Leo Arturius

Cinema

Leo Arturius é cineasta e assina a coluna semanal analisando a 7ª arte e os filmes em cartaz em Nova Friburgo

09/12/2017

Entrevista com Marcelo Galvão

A Netflix produziu e distribuiu o filme brasileiro “O Matador”, escrito e dirigido pelo cineasta carioca Marcelo Galvão. A história se passa no início do século passado, no Nordeste brasileiro, com temática genuinamente brasileira, o cangaço. A grande novidade é que já está disponível para o público de qualquer país, desde o dia 10 novembro, o primeiro filme nacional de ficção da maior produtora de streaming do mundo.

Leia mais
02/12/2017

O cinema brasileiro sempre soube usar muito bem suas características genuínas como temática, e o samba não foi diferente. Ao longo do tempo, seja em pequena ou grande produção, a musicalidade sambista e suas especificidades estiveram presentes na nossa cinematografia.

Leia mais
25/11/2017

Dia de estreia e expectativa alta. Sala vazia, olhos vidrados, projeção de boa qualidade, ar-condicionado barulhento, pessoas falando, som fraco e sem impacto, óculos chato 3D e, por fim, boa companhia. Dessa maneira foram às 2h 43min da exibição de Blade Runner 2049 no CineShow Nova Friburgo.

Leia mais
18/11/2017

Finalmente o tema do assédio sexual em Hollywood está sendo levado a sério, tudo voltou à tona após várias acusações contra o importante produtor Harvey Weinstein. A polícia de Nova York anunciou que começou a reunir provas que podem levar o produtor, que é acusado de assédio sexual e estupro nos últimos 30 anos, à prisão.

Leia mais
11/11/2017

Woody Allen

Novo filme de Woody Allen, previsto para 2018, terá como tema a relação sexual entre adulto e menor de idade. Diretor, acusado de abusar sexualmente da filha adotiva de sua esposa, já retratou o mesmo tema em produções anteriores. O cineasta, que na época era casado com a atriz Mia Farrow, está casado com a filha adotiva até hoje em dia.

Mulher no Cinema

Leia mais
04/11/2017

Alguns filmes se destacam neste mês, como, no dia 10, a estreia do primeiro filme brasileiro original da Netflix, O Matador, de Marcelo Galvão. Tem ainda o suspense A Visita, de M. Night Shyamalan, e o documentário Jim & Andy, que mostra a relação entre o ator Jim Carrey e o ator Andy Kaufman. Para se manter atualizado com as estreias da Netflix, utilize o aplicativo para smartphone Upflix: nele você pode receber diariamente notificações com os lançamentos. Confira aqui algumas das estreias de novembro.

01.11

Leia mais
28/10/2017

Um assassino em série teve relações sexuais com as cabeças das vítimas! Bom... esse é um dos casos que você vai assistir na nova série da Netflix, Mindhunter. O retorno do cineasta David Fincher à Netflix, depois da criação bem-sucedida de House of Cards, não é tão consistente, mas a história ficcional do nascimento do perfil criminoso mescla com momentos de humor para capturar suas atenção, e mais, combinar, de maneira estranha, com a natureza sombria dos assassinatos.

Leia mais
21/10/2017

Pílulas Cinematográficas

O filme do Sonic vem aí!

O jogo Sonic, de grande sucesso dos anos 90, vai virar filme numa misturar live-action e computação gráfica. Será produzido pela Paramount Pictures e Tim Miller, diretor de Deadpool, que vai produzir ao lado de Jeff Fowler, que este fará sua estreia na direção. Jeff Fowler conseguiu indicação ao Oscar na categoria melhor curta-metragem de animação em 2005 com o filme Gopher Broke.

Trabalhar sem receber

Leia mais
14/10/2017

Atuar na adversidade

Atuar em filmes é um grande desafio, não apenas por se expor ao redor do mundo nos pôsteres, mas por fazer a escolha de abdicar da sua identidade para criar uma nova, mesmo sendo momentânea. O triunfo da atuação sobre a adversidade é definido pelo drama, e as nomeações do Oscar frequentemente vão para atores cujos personagens encontram vitória sobre aflições físicas ou mentais.

Leia mais
07/10/2017

Desafiar o status quo

O cinema proporciona a reflexão de nossa relação com o outro e conosco, de maneira que, através da valorização das produções culturais, especificamente o audiovisual e da utilização deste como meio legítimo de aprendizado, conseguimos elevar o estado de espírito a partir do mundo material ou imaterial que nos inspira.

Leia mais