Leo Arturius

Cinema

Leo Arturius é cineasta e assina a coluna semanal analisando a 7ª arte e os filmes em cartaz em Nova Friburgo

23/06/2018

Suíça em Cannes

A 71ª edição do Festival de Cannes chegou ao fim e muitos filmes se destacaram e chamaram atenção. Entre eles a animação-documentário Chris the Swiss, estreia na direção da cineasta suíça, de Lugano, Cantão de Tessino: Anja Kofmel. O longa fez parte da seleção oficial da Semana da Crítica, principal mostra paralela ao festival.

Leia mais
16/06/2018

O roteirista Paul Schrader ganhou notoriedade no mundo do cinema ao escrever grandes sucessos de público e crítica, muitas delas ao lado do cineasta Martin Scorsese, uma parceria que rendeu três filmes marcantes: Taxi Driver (1976), Touro Indomável (1980) e A Última Tentação de Cristo (1988). Suas histórias também o levaram a assumir a direção, com sucesso, do filme Gigolô Americano (1980), com Richard Gere como protagonista.

Leia mais
09/06/2018

Vivemos um momento histórico. O Brasil atingiu em abril passado o índice de 3.279 salas de cinemas comerciais em funcionamento no país, ultrapassando o pico da série histórica no ano de 1975, em que se chegou a 3.276 salas em funcionamento (segundo levantamento realizado pela Coordenação de Monitoramento  de Cinema, Vídeo Doméstico e Vídeo por Demanda da Superintendência de Análise de Mercado).

Leia mais
03/06/2018

O cineasta Eduardo Coutinho disse em uma entrevista não entender as premiações de filmes. As principais, ao redor do mundo, criaram a categoria melhor filme e melhor documentário, e, para ele, tudo é filme, deveria ser uma única categoria e não separado como se fossem gêneros diferentes.

Chega aos cinemas o filme O Processo, obra de Maria Augusta Ramos sobre os bastidores do impeachment da presidente Dilma Rousseff. O documentário transcende qualquer definição de filme, com êxito, e as palavras de Coutinho se comprovam verdadeiras mais uma vez: tudo é filme.

Leia mais
26/05/2018

Em 1984 chegava aos cinemas o filme Karatê Kid - A Hora da Verdade (The Karate Kid), rapidamente se torna um sucesso de público e se junta ao hall dos emblemáticos filmes da década de 80. O filme original teve três continuações e uma série animada para televisão, tendo o último a atriz Hilary Swank no papel principal. O original custou cerca de US$ 8 milhões e arrecadou em torno de US$ 90 milhões.

Leia mais
12/05/2018

Estamos em maio e muitos filmes de baixo orçamento já foram lançados, infelizmente a maioria não será exibida nas nossas salas comerciais, vão direto para DVD ou sistema streaming. Mesmo assim, precisamos ficar de olho por possuírem maior valor artístico em comparação a aqueles que chegam aos cinemas. Dessa leva de filmes independentes poderemos encontrar novas reflexões sobre a vida e merecem a nossa atenção. A maioria poderá ser contemplada em alguns festivais ou no seu sofá de casa.

Leia mais
06/05/2018

Uma das potências do cinema consiste em criar sua própria realidade para questionar e refletir sobre a nossa. No momento em que uma obra ficcional-narrativa tem como base os fatos, se supõe uma apresentação a partir da adaptação calcada no real intrínseco. Dessa maneira, nos deparamos com o filme Nada a Perder, de Alexandre Avancini, com roteiro de Emílio Boechat e Stephen P. Lindsey, uma cinebiografia autorizada do pastor evangélico Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus.

Leia mais
28/04/2018

O festival de cinema mais importante do mundo anunciou os filmes da competição oficial. A corrida pela Palma de Ouro acontece entre os dias 8 a 19 de maio, e chamou atenção pela mudança no perfil dos indicados, neste ano foi privilegiado artistas em começo ou de carreira com poucas obras. Mesmo assim teremos o retorno do emblemático cineasta francês Jean-Luc Godard com o filme Le Livre d’Image, e o americano Spike Lee também está de volta com BlacKkKlansman.

Leia mais
21/04/2018

Estamos em abril e a contagem regressiva para 2019 já começou. Os direitos autorais de 35 filmes mudos vão expirar e se tornará de domínio público, será possível exibi-los em qualquer lugar do mundo sem custos. Filmes de Charlie Chaplin, Cecil B. DeMille e Buster Keaton estão entre as “centenas de milhares” de livros, partituras e filmes que entrarão em domínio público em 1º de janeiro, de acordo com o The Atlantic numa pesquisa inédita do Centro para o Estudo do Domínio Público da Duke University School of Law.

Leia mais
14/04/2018

O ator John Krasinski ficou conhecido do grande público ao interpretar o papel Jim na série The Office, finalizada em 2013. Neste mês chegou as salas de cinema o seu terceiro filme no cargo de diretor, Um Lugar Silencioso, e, provavelmente, sua maior conquista acima da média para definitivamente desenvolver sua carreira por trás das câmeras. O filme estreou nos cinemas dia 5 de abril, e ainda está em cartaz na nossa cidade.

Leia mais