Firjan lança projeto que oferece orientações com foco em micro e pequenas empresas

Segmento foi responsável pela recuperação de 90% dos empregos industriais fluminenses perdidos durante a pandemia
quinta-feira, 07 de outubro de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Firjan lança projeto que oferece orientações com foco em micro e pequenas empresas

A Firjan lançou nesta terça-feira, 5, o Projeto Firjan da Pequena Empresa, que oferece de forma concentrada orientações e serviços com foco no segmento. O projeto foi apresentado para empresários em evento que comemorou o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa e contou com a participação de Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, presidente da Firjan, e de Luiza Helena Trajano, presidente do Conselho do Magazine Luiza e do Grupo Mulheres do Brasil.

Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira destacou que foi estruturado o Grupo de Trabalho da Pequena Empresa, para debater as dificuldades cotidianas das micro e pequenas empresas. 

“Esse grupo de trabalho realizou detalhado e profundo benchmark com outras organizações no Brasil e no exterior. Além disso, contou plenamente com o quadro técnico de excelência da Firjan e renomados técnicos externos convidados para esse esforço”, disse Eduardo Eugenio ao apresentar o projeto.

Luiza Helena Trajano falou sobre a relevância da inovação. “O digital é uma realidade. A loja física não vai acabar, mas é preciso inovar”. Ela também ressaltou a necessidade de atenção no atendimento ao cliente e de se ter uma equipe que entenda que está contribuindo para a realização de sonhos e para a geração de empregos. Ao ser abordada sobre a influência das mulheres nos negócios, destacou a importância da participação feminina no Magazine Luiza.

No encontro, os empresários puderam conhecer os três pilares do Projeto Firjan da Pequena Empresa: Portal Firjan das Pequenas Empresas, Núcleo de Atendimento às Pequenas Empresas e parcerias para apoiar o crescimento dos negócios. No portal, que será lançado nos próximos dias, serão oferecidas informações e serviços em diversas áreas, como de economia, inovação, tributária e ESG.

Já o núcleo contará com técnicos especializados para a busca diária de informações e oportunidades de desenvolvimento para as empresas do segmento. Através do núcleo, os empresários terão atendimento especializado, orientado para a solução de problemas e acesso a serviços.

No terceiro pilar, relacionado a parcerias, a ideia é que seja desenvolvido o “Ecossistema PEQ”, com o fechamento de parcerias com instituições que podem contribuir com o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. Durante o evento foi anunciada parceria que está sendo firmada entre a Firjan e a American Chamber of Commerce.

No Brasil, 90% das empresas são de micro e pequeno portes

Também mereceu destaque no evento, a importância das micro e pequenas empresas para a economia do país. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no Brasil, 90% das empresas são de micro e pequeno portes, que representam 30% do Produto Interno Bruto (PIB) total e 20% do PIB industrial. No mercado de trabalho, 50% das vagas estão relacionadas às micro e pequenas empresas.

“Se as pequenas empresas brasileiras formassem um país independente, sabe que tamanho de PIB esse país das pequenas teria? Um PIB igual ao da Argentina. Sabe quantas pessoas empregadas teria esse país? Seria igual a toda população da Argentina, 43 milhões de pessoas”, citou como exemplo o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio.

Na indústria do estado do Rio, 97% das empresas são micro e pequenas, responsáveis por 38% dos postos de trabalho fluminenses desse setor. Levantamento feito pela Firjan aponta que esse segmento foi responsável pela recuperação de 90% dos empregos industriais do estado perdidos durante a pandemia.

 

LEIA MAIS

Estado reúne mais de 3.600 empresas que empregam 90 mil trabalhadores. Só Friburgo e municípios vizinhos concentram 11% do total

Benefício de ICMS começa a valer em 1º de dezembro e se estende até 31 de dezembro de 2022

Projeto beneficia 17 setores da economia e segue para análise do Senado

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: negócios