Fim do La Niña: Oceano Pacífico volta à condição de neutralidade

Sem resfriamento das águas, abril já deve começar ensolarado, prevê Climatempo
quinta-feira, 01 de abril de 2021
por Adriana Oliveira (aoliveira@avozdaserra.com.br)
Lua em Nova Friburgo (Foto: Adriana Oliveira)
Lua em Nova Friburgo (Foto: Adriana Oliveira)

Segundo o Climatempo, o serviço de meteorologia do governo da Austrália (Australian Government Bureau of Meteorology) informou em seu site na terça-feira, 30, que os indicadores mostram que  o fenômeno La Niña  chegou ao fim e o Oceano Pacífico equatorial voltou para a condição de neutralidade, pelo menos até o fim do inverno. O La Niña é caracterizado pelo resfriamento das águas do Pacífico, o que altera o regime de chuvas no Brasil.

As temperaturas da superfície do mar do Pacífico tropical têm se mantido em valores neutros nas últimas semanas. Abaixo da superfície, grande parte do Pacífico tropical está agora com temperaturas próximas da média.

Sem La Niña, com a neutralidade  do Pacífico Equatorial, outros indicadores atmosféricos passam a ter maior relevância para as análises das variações do clima no Brasil no decorrer do outono.

O mês de abril começa com as frentes frias avançando de forma mais oceânica, sem ter grande influência sobre o continente. Segundo a meteorologista Ana Clara Marques, nos primeiros dez dias de abril haverá  o predomínio de uma massa de ar seco sobre o Centro-Sul do Brasil. Assim, a maioria das áreas do Sudeste vai ter dias de sol e tempo seco, típicos de outono.

Após o dia 10, uma grande mudança no padrão de precipitação deverá ocorrer sobre o Brasil. Vai haver aumento da nebulosidade e das condições de chuva sobre parte do Sudeste. O aumento da chuva deve ser percebido até meados do mês abril.

 

LEIA MAIS

Previsão para Friburgo é de sol pleno, sem chuva, a partir desta quinta

Há chances de severas tempestades até esta quarta. Duas Barras sofreu com temporal de madrugada

Massa de ar seco ganha força sobre o Sudeste e deve dificultar a chegada de frentes frias até o fim de março

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 75 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Clima