Serramar segue interditada uma semana após deslizamento

Segundo DER, somente após estabilização da encosta será realizado novo parecer sobre a liberação da pista
quinta-feira, 09 de abril de 2020
por Fernando Moreira (fernando@avozdaserra.com.br)
A queda de barreira na altura de Cascata
A queda de barreira na altura de Cascata

Continua interrompido – nos dois sentidos – o tráfego de veículos na RJ-142, a estrada Serramar, que liga Nova Friburgo à Casimiro de Abreu. Um grande deslizamento de terra bloqueou ambas as pistas na altura da localidade de Cascata, na noite do último dia 3. Segundo nota do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER) “as equipes do departamento estão trabalhando desde sexta-feira na estabilização da encosta. Após a estabilização da barreira, será realizado um novo parecer sobre a liberação da pista e haverá uma previsão do que será feito. A prioridade é a segurança viária”.

Portanto, ainda não há uma previsão de quando a rodovia será novamente liberada ao tráfego de veículos. A recomendação para os motoristas é que utilizem a RJ-116 ou a BR-101 como rotas alternativas, seja para sair ou entrar em Nova Friburgo. Cabe ressaltar que, para quem parte de Nova Friburgo, o acesso ao distrito de Lumiar não foi afetado, já que a barreira caiu num ponto mais à frente da estrada.

Serramar tem outros problemas

A RJ-142 já estava em meia pista no Km 28, onde, no mês passado, uma imensa cratera se abriu e engoliu parte da pista, na altura do Encontro dos Rios, um dos principais atrativos turísticos do distrito de Lumiar. A erosão levou grande parte da  pista após um temporal, na noite de 12 de fevereiro. Funcionários do DER fizeram a contenção emergencial da erosão e o monitoramento de outros pontos críticos da via. Não há previsão para a conclusão dos trabalhos. O departamento informou ainda que sinalizou o trecho e  está realizando a proteção da erosão. 

"As obras de contenção neste trecho são emergenciais e serão licitadas  o mais rapidamente possível, dentro dos trâmites possíveis e permitidos", informou o DER na época.

 

LEIA MAIS

Engarrafamentos na RJ-116 e não-convocação de concursados motivam queixas

Trechos de rodovias que dependem do poder público sofrem com má-conservação e descaso

Motorista não foi identificado. Prefeitura não informou se a infração foi registrada pelo programa Cidade Inteligente. PM não foi acionada

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Trânsito | Turismo