Frizão recebe Americano nesta quarta em busca da liderança do Grupo X

Apenas um entre 4 times vai se garantir na Seletiva de 2021 e se livrar do risco de rebaixamento para a Série B1 do Campeonato Carioca
quarta-feira, 05 de fevereiro de 2020
por Vinicius Gastin
Frizão de Diogo Alves encara novo desafio pelo Grupo X do Carioca
Frizão de Diogo Alves encara novo desafio pelo Grupo X do Carioca

Apenas um dos quatro times envolvidos na disputa do Grupo X vai se garantir na Seletiva de 2021, e por conseqüência, afastar quaisquer possibilidades de rebaixamento para a Série B1 do Campeonato Carioca. Os outros três ainda terão que passar pelo Grupo Z, onde talvez o coração seja mais importante do que qualquer parte tática ou técnica. 

Sendo assim, o Friburguense tenta aproveitar o bom momento para embalar de vez, buscar a primeira colocação e se firmar pela manutenção.

O desafio desta quarta-feira, 5, é o duelo com o Americano, às 15h, no Eduardo Guinle. Os ingressos são vendidos nas bilheterias do estádio, a preços que variam entre R$ 10 (descobertas) e R$ 20 (sociais). A equipe de Campos esteve muito perto do acesso à fase principal, mas exatamente contra o Frizão, em Nova Friburgo, deixou escapar a vaga que viria com um simples empate. A pressão sobre os jogadores e a comissão técnica cresceu, após a goleada de 4 a 0 sofrida para o América, na rodada anterior, o técnico Josué Teixeira foi demitido.

Por outro lado, o Tricolor da Serra vive o seu melhor momento em 2020, e consegue transformar a evolução observada na reta final da Seletiva do Campeonato Carioca em bons resultados. Desde a partida contra o Macaé, pela terceira rodada da fase anterior, a equipe comandada por Cadão tem criado oportunidades em série, dominado as partidas e, a partir do empate sem gols com o América, pontuado. Já são quatro jogos de invencibilidade, somando o empate e as vitórias contra o América, Americano e Nova Iguaçu, sendo este último na rodada passada, no Laranjão.

“Mais um bom jogo nosso, assim como havia sido contra o América em Friburgo, que, infelizmente, deixamos escapar a vitória no último minuto. Contra o Nova Iguaçu, mesmo sofrendo um gol, soubemos controlar bem o jogo e acho que poderíamos até estar mais tranquilos durante a partida. Tivemos volume de jogo e posse de bola. No primeiro tempo, fizemos dois gols e poderíamos ter feito até três ou quatro. Mas o pessoal está de parabéns. O sufoco no final foi algo natural, porque todos os times do Grupo X são times de qualidade. Todos os jogos são decisivos e entram a parte emocional. Graças a Deus conseguimos segurar um resultado importantíssimo”, avalia o técnico Cadão.

Se no ataque o Friburguense tem marcado os gols, na defesa ajustes ainda são necessários, embora o Tricolor da Serra tenha conseguido suportar a pressão do Nova Iguaçu para conquistar os três pontos na Baixada Fluminense. A opção por três zagueiros, com Bruno Leal, Magrão e Raniel vem funcionando melhor, e à exceção dos cochilos no 2 a 2 com o América, dando mais segurança à equipe.

O caso de Raniel, inclusive, merece destaque especial. Quando o Frizão não tem a bola, o zagueiro fecha o lado de defesa tricolor, mas com a posse, se transforma praticamente em lateral. A liberdade dada por Cadão ao jogador rendeu frutos, e ele foi decisivo na vitória em Nova Iguaçu, ao marcar o primeiro gol e iniciar a jogada do segundo, anotado por Jorge Luiz.

“O Raniel, apesar de ser zagueiro, é um jogador muito habilidoso. Já jogou de volante, agora está nos ajudando de lateral. Então é um defensor que tem habilidade e tranquilidade com a bola no pé. A gente conversa com ele, para tirar o melhor sempre, onde ele esteja jogando. O forte dele, por ser zagueiro, é a marcação. Mas ele tem essa qualidade, sabe finalizar bem, tem bom cabeceio e bom toque de bola. Contra o Nova Iguaçu, ele teve a oportunidade de chegar na frente e usar essa qualidade dele”, avalia o treinador.

Após marcar contra o clube que o revelou, Raniel revela estar à vontade na nova função. O jogador fala com carinho sobre a equipe laranja, mas faz questão de destacar o bom momento vivido com a camisa do Friburguense.

“Graças a Deus pude ser abençoado com um gol. Não só contra o Nova Iguaçu, mas eu venho jogando pelo lado direito e também pude ajudar com uma assistência. Fico muito feliz. O sentimento de carinho pelo Nova Iguaçu é eterno. Mas hoje eu defendo as cores do Friburguense e eu vou dar o meu melhor.”

Com uma vitória e um empate, o Frizão soma quatro pontos no Grupo X, e lidera ao lado do América, ficando atrás somente no saldo de gols. Para chegar à liderança da competição nesta rodada é preciso vencer o Americano em Nova Friburgo e torcer por um tropeço do América. Outra hipótese e empatar com o time de Campos e torcer por uma vitória do Nova Iguaçu contra o time rubro.

Classificação do Grupo X:

1º- América, 4 pts

2º- Friburguense, 4 pts

3º- Americano, 1 pt

4º- Nova Iguaçu, 1 pt

 

3ª rodada do Grupo X:

5/fev - Qua - 15h 

Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

América x Nova Iguaçu, Giulite Coutinho 

 

Tabela do Frizão:

Friburguense 2 x 2 América, Eduardo Guinle

Nova Iguaçu 1 x 2 Friburguense, Laranjão

Quarta, 5 - 15h - Friburguense x Americano, Eduardo Guinle

Sábado, 8 - 15h - América x Friburguense, Giulite Coutinho

Sábado, 15 - 15h - Friburguense x Nova Iguaçu, Eduardo Guinle

Quarta-feira, 19 - 15h - Americano x Friburguense, Antonio Medeiros

 

LEIA MAIS

Império Serrano também terá seu próprio time de futebol

Friburgo voltou a ter a modalidade regularmente, com treinos e participações em jogos e eventos

Derrota para Cabofriense, fora de casa, foi uma das poucas partidas sem ao menos uma polêmica envolvendo arbitragem

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: futebol