Sesi prorroga testes de Covid na indústria até junho

Lançado em abril de 2020, programa já testou 6.447 pessoas em Friburgo
segunda-feira, 22 de março de 2021
por Jornal A Voz da Serra
Sesi prorroga testes de Covid na indústria até junho

Com novo aumento nos casos de coronavírus em todo o país, o Sesi estendeu o prazo do Programa Testes Covid-19 até junho. A estratégia de combate à doença teve início em abril do ano passado e testou colaboradores de 840 empresas, de 77 sindicatos espalhados pelo estado. Nova Friburgo é a cidade do interior fluminense com mais testes realizados: foram 6.447 exames em funcionários de 144 empresas. Somando os municípios de Bom Jardim, Cantagalo, Cordeiro e Macuco, 6.927 trabalhadores já foram testados em toda a região Centro-Norte. Petrópolis tem até agora 3.077 trabalhadores testados em 80 empresas.

O objetivo do programa do Sesi é agilizar o diagnóstico da Covid-19, contribuindo para evitar a propagação do coronavírus no estado e manter a capacidade produtiva da indústria, prezando pela saúde dos trabalhadores e da população. Segundo a presidente da representação regional da Firjan no Centro-Norte Fluminense, Márcia Carestiato, a iniciativa contribuiu para que as empresas continuassem  funcionando e garantindo a saúde de seus colaboradores. 

“As empresas seguem todas as recomendações dos órgãos competentes desde o início da pandemia e, por isso, nossa região tem o maior número de testes realizados em todo o Estado do Rio. Os empresários sempre se mostraram preocupados com as vidas de seus colaboradores e o funcionamento da economia. Não à toa, os números mostram que muitas vezes o funcionário está mais seguro em seu local de trabalho do que na própria casa”, afirmou a presidente. 

Para micro e pequenas indústrias, com até 100 empregados, o serviço continua sendo oferecido de forma gratuita. Este grupo poderá solicitar nova testagem dos seus colaboradores, caso seja necessário. Para as médias e grandes indústrias, os testes saem a preço de custo. As solicitações podem ser feitas pelo link (bit.ly/32BMWZi). 

Embora iniciada a imunização da população, ainda não há vacina para todos os brasileiros. Diante deste cenário, como estratégia de combate à Covid-19, a testagem em massa e o rastreamento de contatos (contact tracing) – detecção dos indivíduos que tiveram contatos com uma pessoa com o vírus – se mostram ferramentas importantes por fornecerem um maior número de informações. Essa combinação estratégica permite um maior potencial para a tomada de decisão e a gestão dos impactos causados pela pandemia.

“A combinação desses resultados ressalta a importância da testagem frequente, uma vez que mesmo sem apresentar sintomas, este trabalhador pode transmitir o coronavírus. Assim, a identificação mais rápida de indivíduos com Covid ajuda no combate da Covid-19”, destaca o pesquisador-chefe do Centro de Inovação Sesi Higiene Ocupacional, Antônio Fidalgo.

O método do teste molecular RT-PCR realizado pelo Sesi é feito a partir da coleta de secreção da garganta e das narinas, sem procedimento invasivo, de fácil coleta e com capacidade de identificação do vírus antes mesmo do aparecimento dos sintomas. A contratação desse serviço é indicada para as indústrias que mantêm seu processo produtivo operando com trabalhadores de forma presencial.

 

LEIA MAIS

No Brasil, estima-se que existam 920 mil pessoas vivendo com o virus HIV

Será aplicada a primeira dose em adolescentes a partir de 12 anos e em adultos a partir dos 18

Desde o início da campanha, 84% das doses recebidas pela prefeitura foram utilizadas em Friburgo

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra