Idosa é atacada com martelo após suposta tentativa de estupro em Cantagalo

Acusado, vizinho dela, é preso. Ele a atraiu para sua casa após pedir extensão elétrica, segundo testemunhas
terça-feira, 18 de agosto de 2020
por Jornal A Voz da Serra
O martelo apreendido na casa (Foto: 11 BPM)
O martelo apreendido na casa (Foto: 11 BPM)

Num momento em que o Brasil inteiro discute o estupro e gravidez de uma menina de 10 anos por um tio no Espírito Santo, outro caso hediondo ocorre bem perto de Nova Friburgo.

Uma idosa de 69 anos levou vários golpes de martelo na cabeça, após sofrer uma suposta tentativa de estupro, em Cantagalo, na noite de domingo, 16. O autor do crime, segundo testemunhas, seria um vizinho da vítima, que acabou sendo preso. 

Segundo informações do 11º BPM, a vítima foi socorrida por uma ambulância do Samu e levada para o hospital de Cantagalo, onde foi internada com afundamento de crânio e vários hematomas pelo corpo.

Uma das testemunhas que ouviram seus gritos contou aos policiais que o homem havia pedido à vizinha uma extensão elétrica, que foi passada pela janela. Alegando não saber ligá-la, ele atraiu a idosa para sua casa, onde ela foi atacada.

Com um martelo, ainda de acordo com o 11º BPM, o homem teria golpeado várias vezes a cabeça da vítima. Vizinhos ouviram os gritos e pediram ajuda a pessoas que estavam em um bar perto das casas. Alguns populares capturaram  o acusado e o levaram até o Posto de Policiamento do Batalhão de Polícia Rodoviária da PM. A guarnição  levou o acusado para a 153ª DP e, depois,  para a 151ª DP, onde ele permanece preso por tentativa de  homicídio.

A VOZ DA SERRA não conseguiu apurar ainda o desfecho do caso.

 

LEIA MAIS

Mandado de prisão foi cumprido na casa do acusado, no bairro Jardim Califórnia

Acusado também tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas, roubo e homicídio

Anvisa já acionou a Polícia Federal. Imunizante ainda está em fase de testes

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: crime