CNSD realiza I Festival Estudantil Curta em Família

Evento online será realizado através das redes sociais do colégio
segunda-feira, 22 de junho de 2020
por Jornal A Voz da Serra
CNSD realiza I Festival Estudantil Curta em Família

Foi lançado esta semana o projeto do Festival Estudantil Curta em Família - I Fecef - do Colégio Nossa Senhora das Dores (CNSD) com abertura de inscrições a partir desta quinta-feira, 25, e encerramento em 5 de julho. O I Festival será regido por regulamento e cumprimento de cinco etapas. Os resultados dos vencedores serão anunciados no dia 14 de julho. Segundo a diretora da escola, Jean Beatriz Wermelinger, a suspensão das aulas devido à Covid-19, exigiu esforços e providências para que toda a comunidade escolar – direção, professores, funcionários, alunos, famílias – pudesse se adaptar ao novo contexto, capaz de atender aos alunos em suas casas, em caráter de excepcionalidade e temporalidade.

“Somos uma escola na qual a arte, em suas múltiplas manifestações, é entendida e praticada como instrumento capaz de colaborar no processo de humanização dos alunos enquanto pessoas criativas, sensíveis, responsáveis, amorosas, e capazes de refletir sobre seus valores e crenças, com ética e respeito pelo diferente. O desenvolvimento da sensibilidade estética permeia o cotidiano de nossa escola. Muitos são os frutos dessa valorização da arte”, ressaltou.

Um desses frutos é o festival criado dentro do colégio, para promover arte e cultura durante o período de isolamento social. Seu objetivo primordial é “possibilitar a criação de um projeto em família, para estimular a criança e o jovem na descoberta de suas potencialidades. Elaborar roteiro, criar cenas, cenário, figurino, personagens, pode ser uma maneira de estimular o gosto pela arte e pela cultura, mesmo impossibilitados de irem fisicamente ao encontro delas. Esta iniciativa pretende ajudar o convívio diário, a quebra de rotina familiar, as relações de afeto entre pais e irmãos”.

Por tudo isso, a direção do CNSD acredita nesta ideia e, mais uma vez, vai além, permitindo aos jovens de diferentes escolas da cidade se envolverem com suas famílias na realização de um trabalho em equipe. Para se inscrever no Festival Curta em Família, cujo tema é livre, os candidatos devem obedecer um regulamento (veja resumo no box abaixo). 

Do projeto constam as seguintes etapas: criação e elaboração do projeto; lançamento do projeto e divulgação nas redes sociais do colégio, na TV Zoom e em A VOZ DA SERRA; inscrição dos Curtas em Família; seleção dos vídeos por júri especializado; e divulgação e premiação dos vídeos selecionados em 1º, 2º e 3º lugares.

Resumo do regulamento

A realização do festival será on-line, através das redes sociais do colégio. Poderão inscrever-se estudantes de escolas públicas ou privadas de Nova Friburgo e região (Bom Jardim, Cordeiro etc.) que estejam devidamente matriculados em suas instituições de ensino, a partir do primeiro segmento do ensino fundamental até o ensino médio.     

As datas de envio da inscrição deverão ser respeitadas, não sendo aceitas inscrições antes ou depois do período determinado pela comissão organizadora: de 25 de junho até 5 de julho. As inscrições deverão ser encaminhadas somente através do e-mail curtaemfamilia@cnsdfri.com.br e os vídeos deverão ser enviados somente em forma de link aberto no YouTube, diretamente no corpo do e-mail, com anexos de ficha de inscrição (totalmente preenchida) e autorização de imagem assinada. O modelo consta na inscrição. 

O curta não poderá ter menos de três minutos de duração e não poderá ultrapassar cinco minutos. Curtas com menos ou mais tempo serão desclassificados automaticamente. Para inscrever-se e participar da avaliação pela comissão, o estudante deverá enviar todos os documentos juntos, em um mesmo e-mail para curtaemfamilia@cnsdfri.com.br

O júri do festival será composto por cinco profissionais ligados a atividade artística e audiovisual de reconhecida competência no mercado friburguense e brasileiro, do cinema, teatro e TV. O roteiro deverá ser feito unicamente pelo estudante, que escolherá se será ator ou diretor em seu filme (na segunda opção, ele será o responsável pela filmagem). 

As outras demandas para execução e conclusão do curta podem contar com a participação de outras pessoas devidamente identificadas na inscrição ou nos créditos ao final do filme. Todos os filmes devem estar na forma horizontal e caso seja feito pelo telefone, atenção para o posicionamento na hora das filmagens. Poderão ser coloridos ou PB (preto e branco), com ou sem falas. Para o caso de sonoplastia ou trilha sonora, o colégio não se responsabiliza por direitos autorais. Os curtas que tenham necessidade de música, optar por músicas com liberação dos direitos para utilização.

    É de responsabilidade do estudante criar um trabalho de autoria própria, não copiando ideias ou curtas já existentes. O único local aceito como espaço de filmagem é o residencial (área interna ou externa), devido à pandemia mundial. A proposta é um curta em família. Portanto, não serão aceitos filmes com pessoas que não fazem parte do núcleo familiar do aluno.

Premiação

Os curtas vencedores (1º, 2º e 3º), receberão os seguintes prêmios: vale compras do apoiador (Casa Friburgo) nos valores de R$ 300 (1º lugar), R$ 200 (2º lugar) e R$ 100 (3º lugar); além de entrevista para a TV Zoom; e exibição do filme na TV local aberta, redes sociais da escola e certificado de premiação. 

 

LEIA MAIS

Festival terá este ano versões online e presencial, obedecendo a todos os protocolos de prevenção sanitária

Evento teve edição apenas virtual devido à pandemia

Transmissão, às 18h, será pelo Instagram da Globo Filmes

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Cinema