Tereza Malcher

Tereza Cristina Malcher Campitelli

Momentos Literários

Tereza Malcher é mestre em educação pela PUC-Rio, escritora de livros infantojuvenis, presidente da Academia Friburguense de Letras e ganhadora, em 2014, do Prêmio OFF Flip de Literatura.

18/02/2019

Depois de participar no sábado, 16 de fevereiro, na Livraria Sabor de Leitura, de
um bate-papo literário, com a escritora Maria Biterello, autora do livro de crônicas
Tempo das Coisas, ed. In Medias Res, senti necessidade de escrever a respeito da
crônica, estilo literário que muito me agrada ler e escrever.

Leia mais
11/02/2019

Como a literatura abraça a vida através do tom da voz de suas palavras,
vou tomar a liberdade para usar esta coluna como forma de dar vazão a minha
tristeza, ao ter conhecimento das tragédias que aconteceram em nosso país.
O Brasil inicia o ano de 2019 de luto e não pode abafar a revolta com os
trágicos acontecimentos, respaldados pelo desleixo, conscientemente
criminosos, por parte dos administradores que assumiram posições decisórias
e que não consideraram o princípio da cidadania: o direito de um cidadão

Leia mais
04/02/2019

Tenho fases, como a lua.
Fases de andar escondida,
Fases de vir para a rua...

Cecília Meireles

Leia mais
28/01/2019

 

Muda-se os tempos, mudam-se as vontades,

Muda-se o ser, muda-se a confiança;

Todo mundo é composto de mudança,

Tomando-se sempre novas qualidades.

                                                 Luiz de Camões

 

Leia mais
21/01/2019

Estou lendo thekhov e maravilhada com a profundeza com que ele aborda as circunstâncias mais comuns. Estamos a costumados a perceber o que diariamente nos cerca com o piloto automático ligado, um olhar rápido e pragmático que faz com que percamos significativos detalhes que tornam um fato, não mais do que corriqueiro, em um acontecimento preponderante. Tão inesquecível, capaz de fazer o pensamento realizar reflexões por um longo tempo, dando apetitoso alimento à alma. Decidi, então, aprimorar os meus modos de perceber, pensar e sentir. Ah, o quotidiano não é uma mesmice.

Leia mais
14/01/2019

Hoje, começo a série de colunas de 2019, que serão 51, caso não tenho
me enganado com as contas. Mesmo gostando de matemática, meu
pensamento está mais para palavras do que para números. Enfim...
Há dois dias que estou procurando uma ideia para escrever, afinal de
contas, a primeira tem que ter um sentido especial, por mais corriqueiro que
seja o tema.
Durante as pesquisas, mergulhei nas crônicas de Marta Medeiros e me
deparei com uma, por sinal, a primeira do seu livro Feliz por nada, escrita em

Leia mais
11/01/2019

(Por Tereza Malcher e Alberto Lima Abib)

Esta é uma mensagem dirigida aos amigos da Academia Friburguense de Letras - AFL, escrita a quatro mãos, por Alberto Lima Abib (presidente para o biênio 2019/2020) e por mim, Tereza Malcher, presidente pelo período 2017/2018, para celebrar a passagem do cargo, enquanto momento de transição importante para a vida acadêmica, mesclando as tendências do pensamento e das atividades de uma direção que terminou com a que se inicia.

Leia mais
07/01/2019

Agradecemos a presença dos acadêmicos e amigos da Academia Friburguense de Letras, que muito nos honram nesta cerimônia de ritual de passagem da Casa de Salusse, em que celebramos o término de um grupo de diretoria e o início de outro. É um momento de transição importante para a vida acadêmica, uma vez que é apoiada pelas ideias de renovação ao mesclar as tendências do pensamento e das atividades de uma direção que se encerra com as que, agora, se inicia.

Leia mais
31/12/2018

É este movimento do tempo, o passar dos anos, que faz a vida rodopiar e nos põe a dançar, que nos joga ao vento e nos faz falar. Sussurrar e poetar. Vou abrir os braços à linda professora e poetisa Cecília Meireles e saudar 2019.

Leia mais
24/12/2018

Hoje decidi que não vou escrever ensaios, vou mergulhar nas imagens desta época do ano, quando nós, já cansados dos dias virados, amarrotados e desdobrados do ano, vamos finalizá-lo. Agora é tempo de regozijo, quando reconhecemos que vencemos mais de um punhado de desafios e de encantamentos, quando deixamos nos seduzir pelo próximo ano; é uma semana de conexões com ideias para o futuro, com as memórias que brotam, inteiras e remendadas, fazendo e desfazendo projetos e laços afetivos.

Ah, como estou com vontade de viajar em uma crônica natalina!

Leia mais