Edição especial do Desafio Route destina ajuda ao Laje

Evento virtual e solidário encerra o adaptado calendário do ciclismo municipal
terça-feira, 01 de dezembro de 2020
por Vinicius Gastin
 Prova poderá ser feita e ter os resultados entregues até o final deste ano
Prova poderá ser feita e ter os resultados entregues até o final deste ano

Sem a possibilidade de voltar as pistas através dos grandes eventos, os apaixonados por ciclismo em Nova Friburgo desenvolveram uma forma de praticar a modalidade e ainda contribuir com uma importante instituição do município. Acostumada a promover competições do porte do Montanha Cup, a Montanha Sports realiza o Desafio Route 2020 - Edição Especial Solidária Virtual. De acordo com os organizadores, o valor das inscrições (feitas em www.montanhasports.com.br) será revertido em prol do Lar Abrigo Amor a Jesus.

A prova é promocional, realizada em duplas, com comprovação virtual através do aplicativo Strava, sendo o link enviado para o email info@montanhasports.com.br. A data limite para a conclusão do desafio é o próximo dia 31. O horário de largada é livre, a ser escolhido por cada dupla, que vai encarar a modalidade maratona.

Segundo determinado pelo regulamento, a dupla deverá sair no mesmo horário e chegar com, no máximo, dois minutos de diferença de tempo no final do percurso. Os dois participantes devem enviar suas atividades para checagem pela organização, além de uma selfie da dupla no percurso de, no mínimo, 60 quilômetros. Somente serão válidos os trajetos feitos no Estado do Rio.

“Por se tratar de uma edição especial solidária, a prova poderá ser feita com bike MTB, Road ou Gravel”, alertam os organizadores. A duplas podem ser masculina, feminina ou mista, com idade mínima de 14 anos completados até o final deste ano. Menores de 18 anos deverão enviar para o email info@montanhasports.com.br, obrigatoriamente, uma declaração preenchida e assinada pelo seu respectivo responsável, que vale como a sua autorização para participar no evento.

Não haverá classificação oficial da organização, mas os participantes poderão acessar os diversos tempos dos segmentos do Strava já existentes ou criar novos a seu critério, como forma de desafios particulares entre os ciclistas.

Os resultados finais serão divulgados até 10 de janeiro de 2021, através de listagem em ordem alfabética, com as duplas que tiverem completado o desafio. Todos os participantes que completarem a prova ganham medalhas, a serem retiradas por cada dupla, a partir de 15 de janeiro, em lojas conveniadas.

Em 2021...

A edição virtual e solidária é uma prévia do que poderá acontecer em 2021, quando existe a esperança pela chegada da vacina para combate ao coronavírus e o início da normalização da rotina nos mais variados aspectos. Neste contexto, o universo do ciclismo já se movimenta, e pelo menos três grandes provas já possuem uma data fixada no calendário de 2021.

Conforme divulgado pela Montanha Sports, responsável pela organização das competições, a 15ª edição do Montanha Cup está prevista para acontecer no dia 11 de abril. A prova é uma das mais tradicionais do Brasil, e vai ter o aditivo de carregar o status de Campeonato Estadual XCM. Pelo menos duas opções de percursos estavam programadas: o A, com distância total de 64,3 quilômetros e o B, com 40,2 quilômetros.

O evento é dividido em diversas categorias, oficiais de acordo com a Confederação Brasileira de Ciclismo, desde a Elite até a Sport, e contempla participantes a partir dos 15 anos. O Montanha Cup conta com uma mega estrutura, e todo o percurso é coberto pelos organizadores, que cuidam dos casos de emergência e de resgate. Ambulâncias são posicionadas em pontos estratégicos, e toda a sinalização é feita na véspera, com orientações para direcionar o percurso.

Outro atrativo é a premiação, incluindo medalhas para todos que completarem a prova, troféus para os cinco primeiros colocados de cada uma das categorias e valores em dinheiro para os principais vencedores.

Seguindo o planejamento, a competição seguinte será o GP das Montanhas, programado para o dia 6 de junho, integrando o Campeonato Estadual de Montanha. A largada geralmente acontece na altura de uma quilometragem específica da RJ-116, por onde o percurso é desenvolvido. A chegada, em Theodoro de Oliveira, completa a distância aproximada de 21 quilômetros, desde a base até o topo da serra de Nova Friburgo, com duração máxima de cinco horas.

O terceiro grande evento do ciclismo friburguense é o já tradicional “Route MTB Fribourg”, prova integrante do calendário oficial de comemorações da Festa Suíça em Nova Friburgo. Em 2021, a data escolhida é 15 de agosto, quando os ciclistas terão a oportunidade de percorrer algumas trilhas históricas percorridas pelos colonos suíços até o município.

Celebrando os pioneiros das bikes na cidade, a prova geralmente conta com a largada na Queijaria Suíça, na RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), altura de Conquista, e oferece pelo menos quatro categorias de mountain bike Maratona XCM. O percurso costuma contemplar algo em torno de 60 quilômetros – com direito a túneis -, passando por Dona Mariana, em Sumidouro, e retornando à Queijaria Escola.

A Route MTB Fribourg traz como inspiração os colonizadores, e dentre outros, possui como objetivo incentivar o uso das bicicletas, presente no município desde o final do século 19.  O evento é patrocinado pelo Consulado e pela Colônia Suíça.

LEIA MAIS

Pistas da RJ-116 vão receber as bicicletas dos competidores em mais uma edição do evento

Inscrições estão abertas para prova, que vai marcar o retorno dos eventos de ciclismo na cidade

Maior movimento de bicicletas traz à tona a falta de segurança nas estradas e ruas dos distritos

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: ciclismo