Friburgo ganha mais duas estações de dados meteorológicos do Cemaden

Equipamentos transmitem informações sobre chuva em tempo real e permitirão alertas de risco de desastres naturais
terça-feira, 10 de maio de 2022
por Jornal A Voz da Serra
Os novos equipamentos, no Bairro Suíço e em Córrego Dantas (Foto: PMNF)
Os novos equipamentos, no Bairro Suíço e em Córrego Dantas (Foto: PMNF)

Nova Friburgo ganhou mais duas Plataformas Coletoras de Dados Meteorológicos, com pluviômetro e sensor de dados, uma no alto  do Bairro Suíço e outra em Córrego Dantas. Os equipamentos do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) foram instalados nesta segunda-feira, 9.

Os equipamentos foram doados à Secretaria Municipal de Defesa Civil  pelo governo federal através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O Cemaden auxilia as defesas civis do Brasil na prevenção dos deslizamentos de terra por meio de pluviômetros que medem a quantidade de chuva e de sensores de umidade dos solos que medem a quantidade de água no solo, instalados a três metros de profundidade. Esss equipamentos estão integrados a uma Plataforma de Coleta de dados conhecida com PCD Geotécnica. Estes dados são transmitidos, em tempo real, para a Sala de Situação do Cemaden e da Defesa Civil, permitindo a emissão de alertas de risco de desastres naturais. 

Nova Friburgo recebeu a rede de PCDs Geotécnicas para a prevenção de deslizamentos, pois o município tem histórico de desastres, o que exige um monitoramento intensivo.

Com as novas plataformas, a cidade conta agora com cinco desses equipamentos, que irão auxiliar a Defesa Civil na avaliação das condições meteorológicas e geotécnicas, ampliando os recursos de monitoramento de chuvas intensas, aumentando as chances e tempo de resposta para reduzir o risco de mortes e proteção das comunidades.

Os bairros Jardim Califórnia, Prainha e Parada Folly já contam com essas plataformas de monitoramento 24h do Cemaden. Todas as localidades beneficiadas com os sensores têm alta densidade populacional, histórico de deslizamentos e local apropriado para instalação.

LEIA MAIS

Sudoeste deve começar a soprar na tarde de sábado, que ainda poderá ser de sol e quente

Estação este ano deverá ser marcada por ondas de frio; a próxima será na virada do mês

Climatempo prevê outras duas ondas geladas ainda em julho e pelo menos uma em agosto

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 77 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima