Estado vai construir mais de mil moradias para vítimas da tragédia de 2011

Apartamentos serão entregues em Teresópolis, Petrópolis, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto
sexta-feira, 23 de julho de 2021
por Jornal A Voz da Serra
A tragédia em Nova Friburgo (Arquivo AVS)
A tragédia em Nova Friburgo (Arquivo AVS)

O governo do estado vai construir 1.088 unidades habitacionais para vítimas da tragédia da catástrofe climática que atingiu a Região Serrana em janeiro de 2011. Ao todo, serão construídos 500 apartamentos em Teresópolis, 340 em Petrópolis, 128 em Sumidouro e 120 em São José do Vale do Rio Preto, totalizando um investimento de cerca de R$ 350 milhões, que serão financiados pela Secretaria de Infraestrutura e Obras.

"Renovamos nosso compromisso com as famílias no início do ano, durante o Governo Presente. Além disso, na região, estamos trabalhando também nas obras de contenção de encostas.  Iremos lançar, em até dois meses, o maior programa habitacional da história do estado do Rio", disse o governador Cláudio Castro.

Na quinta-feira, 22, o secretário estadual de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, se reuniu para discutir o projeto com o presidente da Cehab, Ângelo Monteiro Pinto, o subsecretário de Estado das Cidades, Bernardo Rossi, o subsecretário de Habitação, Allan Borges, e a coordenadora Especial de Articulação Institucional de Petrópolis, Fernanda Ferreira, que representou o prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes. "A expectativa é que o projeto com as novas moradias, que serão padronizadas, fique pronto em pouco mais de um mês", explicou o secretário.

LEIA MAIS

Ginecologista e obstetra Danielle Cervinho assume o cargo. Cassane pede demissão do Raul Sertã

Urna ficará na unidade de saúde por 90 dias. Informações levantadas vão subsidiar a realização de futura auditoria

Objetivo de Marcinho Alves foi estreitar laços, ouvir demandas e apresentar propostas como relatórios frequentes das realizações de cada pasta

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: obra | Governo