Equipe Friburgo OFF Road coleciona bons resultados em etapa do Carioca de Enduro

Dentre os principais destaques estão Maicon Corguinha, campeão na categoria Elite, e o jovem Davi Alves, primeiro colocado da etapa na Novato
sábado, 29 de maio de 2021
por Vinicius Gastin (viniciusgastin@gmail.com)
Quarta colocação na etapa mantém Douglas em boas condições no ranking da competição
Quarta colocação na etapa mantém Douglas em boas condições no ranking da competição

Acostumados a brilharem nas trilhas espalhadas pelo Estado do Rio de Janeiro, os pilotos friburguenses voltaram a colecionar bons resultados durante a 3ª etapa do Campeonato Carioca de Enduro. O evento foi realizado no último fim de semana, em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio quando as motos da equipe Friburgo OFF Road percorreram em torno de 72 quilômetros, em um total de quatro horas e nove minutos de prova. Como resultado, os atletas subiram a serra com quatro troféus na bagagem.

Dentre os principais destaques estão Maicon Corguinha, campeão na categoria Elite, e o jovem Davi Alves, primeiro colocado da etapa na Novato. Douglas Schumacker alcançou a quarta colocação na categoria Elite, enquanto Gabriel Alves ficou com o vice-campeonato na Graduado, mesma categoria onde Joelson Pereira ficou com a terceira posição. Paulo Roberto e Luizmar subiram ao pódio em terceiro lugar na categoria Dupla.

"Ótimas trilhas, média razoável e bastante navegação, essa foi a terceira etapa do campeonato carioca. Tive alguns erros de navegação na segunda parte da corrida, mas consegui manter a primeira colocação. Sigo liderando o campeonato e com foco total na próxima etapa", destaca o jovem Davi Alves.

Mais experiente, o irmão, Gabriel Alves, destaca a recuperação durante as etapas, mesmo após alguns problemas técnicos. "A prova não estava difícil, trilhas soltas e velocidade média bastante factível. Foi um ótimo dia, senão a falha no meu equipamento de navegação durante a parte da manhã. Durante o neutro principal precisei desmontar a carenagem e moto e refazer algumas instalações elétricas para voltar competitivo para a parte da tarde. Foi aí que consegui ter um bom desempenho, e fiz uma ótima performance, o que me garantiu a segunda colocação na geral do dia", disse.

A próxima etapa da competição acontece na cidade de Rio Bonito, no dia 27 de junho. Além das etapas em Quatis, Magé, Rio Preto e Santa Rita de Jacutinga, já realizadas anteriormente, ainda estão previstas provas em Casimiro de Abreu; Rio das Flores e Petrópolis. Todas elas ainda precisam ser confirmadas, dependendo da evolução da pandemia em cada município. “O campeonato está apenas começando, e a equipe vem forte para buscar o título das categorias elite, graduado e novato”, garante o piloto Douglas Schumacker.

O Campeonato Carioca de Enduro é realizado em cidades diversas do Estado do Rio de Janeiro e alguns municípios de Minas Gerais. De acordo com os organizadores, o objetivo principal do evento é formar novos pilotos para o Enduro, oferecendo provas com nível aceitável para que todos possam completá-las sem maiores perigos. Neste ano, a competição filiou-se a Femerj (Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro), e com isso, tem recebido pilotos de todo o Brasil para as provas de Enduro de Regularidade.

O campeonato reúne pilotos nas categorias Elite (Master), Graduado (Senior), Over 40, Júnior, Over 50, Novato, Dupla, correndo individualmente com motocicletas de livre cilindrada. Para a categoria Elite, sobem os três primeiros da Graduado. Nela são promovidos os três primeiros da Júnior. Podem participar da Over 40 os pilotos que irão fazer 40 anos em 2021, mesmo não estando com a idade completa quando começa a competição.

No regulamento da Júnior, os atletas que permanecem somados aos dez primeiros da Novatos, sendo que do 6º ao 10º tenha feito 50% das etapas do campeonato, podem subir. As regras da Over 50 são idênticas à Over 40, contemplando pilotos a partir de 50 anos.

Ainda segundo determina o regulamento, há três descartes de tempo, sendo que das 18 etapas, 15 são validas. A última etapa, em Petrópolis, não pode ser descartada. Só pontua no Campeonato Carioca de Enduro o piloto inscrito na Federação do Estado do Rio de Janeiro.

No enduro de regularidade, o principal objetivo é cumprir a planilha de determinações. É preciso observar tempo, distâncias e buscar ser menos penalizado possível para vencer a competição. No caso do Carioca, a largada do primeiro piloto deverá ocorrer às 9h01. A diferença de tempo entre um e outro piloto é efetuada com intervalo mínimo de um minuto para a categoria Elite e dupla, 30 segundos para as demais categorias exceto categoria novato de 20 em 20 segundos.

A planilha é padrão para todas as etapas previstas. O primeiro colocado soma 25 pontos, e o 20º de cada etapa, apenas um. São oferecidos troféus dos campeões do ano no final da copa para os três primeiros das categorias. A cada evento, no entanto, há premiações para os cinco melhores colocados – exceto na Novato, onde os dez melhores ganham troféus.

 

  • Vitória de Maicon Corguinha foi um dos principais resultados conquistados pela Friburgo OFF Road

    Vitória de Maicon Corguinha foi um dos principais resultados conquistados pela Friburgo OFF Road

  • Pilotos de Nova Friburgo voltam a se destacar durante etapa do Carioca de Enduro em Seropédica

    Pilotos de Nova Friburgo voltam a se destacar durante etapa do Carioca de Enduro em Seropédica

  • Jovem Davi já desponta como um dos destaques da equipe friburguense

    Jovem Davi já desponta como um dos destaques da equipe friburguense

  • Gabriel Alves segue firme na briga pelo primeira colocação do ranking e o título da temporada

    Gabriel Alves segue firme na briga pelo primeira colocação do ranking e o título da temporada

LEIA MAIS

Competição em Quatis, com pista escorregadia por conta das chuvas, abriu o calendário da modalidade

Equipe Friburgo Off Road é uma das representantes do município, com alguns dos pilotos organizando a prova de dezembro

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra

TAGS: Enduro