agressor não aceitava o fim do relacionamento. A vítima e o homem têm um filho de 18 anos.

O caso foi registrado na 151º DP.  A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Raul Sertã.

De acordo com a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo, as investigações estão em andamento. O homem ainda não foi preso e está sendo procurado.

 

LEIA MAIS

“Fica quietinha, senão eu te mato!”, disse ele a mulher assediada e jogada no chão

Segundo a 151ª DP, que prendeu acusado em flagrante, seguidores pagavam para ver vítima ser humilhada

Condenado cometeu crime em 2018, após negociar venda de veículo em Riograndina

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime