Estado discute plano de gestão e integração para segurança pública

Objetivo é dar agilidade às tomadas de decisões, com a desburocratização de recursos e investimentos em tecnologia para as polícias Civil e Militar
sábado, 10 de outubro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Estado discute plano de gestão e integração para segurança pública

O governador em exercício Cláudio Castro realizou, na última quinta-feira, 8, uma série de reuniões para elaborar um plano de gestão e integração entre as secretarias estaduais visando aperfeiçoar a política de Segurança Pública no estado do Rio de Janeiro. O objetivo é dar agilidade às tomadas de decisões das polícias para ajudar a combater a criminalidade. Os encontros aconteceram nas sedes das polícias Civil e Militar e no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).

A parceria das polícias com as secretarias de Fazenda, da Casa Civil e de Planejamento e Gestão vai permitir a desburocratização do repasse de recursos para investimentos em equipamentos, tecnologias e treinamentos de agentes. Também estão entre os planos discutidos a revitalização do CICC e o aprimoramento nos setores de inteligência e investigação, com o uso dos estudos do Instituto de Segurança Pública (ISP) e de dados de identificação civil do Detran.

“A política de Segurança Pública tem o compromisso de melhorar a vida das pessoas, e isso reflete no Turismo, na Educação e na Saúde. A reunião com todo o secretariado foi muito importante para alinharmos essas ações e garantir celeridade para atender às demandas de Estado. Vamos realizar reuniões periódicas para tratar sobre os principais temas do governo no CICC, que será um símbolo da integração entre as secretarias e os órgãos estaduais”, ressaltou o governador em exercício.

Durante as reuniões, foram anunciadas uma série de melhorias, como o reforço na integração entre as polícias, por meio da troca de informações entre as delegacias e os batalhões da PM, para agilizar o atendimento de ocorrências.

 

LEIA MAIS

Queda de 11% é a quarta consecutiva do indicador criminal só este ano

Prejuízo nos cinco primeiros meses deste ano chegou a R$ 153 milhões. Para tentar reduzir esse tipo de crime, entidade aposta no projeto Arco Seguro

Segundo a Secretaria de Polícia Militar, 1.307 alunos estão em treinamento e vão se formar este ano

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Segurança