É preciso resistir!

Um ano triste para o mundo do samba
sábado, 05 de dezembro de 2020
por Jornal A Voz da Serra
Obra de Carybé (Ilustração: Reprodução Internet)
Obra de Carybé (Ilustração: Reprodução Internet)

As quadras das escolas de samba nunca estiveram tão silenciosamente tristes como nesse ano, e mais ainda na última terça-feira, 2 de dezembro, Dia Nacional do Samba. 

“Um dos anos mais devastadores para humanidade é, sem dúvida, o mais difícil para o mundo do samba. Desde março de 2020, os sambistas sofrem sem suas batucadas e somam perdas de referências da nossa cultura, … com os trabalhadores das rodas de samba, dos barracões e de toda cadeia produtiva da folia totalmente desemparados”(*). 

Diante desse cenário, precisamos resistir e, principalmente, acreditar que vai passar! Relembre aqui uma pérola desse ritmo genuinamente brasileiro! 

 

Apesar de você
Chico Buarque

Hoje você é quem manda / Falou, tá falado / Não tem discussão / A minha gente hoje anda Falando de lado / E olhando pro chão, viu / Você que inventou esse estado / E inventou de inventar / Toda a escuridão / Você que inventou o pecado / Esqueceu-se de inventar / O perdão

Apesar de você / Amanhã há de ser / Outro dia / Eu pergunto a você / Onde vai se esconder / Da enorme euforia / Como vai proibir / Quando o galo insistir / Em cantar / Água nova brotando / E a gente se amando / Sem parar

Quando chegar o momento / Esse meu sofrimento / Vou cobrar com juros, juro / Todo esse amor reprimido / Esse grito contido / Este samba no escuro / Você que inventou a tristeza / Ora, tenha a fineza / De desinventar / Você vai pagar e é dobrado / Cada lágrima rolada / Nesse meu penar

Apesar de você… / Inda pago pra ver / O jardim florescer / Qual você não queria / Você vai se amargar / Vendo o dia raiar / Sem lhe pedir licença / E eu vou morrer de rir / Que esse dia há de vir / Antes do que você pensa

Apesar de você… / Você vai ter que ver / A manhã renascer / E esbanjar poesia / Como vai se explicar / Vendo o céu clarear / De repente, impunemente / Como vai abafar / Nosso coro a cantar / Na sua frente / Apesar de você...

Caros leitores, bom fim de semana, se cuidem, cuidem dos outros. Vai passar…

Ana Borges


(*Fonte: www.carnavalesco.com.br)

LEIA MAIS

Confira a entrevista com o técnico de informática Andelvan Passos, pai de Haniel e de João, sobre como a paternidade mudou a sua vida

Presença sempre ativa e constante do pai nessa relação pode ajudar as crianças a se sentirem seguras

Entre os que comemoram a data, o presente mais escolhido são as roupas, com 44% das respostas, seguido por perfumes, 41%

Publicidade

Apoie o jornalismo de qualidade

Há 76 anos A VOZ DA SERRA se dedica a buscar e entregar a seus leitores informações atualizadas e confiáveis, ajudando a escrever, dia após dia, a história de Nova Friburgo e região. Por sua alta credibilidade, incansável modernização e independência editorial, A VOZ DA SERRA consagrou-se como incontestável fonte de consulta para historiadores e pesquisadores do cotidiano de nossa cidade, tornando-se referência de jornalismo no interior fluminense, um dos veículos mais respeitados da Região Serrana e líder de mercado.

Assinando A VOZ DA SERRA, você não apenas tem acesso a conteúdo de qualidade, mantendo-se bem informado através de nossas páginas, site e mídias sociais, como ajuda a construir e dar continuidade a essa história.

Assine A Voz da Serra