Leo Arturius

Cinema

Leo Arturius é cineasta e assina a coluna semanal analisando a 7ª arte e os filmes em cartaz em Nova Friburgo

12/05/2018

Estamos em maio e muitos filmes de baixo orçamento já foram lançados, infelizmente a maioria não será exibida nas nossas salas comerciais, vão direto para DVD ou sistema streaming. Mesmo assim, precisamos ficar de olho por possuírem maior valor artístico em comparação a aqueles que chegam aos cinemas. Dessa leva de filmes independentes poderemos encontrar novas reflexões sobre a vida e merecem a nossa atenção. A maioria poderá ser contemplada em alguns festivais ou no seu sofá de casa.

Leia mais
06/05/2018

Uma das potências do cinema consiste em criar sua própria realidade para questionar e refletir sobre a nossa. No momento em que uma obra ficcional-narrativa tem como base os fatos, se supõe uma apresentação a partir da adaptação calcada no real intrínseco. Dessa maneira, nos deparamos com o filme Nada a Perder, de Alexandre Avancini, com roteiro de Emílio Boechat e Stephen P. Lindsey, uma cinebiografia autorizada do pastor evangélico Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.

Leia mais
28/04/2018

O festival de cinema mais importante do mundo anunciou os filmes da competição oficial. A corrida pela Palma de Ouro acontece entre os dias 8 a 19 de maio, e chamou atenção pela mudança no perfil dos indicados, neste ano foi privilegiado artistas em começo ou de carreira com poucas obras. Mesmo assim teremos o retorno do emblemático cineasta francês Jean-Luc Godard com o filme Le Livre d’Image, e o americano Spike Lee também está de volta com BlacKkKlansman.

Leia mais
21/04/2018

Estamos em abril e a contagem regressiva para 2019 já começou. Os direitos autorais de 35 filmes mudos vão expirar e se tornará de domínio público, será possível exibi-los em qualquer lugar do mundo sem custos. Filmes de Charlie Chaplin, Cecil B. DeMille e Buster Keaton estão entre as “centenas de milhares” de livros, partituras e filmes que entrarão em domínio público em 1º de janeiro, de acordo com o The Atlantic numa pesquisa inédita do Centro para o Estudo do Domínio Público da Duke University School of Law.

Leia mais
14/04/2018

O ator John Krasinski ficou conhecido do grande público ao interpretar o papel Jim na série The Office, finalizada em 2013. Neste mês chegou as salas de cinema o seu terceiro filme no cargo de diretor, Um Lugar Silencioso, e, provavelmente, sua maior conquista acima da média para definitivamente desenvolver sua carreira por trás das câmeras. O filme estreou nos cinemas dia 5 de abril, e ainda está em cartaz na nossa cidade.

Leia mais
07/04/2018

Em maio será relançado nos cinemas o filme 2001: Uma Odisséia no Espaço para celebrar seu 50º aniversário, sem dúvida uma obra-prima atemporal de ficção científica de Stanley Kubrick. Teremos o privilégio de assistir em toda sua glória no formato original película 70mm, sem truques digitais, efeitos remasterizados ou revisões. A impressão está sendo tirada do negativo da câmera original, significa que o público verá o filme da mesma maneira de 1968.

Leia mais
30/03/2018

Sessão chocolate

A Páscoa chegou! Hora de comer muito chocolate numa sessão especial de cinema. Para animar e inspirar, vou listar alguns filmes que possuem o chocolate como personagem principal. A magia do cinema fará com que o nosso desejo pelo cacau seja estimulado pela imagem e som, preparem-se!

A Fantástica Fábrica de Chocolate (EUA - 1971), de Mel Stuart

Leia mais
23/03/2018

A série “O Senhor dos Anéis”

A nova direção da Amazon Studios não está medindo esforços para vencer o mercado de streaming. Segundo a Reuters, a empresa já disponibilizou cerca de US$ 500 milhões para a produção da série baseada nos livros de “O Senhor dos Anéis”. A série mais cara da história, isto, é quase o dobro da trilogia do filme original.

Leia mais
17/03/2018

Um conto de fadas moderno e poderoso sobre o amor impossível

A pura magia do cinema está de volta aos cinemas. O cineasta mexicano Guillermo del Toro cria um roteiro ao lado de Vanessa Taylor para explorar mais uma vez seus monstros, sua marca registrada inserida em outros filmes. Dessa vez converge a ideia do amor impossível com a superação da xenofobia, numa trama central que se concentra na relação entre uma faxineira muda (Sally Hawkins) e um homem anfíbio (Doug Jones), oriundo da nossa Amazônia, em plena Guerra Fria no solo americano.

Leia mais
10/03/2018

Oscar democrático

Aconteceu no último domingo a cerimônia de premiação mais importante, glamourosa e, a partir deste ano, a mais política do cinema mundial, o Oscar. O filme de fantasia “A Forma da Água” se consagrou o grande vencedor da noite: levou para casa quatro estatuetas douradas. Além do prêmio de Melhor Filme, o longa da Fox Searchlight ganhou nas categorias Melhor Direção (Guillermo del Toro), Melhor Design de Produção ( Paul D. Austerberry, Jeffrey A. Melvin e Shane Vieau) e Melhor Trilha Sonora Original (Alexandre Desplat).

Leia mais