Bandeira volta a ser vermelha, com mudanças nas regras de flexibilização

Por novo decreto, restaurantes fecham mais cedo, às 20h, e bares só poderão funcionar com delivery
sábado, 27 de fevereiro de 2021
por Guilherme Alt (guilherme@avozdaserra.com.br)
Friburguenses de máscara nas ruas (Foto: Henrique Pinheiro)
Friburguenses de máscara nas ruas (Foto: Henrique Pinheiro)

Nova Friburgo vai entrar no mês de março em bandeira vermelha. A partir desta segunda-feira, 1, até o próximo domingo, 7, o município ficará sob “risco alto” de contágio pelo coronavírus. No final da tarde desta sexta-feira, 26, o município publicou um novo decreto, através do Diário Oficial Eletrônico.

O que pode funcionar na nova bandeira vermelha:

- Indústrias: funcionarão com capacidade de até 50% dos funcionários;

- Comércio e serviços: autorizados das 9h às 20h, de segunda a sábado;

- Bares e congêneres: funcionarão somente na modalidade delivery

- Restaurantes, lanchonetes e praças de alimentação de shoppings: autorizado com 30% da capacidade, das 7h às 20h;

- Barbearias e salões de beleza: poderão funcionar por meio de agendamentos. Não será permitida a espera dentro do estabelecimento;

- Hotéis e pousadas: funcionarão com lotação máxima de 60% dos hóspedes;

- Clubes sociais: funcionarão com lotação máxima de 30%

- Turismo e parques: fechados

- Instituições religiosas: liberados para funcionar com até 40% da capacidade;

- Academias: funcionarão com 40% da capacidade;

- Shoppings: poderão manter suas atividades no horário compreendido entre 10 horas e 22 horas.

- Ambulantes: Fica autorizado, em caráter excepcional, o exercício das atividades, os quais estejam devidamente cadastrados perante o poder público municipal, no horário compreendido de 07 horas às 22 horas, sendo vedado após o horário limite o consumo no local e/ou nas proximidades dos estabelecimentos, ficando autorizado, no entanto, o funcionamento nas modalidades delivery e retirada do produto embalado.

- Transporte coletivo: Nos horários compreendidos entre 6h às 10 h da manhã e entre 17h às 20h, a circulação do transporte coletivo público municipal deverá ser executada na integralidade de veículos, horários e itinerários.  Nos demais horários a frota de veículos ficará restrita a 30% (trinta por cento) por itinerário quando nas bandeiras vermelha e roxa;

- Autoescolas: fica autorizado o funcionamento devendo obedecer, obrigatoriamente, o seguinte regramento: As salas terão capacidade reduzida em 50% e os alunos só poderão assistir a uma aula teórica por dia;

- Cursos Livres: fica autorizado o funcionamento exceto na bandeira roxa, devendo obedecer, obrigatoriamente, o seguinte regramento: as salas terão capacidade reduzida em 50%;

- Ensino Superior: Fica autorizada a retomada de atividades presenciais em laboratórios de prática profissional das instituições de ensino superior e de formação técnico profissionalizante no Município, tanto públicas quanto privadas, exceto na bandeira roxa, para alunos que dependam das mesmas para a aquisição dos créditos necessários à progressão ou finalização do curso. Os laboratórios terão sua capacidade reduzida em 50%, devendo o ambiente ser permanentemente higienizado, ficando vedado o compartilhamento de materiais de uso pessoal;

- Fica autorizado, exceto nas Bandeiras Roxa e Vermelha, as atividades de desporto coletivo; somente podem acessar o local e suas dependências as pessoas diretamente envolvidas nas mesmas e em números reduzido ao mínimo necessário para sua execução.

- Casas de festa: Fica autorizado o funcionamento das Casas de Festas e Salões Sociais no Município de Nova Friburgo, exceto na bandeira roxa e vermelha, no horário compreendido entre 07 horas e 24 horas. Devendo obedecer, obrigatoriamente, o seguinte regramento: As Casas de Festa e os Salões Sociais terão reduzida em 50% sua capacidade de ocupação, limitando-se ao máximo de 120 pessoas;

- Eventos com aglomeração: suspensos;

 - Instituições de ensino: aulas presenciais estão suspensas

 

Município totaliza 304 mortes por Covid-19 e 10.221 casos confirmados

De acordo com o mais recente Boletim Coronavírus divulgado pela Prefeitura de Nova Friburgo no início da noite de sexta-feira, 26, subiu para 10.221 o número de casos confirmados no município. Do total de infectados, 670 são profissionais de saúde, com quatro óbitos confirmados na categoria. Ao todo, o município registra agora 304 mortes.

Nova Friburgo ainda contabiliza outros 22 pacientes com suspeita da doença. Destes, 18 estão em casa aguardando resultados dos exames, 01 está internado e ainda há três óbitos em investigação. A prefeitura também informou o registro de 4.590 pacientes recuperados e 10.849 casos descartados. Ainda de acordo com o boletim, ao todo, 21.072 testes de Covid-19 foram realizados no município até agora, sendo que 48,41% testaram positivo.

Ocupação de leitos

Ainda de acordo com o boletim divulgado pela prefeitura, a taxa média de ocupação dos leitos de UTI destinados exclusivamente ao tratamento de pacientes com Covid-19 nesta sexta-feira, nos hospitais locais foi de 59,52%: (Raul Sertã: 65%); (Unimed: 80%); (São Lucas: 30%); e (Serrano: 50%). Dos 42 leitos disponíveis, 25 estavam ocupados. Já nos leitos de enfermaria, a taxa de ocupação foi de 28,57%: (Raul Sertã: 27,27%); (Unimed: 28%); (São Lucas: 25%); (Serrano: 40%). Dos 61 leitos disponíveis, 22 estavam ocupados.

Vacinação

Ainda de acordo com a Prefeitura de Nova Friburgo, até o início da noite de sexta, pelo menos 6.155 pessoas já foram imunizadas com a 1ª dose e 1.872 pessoas tomaram a 2ª dose.

 

 

LEIA MAIS

Profissionais fazem apelos nas redes sociais e prefeitura confirma situação crítica

Do total agora de 110 vagas, 94 estavam ocupadas, contra 69 na véspera, de um total de 93. Novos casos chegam a 256 em 24h

Dos 50 leitos disponíveis em toda a cidade, 49 estão ocupados. Deputado pede ajuda das Forças Armadas e Raul Sertã ganha nova ala Covid

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra